Resenha - O Sal da Vida por Françoise Héritier.

17/04/2014

ISBN: 9788565859158
Editora: Valentina
Ano de Lançamento: 2013
Número de páginas: 108
Classificação: Muito Bom
Onde Comprar: Livraria Cultura, Livraria Saraiva, Submarino - Compare os Preços.

Este livro foi enviado como
cortesia para resenha.








Sinopse: Existe uma forma de leveza e de graça no simples fato de existir, que vai além das ocupações, além dos sentimentos poderosos e dos engajamentos políticos. É sobre isso que este livro fala. Sobre esse pequeno plus que nos é dado a todos: “O Sal da Vida”. Nesta meditação, nesta espécie de poema em prosa em homenagem à vida, totalmente íntimo e sensorial, a renomada antropóloga Françoise Héritier vai atrás das pequenas coisas agradáveis (às vezes nem tanto) às quais aspira o mais profundo do nosso ser: as imagens e as emoções, os momentos marcados de recordações que dão sabor à vida, que a tornam mais rica e mais interessante do que muitas vezes acreditamos que ela seja, e que nada nem ninguém poderá nos tirar, nunca, jamais!

Como resenhar um livro em que o personagem principal pode ser qualquer pessoa, até mesmo eu ou um de vocês? Ou mesmo como analisar um enredo que na verdade é uma poesia sobre a vida? Pois é, leitores do My Dear Library essa que vós escreve está com um grande dilema em mãos (...), afinal nada é mais complexo e belo do que a vida.

O Sal da Vida, escrito por Françoise Héritier é mais uma lista de coisas que tornam os nossos dias mais especiais. Essa lista, ou Sal da Vida, como ela mesma chama serve com um leve "puxão de orelhas", pois nos faz perceber quanto tempo roubamos de nós mesmo. Não é um livro de autoajuda, não se preocupem, mas de uma forma muito sutil ele nos chama atenção para o que realmente nos faz, ou do que precisamos para ser feliz.

Por esse motivo essa resenha será um pouco diferente das que vocês estão acostumados a ler aqui no blog.  Pois me senti desafiada e encontrar o meu “Sal da Vida”, e é a minha conclusão que vocês vão conferir a seguir.

Amo todos os momentos que compartilho com a minha mãe, das simples refeições diárias aos passeios de finais de semana.  Adoro a sensação de voltar para casa, pois isso me dá segurança e amo mais ainda a sensação de que por mais difícil que o dia possa ter sido, no fim tudo acabou bem. Amo acordar às sete da manhã e lembrar que é sábado e voltar a dormir.

Odeio rotina, mas gosto de saber que a tenho para me guiar. Gosto de jogar conversa fora com meus amigos, mas também aprecio os momentos de silencio e solidão. Aprendi a lidar e respeitar as minhas próprias contradições, por mais que elas me deixem neurótica e paranoica na maior parte do tempo. Ainda não sei o que quero ser quando crescer, na verdade nem sei se quero crescer. Por isso deixei de me preocupar com decisões definitivas.

Gosto de passar o dia lendo e de me surpreender gostando de um filme que comecei a assistir sem querer. Amo descobrir uma música nova e ouvi-la repetidas vezes até enjoar.  Como também adoro ouvir de repente uma música antiga e lembrar com ela foi especial um dia. Adoro surpreender e ser surpreendida por quem amo.

Amo a sensação que perdi a noção do tempo fazendo algo que gosto. Brincando com o meu cachorro, andando na chuva, ou olhando as estrelas. E mesmo não gostando muito tomar sol, não deixou de achar reconfortante um lindo dia de céu azul. Porém, nada me dá mais a sensação de liberdade do que sentir o vento em meu rosto, e eu amo me sentir livre.

São esses pequenos e simples momentos que tornam meus dias mais leves e que realmente fazem a minha vida valer a pena.

"Eu quis ir atrás da força imperceptível que nos impulsiona e que nos define."

Um leitura que nos faz refletir sobre a importância dos pequenos detalhes em nossas vidas, e que nos deixa com um sorriso tímido ao lembrar que precisamos de na verdade de muito pouco para sermos felizes.

E vocês? O que faz a vida de vocês, valer a pena?

Comentários via Facebook

30 comentários:

  1. gostei muito da sua resenha. confesso que não conhecia esse livro, mas ja estou querendo.
    poxa seria ótima ler ele nesse feriadão q se aproxima ;w;
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  2. adorei a resenha, esse livro é bem o que preciso nesse momento
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oiee, tudo bem?

    Que capa fofa. O livro parece ser mesmo bem interessante. Adoro quando a leitura nos faz viajar. Com certeza já está acrescentado na minha listinha.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resenha Ane. Acredito que a beleza deste livro esteja exatamente na simplicidade de seu enredo. Fiquei interessada e bem curiosa com a leitura. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  5. Oie Ane
    Adorei sua resenha. Ficou tão pessoal, e me deu vontade de conferir o livro.
    Antes não ligava muito pro livro, agora fiquei curiosa.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ane!
    Nossa, amei o texto! Foi uma resenha diferenciada, mas muito bonita e envolvente. Até fiquei com vontade de conferir o livro, pra ter a motivação e refletir sobre tudo isso.
    Mas já posso dizer que acredito que muitos dos momentos únicos do dia-a-dia são aqueles que ficam gravados pra sempre e que temperam a minha existência. =)
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Ane.

    Não conhecia esse livro. Mas muito interessante a análise que você fez a partir da leitura. Pessoal, sincera e singela. :) Parabéns.

    Beijos e boas leituras!
    Amanda,
    Lendo & Comentando
    :)

    ResponderExcluir
  8. Que resenha linda! <3
    Adorei reviver momentos com você e compartilhar de suas ideias e ideais. São nos momentos simples que encontramos inspirações e realização! Que possamos aproveitar momentos assim sempre.

    Por ser um livro que despertou em você essas sensações todas, vai pra minha listinha. ;)

    Beijos,
    Mi
    http://inteiramentediva.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. O Sal da vida parece ser um livro excelente, uma amiga leu em francês (?) se não me engano disse que é muito bom realmente.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog

    ResponderExcluir
  10. Olá Ane :))
    Amei sua resenha, o livro parece ser muito bom, gostei muito do seu blog ---*

    Luucas Santana - A series of Geek
    http://conflitodegaroto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Não sei por que a vibe desse livro me lembrou Ana e o Beijo Francês, mas já adorei pela sua resenha e entrou na minha lista
    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oiie
    Não conhecia o livro e sua resenha me chamou tanta atenção que fiquei curiosa e já o coloquei na lista de desejados
    Otimo feriadão
    Brubs
    contodeumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Gostei muito da postagem. Não leria o livro, mas gostei da forma como ele te tocou e te desafiou. Que lindo você falando da sua mãe. Amei!

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  14. Oi Ane! Vi este livro hoje na livraria, fiquei surpresa por ser tão fininho, mas pelo visto tem um ótimo conteúdo, é diferente de tudo que já li e pela sua resenha eu percebi que quero ler sim, eu acreditava que fosse bem diferente, não algo tão reflexivo.. Uma ótima Páscoa.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  15. Adoro esses livros que não são de autoajuda, mas sempre nos fazem refletir e trazem uma mensagem interessante. Gostei muito da resenha e sou curiosíssima pra ler esse livro da Valentina.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Que linda a "resenha"! Muito bom parar para pensar nessas coisas, que as vezes passam tão desapercebidas! Adorei!

    Muito legal o blog, já estou seguindo no face para não perder nada!
    Abraços
    Isadora

    http://novoromance.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá.
    Ain que sofrível (?), muito lindo esse post Ane <3 Não sabia que esse livro era assim, achei bem interessante. Espero poder ler :)

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  18. Olá,

    Não conhecia o livro ainda e também não conhecia essa editora Valentina.

    A premissa do livro é bem interessante, mas só leria, se tivesse a oportunidade, não é um livro que eu compraria.

    Marcelo ~ Enquanto Estava Lendo

    ResponderExcluir
  19. Me pareceu um bom livro, reflexivo.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi!
    Estou passando aqui para divulgar meu novo blog literário:

    www.livreeespontanealeitura.blogspot.com


    Espero que goste!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Olá Ane!
    Que lindo, venho aqui com mega saudades de suas resenhas e ainda me surpreendo com uma diferente, ficou demais!
    Também adoro me sentir livre, não sou fã de sou, mas o céu azul é lindo, prefiro céu com estrelas, adoro surpresas, jogar conversas fora, passar tempo com família, amigos, brincar com os bichinhos aqui de casa, viajar, adoro ser eu...

    Beijos!
    De tudo um pouco da Thá

    ResponderExcluir
  22. Oi Ariane!! Primeiro tenho que dizer que amei o seu blog! Ele é muito lindo e já estou seguindo! Segundo, amei sua resenha! Me identifiquei muito com o livro e concordo que as vezes deixamos detalhes importantes nos escapar! Gosto de ler livros assim de vez em quando! Esse já vai para a minha lista no Skoob!!

    Beijinhos
    Mirelle - meumundoemtonspasteis.com

    ResponderExcluir
  23. Esse é um livro pra acompanhar em doses pequenas e diárias. Ler tudo numa paulada só é cansativo demais. Mas é bom pra ter na estante e namorar de vez em quando. :)

    BJs,

    Raquel
    www.pipocamusical.com.br

    ResponderExcluir
  24. Oi Ane,
    Nunca tinha lido uma resenha desse livro, mas achei interessante sua proposta e espero no futuro ter uma oportunidade de lê-lo.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Ariane! Muito legal sua resenha e a opinião me conquistou. Entrou para minha lista de querências.
    Bjs, leemporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Oi.

    Já vi este livro por ai, mas é a primeira vez que vejo algo mais a fundo dele e me interessei bastante e quero ler.
    Porque livros que nos faz pensar sobre a vida são os que mais gosto.

    Beijos da Fê!
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  27. Oi Ane, acredito que esse livro seja uma leitura encantadora, e que com certeza nos fará refletir sobre muitos pontos em nossa vida. Por mais simples que possa parecer, amo poder chegar em casa e encontrar meus dois gatinhos lindos e poder fazer um carinh, deitar junto e senti-los perto de mim, amo ler meus livros e poder passar momentos com quem realmente vale a pena.
    Adorei a postagem...

    Beijos!!!

    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. Oi Ane =)

    Amei a resenha! Afinal a vida é realmente feita de momentos tão singelos e especiais, que a torna única e tão difícil de expressar com palavras. Acho que você conseguiu traduzir bem o que o livro pode nos proporcionar. Com certeza vou ler, sei que vou gostar!

    Beijos,
    Livy
    No Mundo dos Livros

    ResponderExcluir
  29. Oi Ane!
    Tudo bem?
    Agora quem ficou parado, refletindo sobre minha vida fui eu. Hehe
    Esse livro parece ser muito bom. Não imaginava que pudesse gostar dele e nem havia me interessado muito. Mas após ler sua resenha, pressinto que seja uma leitura muito boa.
    Eu acho que, no momento, estou precisando de leituras assim.
    Adorei saber sua opinião. (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  30. Amei a ideia geral do livro e achei mto bacana, eu curto mto esses livros que dão 'um puxão' nas nossas vidas.

    Andy_Mon Petit Poison
    POISON BOOKS - As Herdeiras (Joanna Philbin) bit.ly/1mKkJFo

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por