Resenha - Uma Bruxa na Cidade por Ruth Warburton.

31/10/2013



• ISBN: 9788580448566
• Editora: LeYa
• Ano de Lançamento: 2013
• Número de páginas: 344
• Classificação: Muito Bom
Este livro foi enviado como
cortesia para resenha.


Sinopse: Trilogia Winter - Livro 01

Quando o amor e a magia se misturam, quem poderá distinguir a fantasia da realidade? Anna Winterson não sabe que é uma bruxa, e provavelmente zombaria de quem insinuasse algo parecido. Quando ela se muda para a cidade de Winter, começa a descobrir do que é capaz quando usa seus poderes. A confusão começa quando ela conhece Seth, o garoto mais bonito e cobiçado da escola. Numa brincadeira aparentemente inofensiva, Anna o enfeitiça para que ele se apaixone. E, sem querer, acaba deflagrando uma guerra entre dois clãs de bruxos rivais. A bruxinha quer apenas viver seu amor, mas se sua mágica é capaz de controlar a paixão de Seth, ela poderia ser tão monstruosa quanto os seres que estão tentando usar seus poderes em benefício próprio?

Não, não é mera coincidência essa resenha ir ao ar hoje. Afinal, nada melhor para comemorar o Halloween, não é mesmo? Uma Bruxa na Cidade é o típico livro que possui uma narrativa leve e cheia de mistérios que por mais clichê seja, consegue encantar e aumentar a curiosidade do leitor a cada capítulo. Ah! Ele dá um pouco de “medinho” também, afinal aqui os bruxos e bruxas são de verdade e há feitiços e encantamentos por todos os lugares.

Anna Winterson acaba de se mudar com o seu pai para pequena cidade de Winter, na Inglaterra. Logo no primeiro dia de aula em seu colégio novo ela acaba se apaixonando por Seth, o bad boy mais cobiçado do colégio.  É no colégio que ela também descobre que a propriedade uma pouco isolada em que ela mora com o pai, é conhecida pelos habitantes do local como “A casa da Bruxa”.  Só que tanto para Anna como para seu pai, isso tudo não  passa de uma superstição boba, mas é claro que eles não podiam sonhar o quanto eles estavam enganados. O que aparentemente não passava de um inofensivo livros de receitas, era mais perigoso do que eles imaginam.

Em uma noite típica de meninas Anna e suas June, Liz e Prue descobrem que o livros de receitas, é na verdade um livro de feitiços e resolvem testar um em especial para ver se funciona. É óbvio que o feitiço não funciona como todas gostariam, ou quase todas.  Sem conseguir imaginar ou entender o porquê Anna conseguiu aquilo que inconsequentemente queria, - Seth está completamente apaixonado por ela. Anna se desespera e na tentativa de concerta o seu erro, ela acaba provocando ainda mais “acidentes”, inclusive arriscando sua própria vida.

Depois que uma tempestade assustadora passa por Winter, Anna recebe em sua casa a visita de Emmaline, sua colega de classe misteriosa e de sua mãe Maya. Elas estão ali para ajudar Anna, afinal elas sabem muito bem o que Anna é -, uma bruxa. A principio ela tem dificuldade de acreditar e aceitar o fato, mas quando seus poderes começam a dar mostras que estão saindo de seu controle e ela se torna alvo de um clã poderoso de bruxos não muito “amigáveis”, os Ealswitan. Anna percebe finalmente que ninguém pode fugir do seu destino, principalmente quando ele pode revelar uma parte importante da sua vida.

Bem, juro que eu tentei gostar Anna. Eu tentei entender ela. Tentei de todas as formas, colocar- me no lugar dela só que não deu. Ela não é uma má pessoa nem nada disso. Aliás, quando ela não está pensando no Seth, respirando pelo Seth, fazendo drama pelo Seth, ou se comportando com uma doida obsessiva pelo Seth, ela é legal. Só que infelizmente ela passa praticamente quase todo o livro agindo com eu acabei de descrever e por conta disso fazendo uma burrada atrás da outra. Até mesmo o Seth sobre de ”chatice crônica” em alguns momentos.  Complicado, bem complicado.

Porém, se os protagonistas não conseguiram ganhar o meu coração, os personagens secundários conseguiram. Em especial o clã de bruxos de Winter formado por pela poderosa Maya e sua família. Todos eles possuem habilidades únicas que são usadas para proteger a cidade. Emmaline possui uma personalidade direta e não tem muita “papas na língua”, o que contrasta bastante com a sua mãe e a sua irmã Sienna que são mais tímidas e contidas. Mas, quem realmente me chamou atenção foram os irmãos Simon (marido da Sienna) e Abe. O Simon é o mais extrovertido do clã e às vezes acaba falando um pouco demais justamente por causa disso. Já Abe é sarcástico, além de ser o único que sabe como os Ealswitan são perigosos. Ele é aquele tipo de personagem que você ainda não consegue ter certeza de que lado está.

Uma Bruxa na Cidade possui uma narrativa muito bem construída com elementos que tornam a narrativa rápida e agradável. A autora Ruth Warburton, trabalhou muito bem com mitos e dessa forma ela conseguiu criar uma atmosfera em que a magia está presente nos mínimos detalhes da história. O enredo tem um “que” de história contemporânea com um toque medieval que reforça todo o clima de segredos e mistérios da trama. É o tipo de leitura que faz você literalmente viajar na história.

Com vários momentos de ação e com personagens intrigantes, como o avô de Seth que pelo visto sabe mais do que de fato quer contar, Uma Bruxa na Cidade é um livro que deixa muitas perguntas no ar, o que me deixou super curiosa para ler a continuação da série. Sim, logo eu que ando evitando “me afeiçoar” a séries literárias. Só espero que nos demais livros a Anna não me tire tanto do sério como ela me tirou nesse primeiro livro. Por que senão vai ficar difícil torcer por ela. Bem difícil (...).

“Não se pode mudar a alma de ninguém com um feitiço, Anna – não se pode fazer alguém amar, não amor de verdade, não assim”.

Leitura indispensável para os fãs de literatura fantásticas, Um Bruxa na Cidade agrada também quem está em busca de uma história cheia de mistérios, muita ação e um romance leve. Fica a dica!

Comentários via Facebook

17 comentários:

  1. OLá, Ane!
    Falou em literatura fantástica? Opa, tô dentro!
    Hahaha
    Eu adoro isso, é a minha cara.
    quando você começou a resumir o livro, eu achei logo de cara que seria uma imitação dos originais de bruxas, aqueles antigos, mas não, me pareceu ser bem flexível e um tanto moderno para os padrões. Eu adorei, só não gostei do preço, fui pesquisar e tá bem salgadinho. hahaha

    Qro ele pra mim!

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  2. Oi Ane!
    Eu também curti a família da Maya, mas queria mais informações.
    Realmente a Anna fica o tempo todo pensando no Seth. O mundo se acabando em água e ela nesse mimimi.
    Mas curti o livro e espero mais da série. Achei esse primeiro livro muito introdutório.

    Beijos
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Amei a resenha Ane. Fiquei babando por este livro desde o lançamento, já que sou fascinada por bruxas e, apesar da protagonista ser bem chatinha, vale a pena conferir só pela mitologia que envolve a história. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  4. Gostei desse livro! Ainda não conhecia e legal você ter postado no dia das Bruxas.
    Anotei a Dica.

    Beijos, Bell.

    http://contosdoguerreiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Ane!
    Adoro livros sobre bruxas, e me encantei pela capa desse livro desde o lançamento! *-* Pelo jeito, a história é muito boa, né? Pena a chatice da protagonista... rsrsrs Mas se a trama é boa, isso compensa! ;)
    Bjus!
    Paty Algayer - http://www.magicaliteraria.com/

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei apesar dessa capa nada chamativa, gostei por causa do conteúdo o/
    -nova seguidora, se não me engano to concorrendo a um exemplar desse livro em uma promoção no blog "No limite da leitura" o/ espero ganhar o/
    acervo-de-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oiii Ane muito legal você postar a resenha no dia das bruxas rsrs.
    Gostei do livro e também da sua resenha, mas não imaginei que fosse série...me diverti lendo sua descrição da protagonista kkkk.....

    Beijos!!

    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. curti a dica, acho que vou ler! bem bacana quando um livro se torna agradável de ler e ao mesmo tempo te faz interagir!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. oie Ane
    não dava nada por essa capa, mas como adoro enredo de bruxas com mistério, já fiquei curiosa.
    Pena que os personagens não te ganharam :(
    fico p. da vida quando isso acontece, e recentemente aconteceu ao ler Na Ilha.
    Gosto quando me apaixono pelos personagens, e consigo entrar no clima da história.
    Mas ainda assim continuo curiosa.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  10. "Aliás, quando ela não está pensando no Seth, respirando pelo Seth, fazendo drama pelo Seth, ou se comportando com uma doida obsessiva pelo Seth, ela é lega" huahauhauhuahauha eu ODEIO, personagem assim. Juro odeio.
    Se você não dissesse que realmente vale a pena provavelmente eu iria desistir da leitura só por causa dessa frase, porque nada nesse mundo me tira mais do sério! Entretanto, pareceu ser realmente bacana... talvez eu goste :D

    Beiijos, Paula
    http://www.interacaoliteraria.com/

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia esse livro
    Mas parece ser bom mesmo

    Já estou seguindo ;)

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi flor!
    Eu adoro bruxos, mas ando numa fase que não consigo me interessar por livros com personagens juvenis, que se apaixonam na escola, e bla bla bla... rsrsrsrs
    Porque muda o cenário, muda o "poder" (bruxo, vampiro, lobo, fada), mas no fundo é sempre igual... As mocinhas são chaaaaataaaasssss hahahahaha E os meninos lindos!
    Adorei a resenha, mas vou dar um tempo dessas histórias! rs
    Beijo

    ResponderExcluir
  13. Oi Ane esse livro parece ser muito legal. Não lembro de ter lido livros de bruxas e esse despertou neu interesse. O único problema é ser uma trilogia, ando fugindo de livros que não são únicos.

    Beijos
    Caline
    mundo-de-papel1.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá Ane, tudo bem?
    Me desculpe a demora rs.
    Sabe que adoro história com bruxas e literatura fantásticas,né?
    Não sabida deste livro... Andei sem acompanhar alguns lançamentos e este talvez tenha passado batido.
    Seth tem que ser o bad boy, livros de receitas haha, quem me dera achar um livro de "receitas" deste kkk.

    Adorei a resenha e quem sabe leia a série... Curiosa agora.
    Beijos.
    Tamires C.
    http://de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Flor!
    Esse livro já está há um tempo na minha lista de desejados.
    Sou mega fã de literatura fantástica.
    Agora a sua resenha me deixou com mais vontade ainda de lê-lo rs
    bom fim de semana pra ti.
    beijos
    http://letrasdanana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. O que me chamou a atenção foi essa capa. É muito linda. Agora fiquei querendo ler, ainda mais por saber que é um livro de bruxas mesmo e não essa imitações que vemos sempre. Que pena que os protagonistas não fizeram jus.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  17. Primeiro vamos a capa que é muito linda! Segundo, parece um história legal apesar da minha xará ser chatinha (que obsessão é essa?) e de ser um pouco clichê. Afinal, se o autor souber trabalhar bem uma história clichê pode ser muito boa!! ^^
    Letras & Versos

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por