O Sol Também é uma Estrela por Nicola Yoon.

11/05/2017

| Arquivado em: RESENHAS.

Este livro foi recebido como
cortesia para resenha.
ISBN: 9788580416589
Editora: Arqueiro
Ano de Lançamento: 2017
Número de páginas: 288
Classificação: Muito Bom
Sinopse:
Natasha: Sou uma garota que acredita na ciência e nos fatos. Não acredito na sorte. Nem no destino. Muito menos em sonhos que nunca se tornarão realidade. Não sou o tipo de garota que se apaixona perdidamente por um garoto bonito que encontra numa rua movimentada de Nova York. Não quando minha família está a 12 horas de ser deportada para a Jamaica. Apaixonar-me por ele não pode ser a minha história.
Daniel: Sou um bom filho e um bom aluno. Sempre estive à altura das grandes expectativas dos meus pais. Nunca me permiti ser o poeta. Nem o sonhador. Mas, quando a vi, esqueci de tudo isso. Há alguma coisa em Natasha que me faz pensar que o destino tem algo extraordinário reservado para nós dois.
O Universo: Cada momento de nossas vidas nos trouxe a este instante único. Há um milhão de futuros diante de nós. Qual deles se tornará realidade?

Ao começar a leitura de O Sol Também é uma Estrela da autora Nicola Yoon esperava encontrar uma narrativa despretensiosa e leve. Daquelas que mesmo, que a história seja previsível ainda consegue nos surpreender e principalmente, deixar um sorriso bobo em nosso rosto. Porém, apesar de ter encontrado exatamente aquilo que eu procurava ao começar a leitura, não nego que esperava um pouco mais.

A jovem Natasha Kingsley chegou aos Estados Unidos quanto tinha oito anos e desde então ela a sua família vivem no país como imigrantes ilegais. Natasha nunca se imaginou partindo da América, deixando para trás seus amigos, sonhos e vida que construiu ali. Só que em poucas horas ela terá que dizer adeus a tudo isso e voltar com sua família para Jamaica, o país onde ela nasceu e do qual não tem nenhuma lembrança.

Enquanto corre contra o tempo para evitar a deportação, Natasha encontra com Daniel Jae Ho Bae. Daniel é filho de imigrantes sul-coreanos e quer ser poeta, porém por insistência dos pais, que sonham em ter um médico na família, está a caminho de uma entrevista para a Universidade de Yale. Dificilmente os caminhos de Natasha e Daniel se cruzariam em uma cidade do tamanho de Nova Iorque, só que naquele dia em especial, o Universo resolveu conspirar para que os dois se encontrassem. Pelo menos é isso que Daniel acha.

Ele e Natasha são extremos opostos e justamente por isso se sente tão atraídos um pelo o outro. Para Daniel os dois estavam destinados a se conhecer, enquanto para Natasha tudo não passa de uma mera coincidência. Daniel acredita que depois de passarem um dia juntos, Natasha também se apaixonará por ele. Só que problema é que Natasha está indo embora e os dois podem não ter tempo de viver esse amor.

O Sol Também é uma Estrela possui uma narrativa singela que em poucos capítulos nos envolve. Nicola Yoon construiu um enredo simples e que através de personagens cativantes consegue passear por vários temas sem que a essência da história se perca em algum momento. Gostei do modo com a narrativa foi estruturada intercalando não somente os pontos de vista da Natasha e do Daniel, mas também contanto um pouco da história dos personagens secundários.

Gostei do casal protagonista, só que não nego que eu me incomodei com a diferença gritante de personalidade dos dois. Enquanto Daniel é um sonhador nato, Natasha é a típica cética que só acredita naquilo que pode ser comprovado. E tudo bem que tem aquela teoria que “os opostos se atraem” e tudo mais. Só que não sei se pelo fato de eu como pessoa não acredito nem a teoria dos opostos e muito menos em paixões rompantes de um dia, mas de verdade achei tanto o relacionamento com os sentimentos dos personagens um pouco “exagerados”.

E sério, não estou sendo insensível. No contexto geral achei a história super fofa e cheia de reflexões que servem para cada um de nós, independente do momento que estamos passando na vida. Pois, O Sol Também é uma Estrela é um livro que fala sobre se ter esperança, mesmo quando tudo está demorando a nossa volta. Sua narrativa nos mostra como pequenas atitudes que temos no dia a dia interferem de modo direto ou indireto da vida de alguém.

Talvez se a Nicola Yoon tivesse dado um foco maior transformação pessoal que cada personagem causou na vida do outro, ao invés do romance clichê eu teria curtido mais história. Sem falar que de verdade, dona Nicola tem um sério problema para escrever finais. É aquele típico final que fecha, mais não fecha a história. Ok! Entendo que a intenção da autora é deixar o que aconteceu depois daquele ponto para a imaginação do leitor. Mas isso não torna o final menos “frustrante”.

“Talvez parte de se apaixonar por alguém seja se apaixonar por si mesmo.”

Para quem está em busca de uma leitura leve, O Sol Também é uma Estrela possui uma narrativa doce sem ser enjoativa, e que nos mostra que mesmo nos dias ruins coisas boas podem acontecer. Nicola Yoon pode ter “pecado” em alguns pontos, porém sem sombra de dúvidas essa é aquele tipo de história que cativa o nosso coração.

Comentários via Facebook

23 comentários:

  1. Oi, Ane!
    Uma pena o livro não ter alcançado suas expectativas. Mas parece que ainda assim foi uma leitura boa. Também não gosto de livros com finais "abertos" frusta qualquer um.
    Tenho lido muitas resenhas do livro e confesso que estou curiosa. Mas não colocarei muita expectativa.

    https://construindoestante.blogspot.com.br/2017/05/resenha-segunda-chance-de-zoe-layla.html

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda não li, mas já conhecia o livro e admito que essa ideia dos opostos TÃO extremos também me pareceu um pouquinho exagerada, meio surreal, sabe? Mesmo sabendo que pode acontecer e tudo, parece meio forçado, como você falou. Mas enfim, adorei a resenha e adoro a capa do livro <3
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  3. Gostei da resenha Ane. Apesar do livro não ter suprido 100% suas expectativas, deu para notar que se trata de uma história singular e confesso que fiquei bem tentada para lê-lo. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ane!
    Menina, eu li o outro livro da autora e foi uma decepção na vida por vários motivos. Então, tenho um pé atrás com esse, apesar de todo mundo elogiar.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  5. Oi xará. Sou Ariane tbm, apelido Anne! Kkkkkkkk!
    Nossa, eu PRECISO ler os livros dessa autora.
    Todo mundo fala bem!
    Preciso ler antes de sair o filme do outro livro dela, mas tá difícil.
    Pouco tempo, muitos livros, sabe como é.
    Mas um dia vaaaaai! Rs

    Beijos
    Literatura Estrangeira

    ResponderExcluir
  6. Oi Ane,
    Apesar de todos os comentários positivos, eu estou tentando não criar muitas expectativas a cerca do livro, para quando eu for lê-lo não me decepcionar. Ótima resenha!!!

    *bye*
    Marla
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Ane,
    Acredita que eu não gostei muito desse livro?
    Não sei te dizer o motivo, talvez seja por tudo acontecer rápido demais e a temática ser algo distante de mim. Mas acho a narrativa da Nicola bem interessante.
    Beijos no seu coração
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá, Ane.
    Eu ainda não li anda da autora e pretendo ler porque só vejo elogios aos livros dela. Eu achei mesmo que fosse encontrar algo bem leve nesse livro, e até por isso quero ler primeiro o outro livro dela. E também por causa do filme hehe. Mas agora fiquei receosa com esses finais dela que você citou. Não sei se gosto disso hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Ooi gostei do enredo, apesar de ler varias resenhas positivas sobre o livro, eu tenho um receio em ler ele :S
    beijinhos bom final de semana
    bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. ótima resenha, tenho esse livro fofo <3
    Bjs
    https://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Amei a resenha e o enredo. Quero muito ler esse livro para conhecer os personagens. Também não acredito nessa história que os apostos se atraem rs
    Beijos
    lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Ane
    Eu comecei a ler "O sol também é uma estrela" sem nenhuma expectativa e me supreendi bastante.Esta na minhas leituras favoritas e percebi que concordamos em varios pontos.
    A unica diferença é que eu gosto de finais abertos como ela deixou nesse livro, mas eu entendo o motivo de você não gostar.

    Beijos
    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
  13. Ane, eu lerei em breve, não por agora, quero me familiarizar primeiro com a escrita de Nicola, mas pelo que tenho lido, ela sabe mexer com as palavras e com a emoção!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Ane, sua linda, tudo bem?
    Você não foi a única, tenho lido algumas resenhas desse livro e a opinião é a mesma: esperavam mais. Parece que o livro anterior da autora agradou mais, por isso as expectativas altas em relação a esse. Mas concordo com você, acho que a mensagem de esperança e o sentimento que o livro provoca nos faz querer ler. Por isso está na minha lista. Adorei sua resenha, sincera como sempre!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi
    que bom que foi sincera na resenha e que achou os sentimentos exagerados, mas estou lendo muitos positivos dessa autora, ainda não li nada dela, mas também quero ler esse.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Ane, tudo bem?
    Pode até me chamar de limitada, mas ODEIO finais em aberto hahaha!
    Não dedico meu tempo escasso àquelas páginas pro autor não finalizar o livro direito. :P Isso me faz não curtir uma história, muitas vezes. :(
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  17. Oie Ane, é inevitável a nossa personalidade não interferir na nossa leitura, apesar de não ter lido esse livro, só pelas suas ponderações acho que teria tidos as mesmas percepções, acho que os personagens são bons, mas não tão bons juntos, e talvez com isso o romance tenha ficado um pouco forçado. Até as diferenças tem limites. Muito boa a sua resenha.
    Bjs
    Amanda Nery
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi Ane
    Assisti e li várias resenhas positivas desse livro, mas é bom saber que teve pontos que não te agradou tanto... é uma resenha bem sincera.
    Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
  19. Nunca li nada da autora. Estão falando bastante desse livro, mas, não sei se iria me agradar.
    Visite o nosso blog pfv: https://gemanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Já ouvi muitos comentários positivos desse livro, mas ainda não li. Quero ler em breve
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  21. Essa capa é linda, né Ane? Pelo que eu li na sua resenha, não me pareceu ser o tipo de livro que eu curto ~ essa coisa do "romance clichê" não é muito a minha praia, não sei se cativaria o meu coração. Um beijo! :*

    ResponderExcluir
  22. Oi, Ane!
    Estou bem curiosa sobre esse livro, parece ser uma história linda. Adorei sua resenha ^-^
    Beijos!
    Borboletas de Papel | fanpage - twitter - instagram

    ResponderExcluir
  23. Oi Ane,

    Eu li Tudo e Todas as Coisas e gostei bastante da história. Estou curiosa com esse livro e quero pegar ele em breve.
    Um pena ter alguns pontos que poderiam ser melhores.
    Espero que eu goste!
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por