Sponsor

Mostrando postagens com marcador Ann Brashares. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Ann Brashares. Mostrar todas as postagens
janeiro 17, 2018

Tudo Junto e Misturado por Ann Brashares

| Arquivado em: RESENHAS.

Este livro foi recebido como
cortesia para resenha.
ISBN: 9788555340505
Editora: Seguinte
Ano de Lançamento: 2017
Número de páginas: 336
Classificação: Muito Bom
Sinopse: Sasha e Ray sempre passam o verão na velha casa de férias da família. Desde pequenos, os dois dividiram muitas coisas — leram os mesmos livros, correram pela mesma praia, comeram pêssegos colhidos na mesma fazenda, tomaram café da manhã sentados à mesma mesa. Até dormiram na mesma cama, mas nunca ao mesmo tempo. Afinal, eles jamais se encontraram. O pai de Sasha um dia foi casado com a mãe de Ray, e juntos tiveram três filhas: Emma, Quinn e Mattie. Mas o casamento acabou, deixando para trás apenas rancor e ressentimentos. Os dois casaram de novo e formaram novas famílias, mas nenhuma delas pretende desistir da casa de praia, muito menos compartilhá-la. Até este verão. As vidas de Sasha e Ray estão prestes a se cruzar — e, com tudo junto e misturado, as famílias vão mudar para sempre.

Ao iniciar a leitura de Tudo Junto e Misturado da autora Ann Brashares, essa que vos escreve não tinha a menor ideia do que ia encontrar. Porém, logo nas primeiras páginas já percebi que em minhas mãos uma história de uma beleza complexa e ao mesmo tempo singela, assim como são nossos relações com as pessoas que amamos.

Ray e Sasha desde pequenos dividem muitas coisas. O quarto de na velha casa de verão da família, os livros, o trabalho e as três irmãs mais velhas, frutos do primeiro casamento da mãe de Ray, Lila com o pai de Sasha, Robert. Porém apesar de dividirem tantas coisas, o dois nunca se encontrado pessoalmente. Afinal o fim do relacionamento antigo deixou uma sombra de ressentimentos e magoas que tornou qualquer proximidade entre as duas famílias impossível. Só que de algum modo Sasha sente que ninguém a conhece tão bem como Ray. E Ray por sua vez também sente essa estranha conexão com Sasha. 

Por anos Emma, Quinn e Mattie conseguiram se dividir entre as duas famílias, em uma espécie de vida dupla em que ao invés de dividir buscavam somar para os dois lados. Mas nesse verão as coisas estão diferentes obrigando a todos a ceder e conviver juntos mesmo que seja uma trégua temporária. Quando segredos do passado até então enterrados surgem na superfície e uma tragédia abala a todos, os caminhos de Sasha e Ray finalmente se cruzam. Mas será que Lila e Robert estão dispostos a deixar o rancor de lado pela felicidade dos filhos?

Tudo Junto e Misturado, possui uma narrativa simples e fluida que assim como o próprio título diz nos apresenta uma miscelânea de pontos de vistas, pensamentos e emoções diferentes. A princípio achei que Ann Brashares ia intercalar a narrativa entre a Sasha e o Ray, mas embora o começo possa parecer "confuso", gostei do fato da autora ter dado voz a todos os personagens na construção da narrativa. Isso não somente os deixaram mais reais durante a leitura, como também ajudou a torná-los mais próximos de mim.

E que fique claro que essa não é a história de amor entre a Sasha e o Ray, pois apesar do romance entre eles estar presente de uma forma sutil, o foco aqui é as relações familiares. Ann Brashares foi de uma sensibilidade enorme ao apresentar duas famílias tão desajustadas que precisavam desesperadamente de amor e perdão.

Em vários momentos senti raiva da Lila e do Robert por serem pessoas tão egoístas e mesquinhas, ambos tão apegados as suas dores que não conseguiam enxergar a dor alheia.  Era triste e doloroso perceber como tudo podia ser diferente se alguém cedesse nem que fosse um pouco.

A complexidade, assim como todo o ressentimento existente no relacionamento dos dois permeia toda a narrativa de modo que é visível que a divisão entre as famílias ajudou a formar o caráter e as inseguranças dos filhos do casal. Tudo Junto e Misturado é um lembrete a todos que relacionamentos nem sempre são eternos, mas o modo como lidamos com o fim deles afeta não somente a nós, me sim todos em nossa volta.

Posso até não ter me emocionado ao ponto de derramar lágrimas pela obra. Até por que, apesar de toda a sua beleza a narrativa de Tudo Junto e Misturado ainda sim peca por sua superficialidade e previsibilidade em alguns momentos. Só que ainda sim, essa foi uma leitura que me levou a refletir sobre o verdadeiro papel da família em minha vida. Além de claro ser um lembrete de como os relacionamentos e a vida são frágeis.

“É uma coisa muito triste da natureza humana. Passamos muito mais tempo pensando no que não temos ou no que perdemos do que pensando no que temos.”

Com uma narrativa despretensiosa, Tudo Junto e Misturado nos mostra a beleza e a fragilidade das relações humanas. Ann Brashares apresenta muito mais do que um romance leve, mas a cada capitulo nos lembra da importância de esquecer as magoas do passado, perdoar e seguir em frente.

Instagram

© 2010 - 2021 Blog My Dear Library | Ariane Gisele Reis • Livros, Música, Arte, Poesias e Sonhos. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in