Sponsor

Mostrando postagens com marcador A Feiticeira do Inverno. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador A Feiticeira do Inverno. Mostrar todas as postagens
fevereiro 27, 2017

A Feiticeira do Inverno por Paula Brackston

| Arquivado em: RESENHAS.

Este livro foi recebido como
cortesia para resenha.
ISBN: 9788528620719
Editora: Bertrand Brasil
Ano de Lançamento: 2016
Número de páginas: 322
Classificação: Ótimo
Sinopse: Na cidade galesa do início do século XIX, não há ninguém como Morgana. Embora seu raciocínio seja afiado, ela não fala desde que era menina. Seu silêncio é um mistério, assim como seus dons mágicos e a má sorte que bate à porta dos que lhe fazem mal. Preocupada com a segurança da filha, sua mãe não vê a hora de casar Morgana, e o tropeiro Cai Jenkins, parece a melhor escolha. Após o casamento, ela logo se apaixona pela fazenda de Cai e as montanhas selvagens que a rodeiam. Suas estranhas habilidades começam a ser notadas na aldeia. Uma força maligna está agindo no local — uma pessoa que não sossegará até fazer com que todos se virem contra Morgana, mesmo à custa daqueles mais próximos a ela. Forçada a proteger sua casa, seu homem e a si de todo o mal que se possa imaginar, Morgana deve aprender a controlar o próprio poder... ou acabará perdendo tudo.

Não é segredo que histórias que tem magia como plano de fundo sempre despertam minha curiosidade. Por esse motivo assim que li a sinopse de A Feiticeira do Inverno da autora Paula Brackston, quis ler o livro imediatamente. E apesar de uns por menores que em minha opinião foram “desnecessários” na narrativa, a história que encontramos aqui é sem sombra de dúvidas leve e encantadora.

Desde que seu pai partiu sem se despedir Morgana vive em silêncio. Ela mora com a mãe em um pequeno vilarejo e mesmo sem dizer uma única palavra é inegável que a jovem possui um raciocínio rápido e uma curiosidade que faz dela uma leitora voraz. Porém, o que preocupa a mãe de Morgana é o sangue mágico da filha. Por anos Mair fez de tudo para proteger a jovem, mas ela sabe que não conseguirá manter Morgana em segurança para sempre.

Logo a melhor opção para proteger Morgana é casa-la com o jovem e viúvo fazendeiro, Cai Jenkins. Mesmo com o coração partido de ter que deixar a mãe e o lugar que conheceu a vida toda, Morgana aceita o seu destino e parte para a distante Ffynnon Las ao lado de seu marido. Ao chegar à fazenda ela se apaixona por suas montanhas e pela beleza selvagem do local. Morgana sente que pode ser feliz ali, mas o que ela nunca podia imaginar é que um inimigo sombrio disposto a destruir seu novo lar estava à espreita.

Quando o inverno se torna cada vez mais rígido e um doença misteriosa leva vidas e mais vidas do vilarejo, todos passam a acreditar que Morgana é a causa de todo o mal. Ela agora mais do que nunca, vai precisar ser forte para proteger seu marido, seu lar e a si mesma. Morgana terá que usar todo o seu poder para derrotar a criatura e libertar todos da maldição, ou perderá tudo que aprendeu a amar.

A Feiticeira do Inverno possui uma narrativa delicada que aos poucos, vai nos envolvendo em sua trama. Paula Brackston nos apresenta um romance terno, impregnado de magia e personagens cativantes. Gostei do ritmo que autora deu a história, pois apesar de não contar com grandes momentos de ação, a maneira como às coisas vão acontecendo desperta nossa curiosidade a cada capítulo.

Paula Brackston escreveu uma história que nos conquista por sua simplicidade. O modo como o relacionamento de Morgana e Cai evolui é doce e singelo, apesar de todos os obstáculos e perigos que eles enfrentam. Eles formam aquele casal pelo qual ficamos na torcida desde o primeiro instante, e é lindo ver como o amor entre eles surge de forma natural, sem grandes rompantes de paixão instantânea.

Outro ponto é que os personagens secundários desempenham um papel importante no desenvolvimento da história, tornando a narrativa ainda mais rica. Gostei muito da Sra. Jones, a governanta de Cai, do mesmo modo que senti uma raiva profunda de outros personagens. O que de fato que realmente me incomodou um pouco aqui foi a sensação que tive que a autora se estendeu muito na hora de conclusão.

“Ane, você sempre reclama quando o autor não escreve páginas a mais.” Sim, eu sei que essa é uma reclamação quase constante minha, porém gosto de autores que não pecam nem pela falta e nem pelo excesso. Em minha opinião a autora meio que perdeu o time na hora de finalizar a trama, inserindo detalhes “fantasiosos” demais que em um livro da fantasia juvenil como Harry Potter ou Percy Jackson ficam bons, mas que aqui soaram forçados. Não que isso tire o brilho da história, mas é que simplesmente não combinou, - infelizmente (...).

“As pessoas têm medo do que não entendem e esse medo pode torná-las cruéis.”

A Feiticeira do Inverno foi um livro que me fez virar a noite lendo, e que me muitos momentos me deixou com um sorriso bobo no rosto e o coração quentinho. Paula Brackston pode até ter “exagerado” em algumas partes, mas isso são somente pequenos detalhes de uma história belíssima, em que a verdadeira força magia está no amor. Recomendo!

Instagram

© 2010 - 2021 Blog My Dear Library | Ariane Gisele Reis • Livros, Música, Arte, Poesias e Sonhos. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in