A Beleza do Cotidiano por Sylar113.

05/12/16

| Arquivado em: ARTE 

Se pensarmos um pouquinho e reclamar menos da vida, vamos perceber a beleza que ela esconde nos pequenos detalhes. E é justamente nos atos mais rotineiros que muitas vezes essa beleza está contida. Naquilo que nem prestamos mais a atenção.

Que papo mais poético é esse Ane? Depois do post de hoje vocês vão entender.

Speedpaint #58
Na coluna Arte desse mês compartilho com vocês alguns dos trabalhos incríveis do desenhista e ilustrador russo Sylar133. São artes em que cenas do dia a dia são retratadas com muita delicadeza, o que me deixou encantada ().

Sylar113 trabalha bastante com tons terrosos em que a natureza é a grande estrela na obra. O que mais me chamou a atenção nos trabalhos dele é o jogo de luz e sombra presente neles. Tipo, mesmo ele usando cores escuras todas as suas artes possuem um toque de luz que deixa tudo ainda mais bonito. Isso cria um belíssimo efeito de brilho e contraste que eu, particularmente adoro.

Mas vou parar com o meu blá, blá, blá por aqui, e deixar vocês conhecerem e se apaixonarem pelos trabalhos desse talentoso artista.

Algumas Obras:
Color of sky
speedpaint#66
speedpaint#82
Sketch
Speedpaint #53
Acreditem quando eu falo que, de onde saíram esses trabalhos lindos, tem muito mais. Tive que me controlar para não salvar a galeria inteira do Sylar *-*. Dá até para a gente se imaginar em um desses lugares maravilhosos que ele cria, não é mesmo?

Infelizmente o nosso artista do mês é super tímido e não encontrei muitas informações sobre ele. Mas estou deixando o link do perfil dele no deviantArt no final do post.

Espero que vocês tenham gostado ()!

Beijos;***

+ Sylar113.
deviantArt

Wishliterária - Novembro e Dezembro

01/12/16


| Arquivado em: LANÇAMENTOS.

Olá pessoas!

Como esse ano passou rápido, gente!  Parece que foi ontem que essa que vos escreve estava fazendo preces e simpatias para 2016 ser um bom ano, e agora 2017 já está batendo na porta.

Como muitos de vocês sabem as editoras não costumam trazer grandes lançamentos em Dezembro, e por isso esse é a última Wishliterária do ano aqui no blog. Então se você ainda não fez a sua listinha para o Papai Noel, agora é a hora!

Confira ai 😉





Sinopse: Jack tem prosopagnosia, uma doença que o impede de reconhecer o rosto das pessoas. Quando ele olha para alguém, vê os olhos, o nariz, a boca… mas não consegue juntar todas as peças do quebra-cabeça para gravar na memória. Então ele usa marcas identificadoras, como o cabelo, a cor da pele, o jeito de andar e de se vestir, para tentar distinguir seus amigos e familiares. Mas ninguém sabe disso — até o dia em que ele encontra a Libby. Libby é nova na escola. Ela passou os últimos anos em casa, juntando os pedaços do seu coração depois da morte de sua mãe. A garota finalmente se sente pronta para voltar à vida normal, mas logo nos primeiros dias de aula é alvo de uma brincadeira cruel por causa de seu peso e vai parar na diretoria. Junto com Jack. Aos poucos essa dupla improvável se aproxima e, juntos, eles aprendem a enxergar um ao outro como ninguém antes tinha feito.





Sinopse: As Modistas - Livro 02.
Irmã do meio entre as três proprietárias de um refinado ateliê de Londres, Sophia Noirot tem um talento inato para desenhar chapéus luxuosos e um dom notável para planos infalíveis. A loura de olhos azuis e jeito inocente é na verdade uma raposa, capaz de vender areia a beduínos. Assim, quando a ingênua lady Clara Fairfax, a cliente mais importante da Maison Noirot, é seduzida por um lorde mal-intencionado diante de toda a alta sociedade londrina, Sophia é a pessoa mais indicada para reverter a situação. Nessa tarefa, ela terá o auxílio do irmão cabeça-dura de lady Clara, o conde de Longmore. Alto, musculoso e sem um pingo de sutileza, Longmore não poderia ser mais diferente de Sophia. Se a jovem modista ilude as damas para conseguir vesti-las, ele as seduz com o intuito de despi-las. Unidos para salvar lady Clara da desonra, esses charmosos trapaceiros podem dar início a uma escandalosa história de amor... se sobreviverem um ao outro. Em Escândalo de Cetim, segundo livro da série As Modistas, Loretta Chase nos presenteia com um dos casais mais deliciosos já descritos. Além de terem uma inegável química, Sophia e Longmore são divertidos como o rodopiar de uma valsa e sensuais como um corpete bem desenhado.





Sinopse: Edição especial em capa dura do grande sucesso de Lauren Kate, que inspirou o filme “Fallen”, superprodução dos estúdios Disney.

Há algo estranhamente familiar em Daniel Grigori. Misterioso e evasivo, ele conquista a atenção de Luce Price desde o primeiro momento, no seu primeiro dia no internato da Sword & Cross. O rapaz é uma faísca de luz, em um lugar onde os telefones celulares são proibidos e os outros estudantes são, todos, muito desajustados. Mas Daniel guarda um segredo. E Luce está determinada a desvendar os mistérios por trás de seu amado, mesmo que ele não tenha nenhum interesse nela. Mesmo que ela acabe morrendo. Perigosamente excitante e cheio de um romance circundado pelas trevas, “Fallen” tem o poder sobrenatural de prender o leitor em cada página, numa história de amor que vai além das leis da terra.

+ Lançamentos


Acho que não preciso dizer que Escândalo do Cetim é o primeiro na minha lista, não é mesmo? Também estou querendo muito todos os livros que estão lançando sobre Animais Fantásticos. Vi eles na livraria e são tão lindos ()!

A Livraria Mágica de Paris
também foi para minha listinha *-*. E claro que não podia faltar Julia Quinn ()!

E vocês, quais desses livros vocês vão pedir ou já pediram para o Bom Velhinho? Compartilhe nos comentário 😃

Beijos e até o próximo post ;***


O Erro por Elle Kennedy.

28/11/16

| Arquivado em: RESENHAS.

Este livro foi recebido como
cortesia para resenha.
ISBN: 9788584390410
Editora: Paralela
Ano de Lançamento: 2016
Número de páginas: 279
Classificação: Muito Bom
Sinopse: Amores Improváveis – Livro 02.
Logan parece viver uma vida de sonhos. Com um talento incrível para jogar hóquei e um charme inato para conquistar mulheres, ele é uma das maiores estrelas da universidade de Briar. Mas por trás do característico sorriso maroto, ele esconde duas grandes angústias – a primeira, estar apaixonado pela namorada de seu melhor amigo. A segunda, saber que sua vida, após a formatura, se tornará um beco sem saída. Um dia, por acaso, ele conhece Grace, uma garota tão encantadora quanto intrigante. Tudo nela parece ser original e deliciosamente contraditório – tímida, mas ao mesmo tempo vibrante. Doce, mas ao mesmo tempo forte e confiante. A cada encontro, Logan se vê mais e mais envolvido. Mas um grande erro colocará o relacionamento desses dois jovens em risco. Agora, Logan terá que se esforçar para reconquistar Grace – nem que para isso ele precise amadurecer e encarar de frente as suas questões mais profundas e doloridas.

Tem autores que conseguem nos cativar de tal modo com a sua escrita, que mal acabamos um livro e já queremos ler o próximo. Foi exatamente assim que me senti quando terminei a leitura de O Acordo e agora ao finalizar O Erro segundo livro da série Amores Improváveis da autora Elle Kennedy. Como uma narrativa leve e clichê, essa é uma daquelas histórias que aquece o nosso coração e nos deixa um sorriso tipicamente bobo no rosto.

A primeira impressão que se tem ao olhar para John Logan é que ele leva uma vida invejável. O astro do time de hóquei da Universidade de Briar e um famoso arrasa corações desavisados. Porém por traz dessa fachada Logan esconde dois segredos terríveis. O primeiro é o fato de estar apaixonado pela namorada do seu melhor amigo e o segundo é que sua vida de sonhos está acabando e logo vai se tornar um pesadelo. Mas enquanto a formatura não chega ele está disposto a aproveitar os dias de paz que lhe restam e é justamente em um dia desses qualquer que Logan conhece Grace.

Grace é totalmente diferente nas garotas com quem Logan costuma se relacionar. E apesar de todos os seus instintos gritarem para que ele se afaste dela o mais rápido possível, a cada novo encontro mais envolvido Logan fica. Tudo parecia ir bem, até que em uma noite fatídica ele coloca tudo a perder. Logan sabe que errou e Grace não está muito disposta a perdoa-lo tão facilmente. Agora Logan terá que provar que está arrependido e principalmente que seus sentimentos são sinceros se quiser reconquistar Grace. E nesse processo talvez ele tenha que expor suas cicatrizes em enfrentar seu futuro sombrio antes do planejado.

Sempre digo que o que faz uma história ser completa não é a quantidade de páginas do livro, e sim a forma como o autor desenvolve sua história. Em O Erro, Elle Kennedy soube construir um enredo que tem um pouco de tudo. Temos um romance cheio de sensualidade, dramas pessoais e momentos engraçados. E talvez por ser uma trama tão comum, o tipo de coisa que pode acontece com qualquer um é que me vi tão envolvida com a história.

Confesso que o Logan tinha chamado a minha atenção desde o livro o anterior, por esse motivo não nego que estava bem curiosa em conhecer a história dele ().  E posso dizer com toda certeza que ela partiu meu coração. Elle Kennedy nos apresenta aqui um personagem forte e embora a sua personalidade possa passar uma certa “superficialidade” é na verdade de uma nobreza incrível. Em muitos momentos me identifiquei com a situação pela qual o Logan passa, e nessas ocasiões foi difícil conter minhas lágrimas. Por que tipo, - eu já passei por isso (...).

Gostei da Grace também, e mesmo adorando o Logan me divertir bastante com a forma como ela o fez correr trás do prejuízo. A única coisa que me incomodou um pouco no começo é a forma como a Grace se deixava levar pela melhor amiga. Porém, reconheço que independente do meu “desamor” pela Ramona, ela foi importante no contexto geral da trama.

O que mais gosto na narrativa da Ellen é o fato dela ser bem direta.  Nada fica subentendido e a autora consegue trabalhar bem com todas as emoções e contradições dos personagens sem que a história perca o ritmo ou fique cansativa. Adorei rever a Hannah e o Garret, e já estou morrendo de curiosidade para conhecer a história do Dean (). Por que esse é mais um dos motivos que torna os livros da série Amores Improváveis tão gracinhas. A autora dá espaço para os personagens secundários criando tramas paralelas que nos fazem sentir que somos parte daquilo que estamos lendo, e com isso nos apegando cada vez mais aos seus personagens.

A primeira vista O Erro parece ser mais uma daquelas histórias que já vimos em vários livros. E sim ele é bem previsível em determinados pontos, porém é o modo como a autora encaixa as peças que torna sua história especial. Não é nada fast ou simples demais. Muito pelo contrário no decorrer dos capítulos você consegue ver o amadurecimento dos personagens e do seu relacionamento.  Só achei o final corrido, mas o epilogo até que “compensa”  isso. Mas não nego que teria gostado se a Ellen tivesse alongado um pouco mais ele.

“Os próximos anos provavelmente vão ser como se eu estivesse vagando num túnel escuro, mas no fim dele existe uma luz. Enquanto você estiver comigo, vai existir uma luz dentro dele também. Sem você, seria só escuridão.”

O Erro é aquele livro que vai fazer você se arrepender de ter lido rápido demais. Porém uma vez que você pega ele para ler, dificilmente vai conseguir largar antes das páginas finais.  Para quem está procurando uma nova série para chamar de sua a minha dica é, - comece a ler Amores Improváveis agora! Clichê do jeito que amamos e completamente irresistível.

Veja Também:
O Acordo

Animais Fantásticos e Onde Habitam.

24/11/16

| Arquivado em: FILMES.

Oie pessoas =)

O grande dia chegou! No último sábado (19) finalmente fui assistir um dos filmes mais esperados por mim em 2016, - Animais Fantásticos e Onde Habitam. Como uma Potterhead assumida, mal podia conter a minha ansiedade para voltar ao mundo encantado que J.K Rowling magistralmente criou.

imagem: Divulgação.
Como sei que muitos de vocês já devem ter lido inúmeras resenhas sobre o filme desde que ele chegou aos cinemas. Eu mesma já li algumas, não vou abordar  nesse post a história e o enredo do filme em si. Pois acredito ser mais válido, compartilhar como vocês todos os meus sentimentos e impressões que tive enquanto assistia Animais Fantásticos e Onde Habitam.

imagem: Divulgação.
Desde que esse spin-off foi anunciado a minha maior preocupação era saber como um livro de apenas sessenta e três páginas seria adaptado em longa metragem. Nesses casos por mais fã que sejamos não deixamos de pensar que a produção pode se tratar de mais uma caça níquel. Principalmente depois de várias declarações da própria J.K Rowling dizendo que a história de Harry Potter tinha acabado. Mas ai veio à peça, um oitavo livro e Animais Fantásticos e Onde Habitam. Ainda bem que a Rowling voltou atrás, não é mesmo?

imagem: Divulgação.
Logo nos primeiro segundos do filme meus olhos se encheram de lágrimas quando ouvi os acordes iniciais de Lumos!. Afinal me diga qual fã de Harry Potter que não sente o coração bater mais forte quando essa música maravilhosa começar a tocar? E bastou apenas alguns segundos para que toda a tensão e o medo que essa que vos escreve estava sentindo acabar. Por que sendo bem honesta, eu estava sim, morrendo de medo de não gostar do filme.

imagem: Divulgação.
Até por que antes mesmo de sua estreia Animais Fantásticos e Onde Habitam gerou uma grande polêmica e espalhou a discórdia entre os fãs com a divulgação que o Johnny Depp seria o Gellert Grindelwald. Quem é ativo no Twitter deve ter visto a hashtag #NotMyGrindelwald como um dos assuntos mais comentado no microblog durante as cerimônias de pré-estreia do filme lá fora.  Eu, Ariane admito que o Depp não seria a minha primeira escolha para o papel, assim como o Colin Farrell que interpretou o auror Percival Graves. Por isso não vou negar que também fiquei chateada, mas decidi não permiti que esse “mero detalhe” manchasse o meu amor por tudo que a J.K Rowling criou.

imagem: Divulgação.
Animais Fantásticos e Onde Habitam possui alguns elementos que vimos nos filmes de Harry Potter. Só que tipo por se tratar de um filme com um elenco adulto imaginei que o filme teria um tom mais "sombrio". Porém embora o enredo tenha umas cenas “obscuras” o mesmo possui várias cenas de alivio cômico.  Em parte é isso se tornou necessário por causa da nos animais fantásticos, mas fiquei com a sensação que foram cenas "engraçadinhas" demais. Não sei, mas pelos trailers e pela trama se passar na época do Grindelwald, eu esperava algo mais “sério”, por assim dizer.

Mas se os roteiristas seguirem a mesma linha da Harry Potter, nós podemos esperar que no decorrer dos cinco filmes( sim serão cinco filmes) essa atmosfera vai aos pouco mudando. Até por que segundo declarações da própria J.K Rowling nessa nova franquia histórias ligadas ao passado do nosso amado Alvo Dumbledore e as Relíquias da Morte serão abordas. E tipo, já estou curiosa, muito curiosa para ver isso *-*.

imagem: Divulgação.
Como um filme introdutório Animais Fantásticos e Onde Habitam nos apresenta uma nova sociedade bruxa, que para se manter secreta segue as rígidas regras instituídas pelo MACUSA. Só que mesmo, o Congresso Mágico dos Estados Unidos da América tendo um papel importante, achei a participação da Presidente Seraphina Picquery (Carmen Ejogo) bem pequena. Já um personagem que me surpreendeu bastante foi o Credence (Ezra Miller). O Ezra sempre de destaca em papeis fortes e dramáticos, e aqui não foi diferente. E apesar de não ter gostado muito da escalação do Colin Farrell, admito que ele se saiu muito bem no papel.

Gostei bastante do Jacob Kowalski (Dan Fogler), até por que essa foi a primeira vez que um no-maji (trouxa) desempenhou um papel importante em uma trama passada no universo de Harry Potter. A interação dele com a Queenie (Alison Sudol) é ótima e rende boa cenas de humor. Adorei  também o Newt Scamander (Eddie Redmayne) e a Tina (Katherine Waterston). Porém confesso que achei que a Tina e o Kowalski se destacaram mais que o próprio Newt em alguns momentos.

imagem: Divulgação.
Os efeitos especiais e a fotografia do filme estão impecáveis. O figurino está lindo também, mas senti falta do toque do John Williams na trilha sonora.  Mas no contexto geral sai bastante satisfeita com o que vi. Foi lindo poder voltar ao mundo criado pela J.K, como vai ser maravilhoso sentir essa ansiedade pela estreia dos próximos filmes no cinema. Alguns pontos precisam ser mais trabalhados nas sequencias, - sim. Mas vamos ser bem sinceros, apesar de ser ótimo, Harry Potter e A Pedra Filosofal está longe de ser o melhor filme da saga. Acredito vem muita coisa boa nos próximos anos.

Ficha Técnica:
Animais Fantásticos e Onde Habitam
Título Original: Fantastic Beasts and Where to Find Them
Duração: 2h 13min
Gênero: Fantasia| Aventura
Direção: David Yates
Música: James Newton Howard
Produção: David Heyman, J.K Rowling e Steve Kloves.
Elenco: Eddie Redmayne (Newt Scamander), Katherine Waterston (Porpentina Goldstein), Dan Fogler (Jacob Kowalski), Alison Sudol (Queenie Goldstein), Colin Farrell (Percival Graves), Ezra Miller (Credence), Carmen Ejogo  (Seraphina Picquery), Gellert Grindelwald (Johnny Depp), entre outros.





Sinopse: O excêntrico magizoologista Newt Scamander (Eddie Redmayne) chega à cidade de Nova York levando com muito zelo sua preciosa maleta, um objeto mágico onde ele carrega fantásticos animais do mundo da magia que coletou durante as suas viagens. Em meio a comunidade bruxa norte-america, que teme muito mais a exposição aos trouxas do que os ingleses, Newt precisará usar todas suas habilidades e conhecimentos para capturar uma variedade de criaturas que acabam fugindo.

Trailer:

Para os fãs de Harry Potter,  Animais Fantásticos e Onde Habitam é um doce retorno ao mundo que aprendemos a amar no decorrer dos anos. É impossível não se senti nostálgico e sair da sala querendo rever o filme. Já para quem nunca foi tão fã assim das histórias do bruxinho, é uma opção interessante se você gosta de aventura e filmes mais leves.

Beijos e até próximo post ;****

ps: Quero um Thunderbird ()!

#naplaylist - Para Animar seu Dia.

20/11/16

| Arquivado em: MÚSICAS.

Olá pessoas 😃

Domingo é um dia preguiçoso não é mesmo? Ele é aquele dia nossa rotina é quebrada e fazemos tudo mais tarde. Acordamos tarde, almoçamos tarde e passamos horas largados no sofá lendo ou fazendo maratonas de séries/filmes.
imagem: Freepik
Porém uma coisa é fato, quando dá oito horas da noite já bate aquela “leve” preguiça de lembrar que no outro dia o despertador vai voltar a ativa novamente. E não sei quanto a vocês, mas mesmo amando ficar em casa, eu adoro sair todos os dias de casa cedo para trabalhar. Afinal, todos nós precisamos de um propósito na vida, nem que ele seja o de pagar as contas do mês 😀

Pensando nessa preguicinha básica que sempre rola entre o domingo à noite e começo de semana, essa que vos escreve criou lá no Spotify uma playlist para animar o dia. Por que como vocês podem imaginar, fones de ouvido é uma peça indispensável do meu look do dia. 

E é essa playlist que vocês vão conferir agora. A minha pequena contribuição, para animar o dia de vocês.  Dá play ai 😉

#naplaylist

 
Quando criei essa playlist a ideia era que ela fosse algo pessoal, só minha, para ouvir a caminho do trabalho ou durante trajeto. Mas eu achei que ela ficou tão gostosinha que quis compartilhar ela aqui com vocês (), espero que tenham gostado.

Uma ótima semana para todos vocês!

Beijos e até o próximo post;***

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2016 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por