Resenha - Helena de Troia por Francesca Petrizzo.

26/08/2012

Helena de Troia – “Memórias da mulher mais desejada do mundo” por Francesca Petrizzo.

ISBN: 9789722522625
Editora: Lua de Papel
Ano: 2012
Número de páginas: 208
Classificação: 4 estrelas
Onde Comprar: FNAC, Livraria Cultura, Livraria Saraiva, Livraria da Travessa, Submarino - Compare os Preços



Sinopse:

Um navio retorna de uma intensa batalha pelas costas gregas. Uma mulher observa o contorno do Peloponeso na penumbra do crepúsculo. É a jovem Helena, oferecida pelo pai ao conquistador Menelau para garantir a paz e sobrevivência de seu povo. Uma fatídica decisão que seria carregada de tristeza e tragédia, porque Helena começa a buscar nos braços de outros aquilo que lhe fora negado. Numa narrativa lírica e original, esta obra traz a versão de Helena da história lendária que é conhecida em todo o mundo. A disputa que originou a guerra de Troia. De sua infância em Esparta aos anos turbulentos de sua união com Menelau e a fuga com Páris e todas as suas consequências. A vida de uma mulher que estava destinada ao poder, mas era movida a paixão e seu amor provocou uma das guerras mais famosas de todos os tempos. “Helena é meu nome, mas posso ouvi-los me chamando de adúltera nas minhas costas. Eu nasci em Esparta, mas fui embora para Troia, por amor. Eles costumavam dizer que eu era a mulher mais bonita do mundo e viviam julgando o quão pouco ganhei e o quanto perdi depois que fugi, mas eles não estavam lá depois de tudo o que passei. Eu estava.”

Sou completamente apaixonada e curiosa assumida por histórias, civilizações e mitologias antigas. Sempre estou lendo, pesquisando e quando posso assisto documentários que abordam estes temas.  Já li alguns livros e textos sobre Troia, mas ler este clássico em uma nova adaptação sendo narrado justamente por quem causou a guerra entre a Grécia e Troia despertou ainda mais minha curiosidade, por esse motivo Helena de Troia foi um livro que me chamou a atenção assim que soube de seu lançamento.

Helena de Troia é um livro para quem gosta ou simpatiza com a "literatura clássica", pois mesmo que em sua concepção a autora tenha deixado de lado todo o heroísmo da história que já conhecemos a transformando em um drama com um leve toque de romance, é perceptível que as bases e os personagens do clássico original foram fielmente mantidos.

Acredito que todos que buscam neste livro mais uma narrativa do belo romance entre Helena e Páris acabam se decepcionando um pouco. Francesca Petrizzo criou uma “nova” Helena dando a ela uma história própria e traços mais humanos acabando um pouco com o mito que sempre cerca a personagem. A autora nos apresenta uma Helena atormentada por fantasmas que a perseguem desde a sua infância e, com tantos grandes e eternos amores que a tornaram durante toda a sua vida uma mulher um tanto volúvel e, em algumas ocasiões até um pouco autodestrutiva.

Divido em duas partes o livro relata em sua primeira metade a vida de Helena em Esparta do seu nascimento até a fuga para Troia, enquanto na segunda metade Helena narra seus dias em Troia e claro, como foi os longos anos de guerra.  A forma como Helena descreve este período é completamente diferente do que nos habituamos a ler quando o tema é “A Guerra de Troia”, é tudo mais sutil, lento e angustiante.

Durante essas duas metades do livro, é visível o peso emocional que a autora procurou dar para a história.  Helena vivia tudo muito intensamente e mesmo o livro não sendo muito emocionante do que diz respeito a lutas, sangue e tudo que envolve de fato uma guerra ele consegue passar uma emoção ainda mais forte para o leitor, já que é um tipo de emoção amarga e sofrida.

Houve um momento em que o sofrimento de Helena era tão grande que quando dei por mim eu já estava com lágrimas nos olhos e incrédula por estar chorando. Sim, este não é um livro que leva o leitor as lágrimas, porque como eu mesma disse acima ele não chega a ser um romance arrebatador e a sua história não é uma das mais emocionantes. Porém o jeito com que a autora pegou um clássico tão conhecido e o adaptou através do ponto de vista de Helena, tornou a história tão humana que naquele instante parecia que a dor que ela sentia era a minha.

Helena de Troia não é um livro fácil de se ler. Ele totalmente desprovido de grandes momentos de ação e o romance contido nele é bem fraco. A narrativa muitas vezes lenta e repetitiva demais fez com que apesar de ser um livro curto, o ritmo de leitura fosse um pouco devagar, mas não é nada que acabe prejudicando o livro como um todo.

Confesso que eu esperava algo totalmente diferente, mas o livro não me decepcionou muito pelo contrário, ele se revelou uma boa surpresa, pois me mostrou um lado da história que "teoricamente" eu não conhecia, e que particularmente me agradou mais. Sem tanto heroísmo e fantasia, porém uma história mais simples , humana e marcante.

Pode não ter me conquistado logo nas primeiras páginas, mas foi me conquistando aos poucos, o que fez com que cada minuto de leitura valesse muito apena no final.  Você gostando ou não de livros mais clássicos fica ai a dica de um livro surpreendente.


Comentários via Facebook

14 comentários:

  1. Oi Ane!
    Tô aqui na dúvida se leio ou não... rs
    Eu estava querendo muito o livro, agora já não tenho mais certeza... hahaha
    Vou esperar um pouco pra decidir! rs

    ResponderExcluir
  2. Oi Ane, tenho visto os comentários sobre o livro pelos blogs e percebo que as opiniões são bem conflitantes. Não tenho muita curiosidade de ler esse livro, mesmo adorando o tema de que ele trata, mas mais por parecer ser algo mais calmo e até monótono do que esperava. Quem sabe em um outro momento.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Já tinha lido uma resenha desse livro, pra outra blogueira o livro a decepcionou um pouco, mas ela gostou no final. No seu caso, você traz uma visão mais 'otimista' dele e fiquei ainda mais curiosa por lê-lo, gosto de enredos com temas clássicos ainda mais envolvendo História *O*

    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  4. Já li vários livros assim, que de início se arrastam mas depois ficam incríveis. Gostei da resenha.
    Um ótimo início de semana.
    Bjus

    Rafa
    www.rafaelando.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Flor,

    Eu também sou dessas que adora ler e saber sobre história. Confesso que não me simpatizo por Helena e seu romance com Páris..rs

    Mas como você disse na resenha, o romance nesse livro é bem pouco (o que me deixa feliz).

    Assim como você, acredito que quem lê acaba se surpreendendo. Como é a versão de Helena, muitas coisas vão se mostrando "novas" ao longo da leitura.

    Com certeza vai para a minha lista de desejados =)

    bjinhuxxx
    Eu li e Divulgo - http://euliedivulgo.blogspot.com.br
    @Jeh_Polato

    ResponderExcluir
  6. Acho que você disse exatamente o que eu pensei desse livro. Só que eu não sei se "tirar" o mito que envolve Helena foi uma coisa boa. Eu gostei de a ver humanizada, mas ao mesmo tempo não teve tanta graça pra mim. Será que dá pra entender? :P
    Enfim, o livro só me conquistou do meio para o final também. O começo realmente é bem chatinho. O que ajudou foram os capítulos pequenos.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Gosto de livros clássicos, mas não sei se leria esse livro no momento. Estou com uma ressaca literária daquelas...
    Enfim, gostei da resenha.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  8. Oii Ane, vc me deixou bastante curiosa para conhecer a história desse livro, quero também poder me surpreender com a leitura...

    BjOs!!!

    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Ane :)
    Eu admito que não tenho taaaanta vontade para ler esse livro. Me interessa e talz, mas acho que realmente não iria gostar. Enfim, adorei sua resenha :) Você já tinha falado mesmo dele no clube do livro, então já sabia o que tinha achado UAHSUAHSU

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  10. Para um livro me deixar com lágrimas nos olhos é bem difícil, normalmente eu fico triste, mas não chego a adquirir as lágrimas. Então, quando li que aconteceu isso com você durante a leitura, senti curiosidade para ler, tanto pela história, quanto pelos sentimentos que poderia me trazer.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia a história, me parece interessante, não é o meu tipo de leitura favorito.
    Mas eu, definitivamente, compraria esse livro epla capa. Amei :)

    Beijos
    http://secretsentreamigas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, Ane!

    Também gosto muito de livros desse estilo e assim como você sempre que posso pesquiso um pouco sobre o assunto. Seja na internet, lendo livros, vendo filmes, etc. Ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro, fiquei feliz em saber que gostou. Que bom que o livro te surpreendeu de uma forma positiva. Mesmo não sendo o que você esperava foi uma leitura proveitosa. ;) Espero ter oportunidade de lê-lo também.

    Beijos,
    Amanda — Lendo & Comentando
    ^_^

    ResponderExcluir
  13. adoro a história. mas pelo oq vc falou ae, o livro é bem paradão né?
    =/

    bjs

    http://www.amodernpinup.com

    ResponderExcluir
  14. Fiquei com vontade de ler...

    Estou coma Odisséia de Homero aqui preciso ler antes... no etanto depois que acabar o atual livro vou ler Guerra e Paz (Tolstoi).

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por