O Acordo por Elle Kennedy.

16/05/2016

| Arquivado em: RESENHAS.

*Este livro foi recebido como
prova antecipada para resenha.
ISBN: 9788584390274
Editora: Paralela
Ano de Lançamento: 2016
Número de páginas: 360
Classificação: Muito Bom
Sinopse: Amores Improváveis – Livro 01.Hannah Wells finalmente encontrou alguém que a interessasse. Mas, embora seja autoconfiante em vários outros aspectos da vida, carrega nas costas uma bagagem e tanto quando o assunto é sexo e sedução. Não vai ter jeito: ela vai ter que sair da zona de conforto Mesmo que isso signifique dar aulas particulares para o infantil, irritante e convencido capitão do time de hóquei, em troca de um encontro de mentirinha. Tudo o que Garrett Graham quer é se formar para poder jogar hóquei profissional. Mas suas notas cada vez mais baixas estão ameaçando arruinar tudo aquilo pelo qual tanto se dedicou. Se ajudar uma garota linda e sarcástica a fazer ciúmes em outro cara puder garantir sua vaga no time, ele topa. Mas o que era apenas uma troca de favores entre dois opostos acaba se tornando uma amizade inesperada. Até que um beijo faz com que Hannah e Garret precisem repensar os termos de seu acordo.

Tem momentos em nossa vida de leitor que tudo o que queremos é uma leitura leve, daquelas que aqueça nosso coração e ainda deixe um sorriso bobo em nosso rosto. O Acordo de Elle Kennedy é bem esse tipo de leitura. Clichê do começo ao fim, mas nem por isso menos envolvente e apaixonante.

Hannah Wells está completamente caidinha por Justin, um lindo rapaz do time de futebol da faculdade. Porém Justin, nem sabe que ela existe e Hannah é insegura demais em assuntos referentes ao coração para se aproximar do moço. Mas a “solução” para os seus problemas está prestes a surgir de uma forma um tanto inusitada. Desesperado para recuperar sua média e não ser afastado do time de hóquei do qual é capitão, o convencido e irritante Garrett Graham propõem a Hannah um acordo. Ela o ajuda a melhorar suas notas e em troca Garrett a leva para um encontro de mentirinha, que tem como único propósito fazer com que Justin finalmente note a existência dela.

Porém o que começa com uma simples troca de favores, e de fardas por assim dizer logo se torna uma amizade daquelas inimagináveis. Afinal é só olhar para Hannah e Garrett para perceber que eles não têm nada em comum, não é mesmo? Só que onde há fumaça, há fogo e um beijo nada inocente, pode provar aos dois que eles são mais compatíveis do que eles pensam ser.

Se você está pensando: “Já li isso antes”, não está enganado. O Acordo é aquele típico livro que você começa sabendo como vai terminar, e que durante a leitura vai te levar a relembrar inúmeras histórias “parecidas”.  Mas isso não faz com que sua narrativa seja menos agradável. Na verdade acredito que o que torna o livro da Elle Kennedy, tão gostoso de ler é justamente a sua previsibilidade.

O relacionamento de Hannah e Garrett começar da forma menos “tradicional” possível e no melhor estilo cão e gato, ou melhor, dizendo gata. É tudo tão “sessão da tarde” que é impossível você não se divertir com as discussões bobas dos dois, até por que você sabe muito bem como elas vão terminar. Além disso, Elle Kennedy construiu uma trama em que os personagens se revelam aos poucos e com isso vamos conhecendo eles, ao mesmo tempo em que Hannah e Garrett  se conhecem melhor.

Ambos possuem um passado cheio de dor e péssimas lembranças, e ver o modo como que cada um revela isso ao outro é lindo. Só que não vou negar que em muitos momentos achei as atitudes tanto da Hannah como de Garrett extremamente infantis, principalmente no começo do livro. Garrett é tão convencido e cheio de si, que chega a dar nos nervos. Já a Hannah parece ser aquela típica “menininha boba”, apaixonada por um príncipe. Só que conforme a leitura avança vamos percebendo que eles não nada disso, mas admito que no começo  as “birrinhas” deles são bem irritantes.

Outro ponto interessante do enredo é a forma como  a autora trabalhou os personagens secundários e equilibrou a narrativa. Elle Kennedy soube apresentar uma trama cheia de sensualidade, com momentos divertidos e assuntos sérios sem nunca deixar a narrativa perder o ritmo ou se tornar monótona.  E isso faz como que O Acordo, apesar de parecer meio que o mais do mesmo que já estamos acostumados a ler por ai, seja um livro único daqueles que conquista nosso coração, antes mesmo da gente se dar conta disso.

“ – Parabéns, você é mesmo um psicopata.
– Não, só sou meticuloso. Gosto de conhecer meu adversário.”

Perfeito para quem busca histórias leves com um toque de romance avassalador e drama, O Acordo é uma leitura rápida que mesmo sendo previsível é viciante. Dificilmente você vai pensar em fazer outra coisa depois de começar a ler esse livro.  Recomendo!

*O Acordo é o primeiro livro da série e chega as livrarias no dia 25 de maio.

Comentários via Facebook

14 comentários:

  1. Oii Ane, tudo bom?
    Já li O Acordo e, apesar do inúmeros elogios a obra (e foi justamente por causa dele que resolvi lê-lo memso com essa sinopse super clihcê) e devo admitir que não consegui ver nada de diferente na obra de várias outras. Talvez minhas expectativas tenham sido muito elevadas? Mas, para mim, foi apenas mais do mesmo :/
    Resenha Atual
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?
    Eu não conhecia o livro, mas apesar de ser clichê, eu daria uma chance para o mesmo.
    Pretendo entrar numa fase de leituras leves e "O Acordo" se encaixa perfeitamente neste quesito.

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Ane!

    Eu já estava preparada para ler em inglês, fiquei mega feliz quando soube do lançamento! Falam super bem do livro, vou ler com certeza!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resenha Ane. Parece ser um romance encantador, apesar do velho e bom clichê. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  5. Oi! Tudo bem contigo, moça?

    Que resenha mais gostosinha de ler! De fato, enquanto lia a sinopse do livro, já tinha pensado que seria mais do mesmo e algo monótono. Fico feliz que tenha me enganado! Seus comentários positivos e animadores a respeito da trama me deixaram tentada a adquirir um exemplar. Só não curti nem um pouco a capa; acho que podiam ter feito um trabalho melhor.

    Um beijo,
    Blog Doce Sabor dos Livros | Página no Facebook | Twitter |
    docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Adoooro este tipo de leitura e ainda não conhecia este livro, dica anotadíssima!
    É bem como vc falou, as vezes, livros levez e despretensiosos são uma delicia de ser lidos, eu por exemplo sempre os escolho quando estou em uma ressaca literária.
    Beijinhos,
    Alice
    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderExcluir
  7. MEU DEUS! JÁ QUERO.

    Eu amo livros nesse estilo e mesmo já tendo lido vários com essas mesmas características eu acho que cada um tem um detalhe que faz ser diferente dos outros, sabe? Então eu não ligo muito quando é um "mais do mesmo". HAHA

    E pela resenha eu acho que vou gostar bastante da história. Achei a capa muito bonita e tô curiosa para ver como essa amizade vai surgir. hehe

    Beijos!
    http://www.prateleiracolorida.com.br/

    ResponderExcluir
  8. oi ane, esse livro esta sendo uma surpresa, pra todo lado leio ótimas resenhas dele que só afloram o meu desejo de ter logo um exemplar pra chamar de meu rsrsrs
    amo tramas leves
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, Ane.
    Eu pensei que já isso esse livro antes hehe. Mas eu particularmente gosto de livros assim, que já sei como vai terminar, principalmente quando quero um livro mais leve para divertir mesmo. Não sei se lerie tão já, mas é um livro que leria sim.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Oi Ane! Eu fiquei gamada neste livro, tomara que a Editora traga os demais da série logo, quero ver como o amigo do Graham vai superar a paixão pela Hannah.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  11. Oi Ane!
    É bem isso: às vezes tudo que se quer é uma leitura leve.
    Normalmente eu fujo de clichês, mas costumo dizer que não acho o clichê em si um problema. O problema é o autor não saber o que fazer com ele. Quando bem manipulado, funciona e parece que esse foi exatamente o caso. Tomara que os outros livros da série também valham a pena.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Ooi! Nossa, esse livro parece ser tão a minha cara que eu não vejo a hora de ler. Acho que segunda resenha dele que leio e estou meio convencida de que vou curtir *-*
    Beijos
    Estilhaçando Livros
    Conheça o novo Cantar em Verso

    ResponderExcluir
  13. Nossa, que tudo!!! Não há nada de errado com um bom clichê de vez em quando. Se eu pudesse, leria agora mesmo, hehe. Adorei!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  14. Oi, oi Ane!
    Não conhecia o livro, mas gosto de narrativas leves, vou anotar a indicação!
    Beijos!
    Borboletas de Papel | Fanpage

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por