Sponsor

Mostrando postagens com marcador Confissões de um Leitor. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Confissões de um Leitor. Mostrar todas as postagens
junho 23, 2015

TAG: Confissões de um Leitor

| Arquivado em: Café Literário.


Olá leitores =)

Fui convidada pela fofa da Livy do No Mundo dos Livros, para participar da TAG: Confissões de um Leitor lá no Instagram (segue ai).  Mas, como a confissão é meio longa, e essa que vos escreve tem o péssimo habito de ser antissocial e não participar muito desse tipo de brincadeira, eu achei legal compartilhar ela com vocês aqui no blog.

Preparados, para conhecerem meus segredos literários? Confiram ai !

imagem: Ariane Reis.
Eu adoro cheiro de livro velho. Sério, não ligo de ficar dias com a minha rinite atacada, por que nada se compara ao cheiro de livro velho. Sabe aqueles que têm as folhas bem amareladas por causa do tempo? São os meus favoritos!

 Minha felicidade quando visito Bibliotecas Publicas é ver que um livro que eu já li e gostei muito meio “surradinho”. Sei que isso pode parecer estranho, mas na verdade isso me passa a sensação que ele foi lido várias vezes.  E uma das coisas que me deixa super feliz é ver as pessoas lendo os mesmos livros que eu li.

 Não sofro de apego literário. Se li e não curti muito a história doou ou troco o livro em um Sebo. Gosto de ter na minha estante apenas os livros que li e gostei.  Claro que tenho muitos livros não lidos, mas são somente aqueles quero MUITO ler.

 Acho um verdadeiro desperdício de dinheiro comprar o mesmo livro só por que a capa mudou. Tipo a história, que é o que realmente interessa em minha humilde opinião é a mesma. Ok! Quer comprar a edição nova por que a capa é mais bonita, sem problemas. Mas por que não doar a edição antiga então? Sinceramente não entendo esse povo que tem o mesmo livro na versão em inglês, alemão, italiana, capa branca, capa amarela e por ai vai (...).

 Amo Sebos! Passo horas passeando entre as estantes.

 Não tenho problemas com folhas brancas e com edições econômicas. O que realmente importa no meu caso é a história, então não ligo muito para a cor da folha ou se o livro tem ou não orelha.

 Leio tudo! Até bula de remédio e depois fico paranoica achando que vou fazer parte daquele 00001% da população que sofre os efeitos colaterais raros.

 Não consigo ler mais de um livro ao mesmo tempo. Gosto de me focar em uma história por vez.

 Eu sempre leio o ultimo parágrafo do livro. Sempre! Sei que é loucura, mas bem eu não tenho problemas com spoilers.

 Empresto meus livros apenas para pessoas que sei que vão cuidar deles da mesma forma como eu cuido deles. Ou seja, com muito amor.

 Não tenho problema de ler com barulho. Na verdade a única coisa que tira a minha concentração é se alguém começar a falar comigo.

 Não suporto triângulos amorosos.

 E estou cansada de tudo ser série hoje em dia. Cadê os livros únicos meu povo?

 Sou viciada em portais de noticia. Sigo desde o Estadão a CNN. E a parte boa se ser Analista de Comunicação é que minha profissão exige que eu leia muito =D.

 Se eu ler uma história que me impactou muito antes de dormir, com certeza vou sonhar com ela.

 Não leio o gênero de Terror por que sou medrosa.

 Gosto da facilidade que os e-books trouxeram, mas meu verdadeiro amor sempre será os livros de papel.

 Tenho birra com livros da “modinha”, por isso sempre espero a euforia baixar para ler eles.

 Enquanto leio fico imaginando a voz dos personagens.

 Amo dar e ganhar livros de presente.

E é isso pessoal! Espero que vocês tenham gostado de descobrir alguns dos meus segredinhos . E claro, que se sintam inspirados a compartilhar os seus =D.

Beijos e até o próximo post!

Instagram

© 2010 - 2021 Blog My Dear Library | Ariane Gisele Reis • Livros, Música, Arte, Poesias e Sonhos. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in