Sponsor

Mostrando postagens com marcador Benjamin Alire Sáenz. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Benjamin Alire Sáenz. Mostrar todas as postagens
julho 03, 2014

Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo por Benjamin Alire Sáenz

ISBN: 9788565765350
Editora: Seguinte
Ano de Lançamento: 2014
Número de páginas: 392
Classificação:
Este livro foi enviado como
cortesia para resenha.







Sinopse: Dante sabe nadar. Ari não. Dante é articulado e confiante. Ari tem dificuldade com as palavras e duvida de si mesmo. Dante é apaixonado por poesia e arte. Ari se perde em pensamentos sobre seu irmão mais velho, que está na prisão. Um garoto como Dante, com um jeito tão único de ver o mundo, deveria ser a última pessoa capaz de romper as barreiras que Ari construiu em volta de si. Mas quando os dois se conhecem, logo surge uma forte ligação. Eles compartilham livros, pensamentos, sonhos, risadas - e começam a redefinir seus próprios mundos. Assim, descobrem que o amor e a amizade talvez sejam a chave para desvendar os segredos do Universo.

Confesso que comecei a leitura de Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo em um misto de curiosidade, mas sem criar muitas expectativas. Porém, ao final me vi com lágrimas nos olhos e completamente apaixonada pela a história e por seus personagens. Esse livro me emocionou de tal forma, que posso garantir a vocês que sem sombra de dúvidas, ele foi uma das minhas melhores leituras desse ano.

A história se passa em El Paso no Texas e nos leva ao final da década de 80, uma época em que algumas regras eram bem mais rígidas, em especial quando o assunto era a educação dos filhos. Aristóteles Mendoza é um adolescente de 15 anos que sempre se sentiu diferente. Aparentemente Ari é um daqueles jovens que gosta de passar seu tempo sozinho e se incomoda um pouco com o excesso de preocupação de seus pais.  A família de Ari é um tanto complicada. Seu pai é um homem recluso que enfrenta os fantasmas da guerra do Vietnã , seu irmão mais velho, Bernardo está preso e todos de sua família agem como se ele estivesse morto. Mas para Ari, todos esses “segredos” em sua vida são um grande problema, que fazem com que ele se sinta a cada dia mais confuso e isolado de todos. 

Certo dia enquanto estava na piscina do Memorial Park, Ari conhece Dante Quintana e de uma maneira um tanto inusitada, acaba aceitando a ajuda de Dante para aprender a nadar. Dante ao contrário de Ari é extrovertido e sua família não costuma guardar segredos e nem seus sentimentos. Mas apesar de parecer que uma amizade entre dois garotos tão diferentes entre si seria possível, eles tornam-se amigos inseparáveis. Com o tempo Dante acaba se habituando ao jeito mais fechado de Ari, do mesmo modo que Ari se acostuma com temperamento mais emotivo de Dante. Juntos eles descobrem que alguns segredos do universo não são assim, - tão inescrutáveis.

Não sei dizer ao certo em que momento eu me apaixonei pela a história. Mas quando um autor consegue trabalhar temas e personagens complexos com delicadeza, ele sempre acaba me conquistando. A narrativa de Benjamin Alire Sáenz é singela, porém de uma sensibilidade tão grande que fez com que eu me sentisse parte da história. Rico em diálogos inteligentes e mesclando com perfeição momentos leves e divertidos com situações mais dramáticas, Sáenz criou uma história que me deixava com um sorriso no rosto e ao mesmo tempo com o coração apertado.

Talvez o que mais me encantou aqui foi à maneira com o autor estruturou as famílias. De um lado temos uma família marcada por grandes tragédias e que ainda está buscando uma forma de lidar com elas. Já do outro lado isso não existe, o que torna perceptível que direta ou indiretamente acabamos sempre sendo um reflexo do ambiente familiar em fomos criados. De algum modo o autor nos leva e entender melhor, algumas atitudes que nossos pais tomam quando somos jovens demais para saber como a loucura da vida funciona.  Se é que depois de adultos conseguimos entender.

Benjamin Alire Sáenz escreveu uma obra que aborda temas que ainda são complexos em nossa sociedade e nos faz rever nossos “pré-conceitos” de uma maneira muito real, dolorosa e doce ao mesmo tempo.  Foram inúmeros momentos em que eu senti toda angustia e a revolta do Ari, por viver em uma casa tão cheia de segredos e de não saber ao certo quem era e quem deveria ser. E em outras ocasiões fiquei comovida com a maneira tão bela e sensível com que o Dante via a vida. Sofri e chorei, ri e me emocionei com esses dois garotos tão diferentes e parecidos que acabaram conquistaram um lugar especial em meu coração.

“Fiquei pensando que poemas são como pessoas. Algumas pessoas você entende de primeira. Outras você simplesmente não entende… e nunca entenderá.”

Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo, possui um enredo envolvente que nos leva em uma viagem ao nosso pequeno universo particular. Que independente da idade que temos sempre é cheio de incertezas, medos, alegrias e sonhos que queremos realizar. Obrigada Benjamin Alire Sáenz, por me presentear com essa lindíssima obra ().

Instagram

© 2010 - 2021 Blog My Dear Library | Ariane Gisele Reis • Livros, Música, Arte, Poesias e Sonhos. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in