Mostrando postagens com marcador Os Vingadores. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Os Vingadores. Mostrar todas as postagens
09/05/2016

Capitão América: Guerra Civil

| Arquivado em: FILMES.

Olá leitores, tudo bem com vocês?

Quem acompanha o blog há mais tempo, sabe o quanto sou fã da Marvel. Por esse motivo, sempre fico na maior expectativa quando o estúdio lança um novo filme ou série. E esse ano um dos lançamentos mais esperados por mim era o filme, Capitão América: Guerra Civil.
imagem: Divulgação.
Vou confessar que sim, - o Capitão América () é o meu herói favorito dentro do Universo da Marvel.  Comecei a me interessar pelo personagem e a gostar dele por causa das referências que são feitas ao personagem em alguns episódios dos desenhos de X-MEN. Ou seja, como vocês podem perceber é um amor antigo. Em Capitão América: Guerra Civil nós temos uma das produções mais maduras da Marvel, porém apesar do tom mais sombrio e sério o filme conta também com momentos leves e engraçados. Afinal, nada como um "alívio cômico" para amenizar a tensão.

imagem: Divulgação.
Sokovia pode ser considerada como um divisor de águas na história de Os Vingadores. Após a batalha com Ultron as opiniões a respeito do grupo de pessoas aprimoradas com habilidades especiais ficam divididas. Para muitos eles são verdadeiros heróis, para outros eles representam um perigo enorme para humanidade. Tento isso em mente, governos de várias nações propõem o Tratado de Sokovia, que tem como objetivo “controlar” a ação dos heróis já que a partir da sua assinatura nenhum deles poderá assumir uma missão sem uma autorização governamental.

imagem: Divulgação.
Tony Stark (Robert Downey, Jr) que já vinha se sentindo um pouco culpado pelos os acontecimentos em Sokovia, desde que foi confrontado por uma mãe que perdeu o filho durante a batalha é a favor do tratado. Porém Steve Rogers (Chris Evans) é contra a decisão de limitar a ação dos Vingadores. Para Steve, cabe a cada um escolher suas próprias batalhas, e principalmente levando em conta o que aconteceu com a S.H.I.E.L.D, o Capitão acredita que toda a organização quanto detém poder demais nas mãos corre o risco de ser corrompida. E é a partir desse impasse que se desenrola todo o conflito de a Guerra Civil.

imagem: Divulgação.
Uma das minhas maiores preocupações em relação a esse filme era como a produção lidaria com tantos heróis. Mas tudo no filme foi pensado com muito cuidado e até mesmo os personagens secundários desempenham um papel importante na trama.  Adorei as participações do Homem-Formiga (Paul Rudd) e do Homem-Aranha (Tom Holland), da mesma forma que fiquei bastante surpresa com o Pantera Negra (Chadwick Boseman). Tipo ele era aquele personagem que não me chamava muita atenção, só que agora depois do filme fiquei bastante curiosa para conhecer melhor a sua história.

imagem: Divulgação.
Outro ponto positivo é que o filme, já começa a dar uma pequena amostra de como é  relação da diva Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen) e do Visão (Paul Bettany) que juntos formam um dos casais mais emblemáticos do quadrinhos. Sempre gostei da Feiticeira Escarlate, mas a atuação da Elizabeth Olsen está tão maravilhosa que posto de rainha da Jean Gray em meu coração, sofreu uma leve "ameaça".

imagem: Divulgação.
Sharon Carter (Emily VanCamp) e Everett Ross (Martin Freeman), mesmo com papeis menores tiveram a sua importância na evolução de todo o enredo do filme. Especialmente no caso da Sharon que em um momento decisivo é uma peça chave. E o mesmo vale para a Viúva Negra (Scarlett Johansson). Tipo, apesar de parecer que ela escolheu um "time", vi ela mais como uma “conciliadora” do que realmente defendo um lado só da história.

imagem: Divulgação.
Já o Falcão (Anthony Mackie) e o Gavião Arqueiro (Jeremy Renner), apesar de serem vistos por alguns com personagens "pequenos", aqui mostraram o porquê merecem fazer parte do time de Os Vingadores. Além disso, nesse filme foi possível também ver o quanto o Falcão é fiel ao Capitão América, pois ele não somente ajuda Steve ir atrás da verdade e com também coloca a própria vida em risco ao defender os ideais do Capitão.

imagem: Divulgação.
Capitão América: Guerra Civil faz com que você não tire os olhos da tela, de tão absorvido que fica com sua história. História essa que também nos mostra que mesmo com todos os erros que cometeu e vidas que tirou Bucky, o Soldado Invernal (Sebastian Stan) foi uma vitima nas mãos da Hidra. E é nesse momento, quando as cartas são postas na mesa por mais que você seja fiel ao Capitão América (como eu e o Falcão), o seu coração vai sentir uma empatia enorme pelo Homem de Ferro.

imagem: Divulgação.
Capitão América: Guerra Civil possui ótimas cenas de luta, mas ao menos para essa que vos escreve o verdadeiro embate foi de argumentos e pontos de vista divergentes. Do tipo que não há lado certo ou errado, e sim cada um defendendo aquilo que julga como verdade para si. No final não existem vitoriosos ou derrotados, apenas sobreviventes.

imagem: Divulgação.
Ficha Técnica:
Capitão América: Guerra Civil
Título Original: Captain America: Civil War
Duração: 2h 28min
Gênero: Ação | Aventura
Direção: Anthony Russo e Joe Russo
Música: Henry Jackman.
Produção: Kevin Feige
Elenco: Chris Evans (Steve Rogers / Capitão América), Robert Downey, Jr.(Tony Stark / Homem de Ferro), Scarlett Johansson (Natasha Romanoff / Viúva Negra), Sebastian Stan (Bucky Barnes / Soldado Invernal), Anthony Mackie (Sam Wilson / Falcão), Don Cheadle (James Rhodes / Máquina de Combate), Jeremy Renner (Clint Barton / Gavião Arqueiro), Chadwick Boseman (T'Challa / Pantera Negra), Paul Bettany (Visão), Elizabeth Olsen (Wanda Maximoff / Feiticeira Escarlate), Paul Rudd (Scott Lang / Homem-Formiga), Emily VanCamp (Sharon Carter / Agente 13), Tom Holland (Peter Parker / Homem-Aranha), Frank Grillo (Brock Rumlow / Ossos Cruzados), William Hurt (General Thadeus "Thunderbolt" Ross), Daniel Brühl (Helmut Zemo), Martin Freeman (Everett Ross).







Sinopse: Capitão América: Guerra Civil encontra Steve Rogers liderando o recém-formado time de Vingadores em seus esforços continuados para proteger a humanidade. Mas, depois que um novo incidente envolvendo os Vingadores resulta num dano colateral, a pressão política se levanta para instaurar um sistema de contagem liderado por um órgão governamental para supervisionar e dirigir a equipe. O novo status que divide os Vingadores, resultando em dois campos: um liderado por Steve Rogers e seu desejo de que os Vingadores permaneçam livres para defender a humanidade sem a interferência do governo; o outro seguindo a surpreendente decisão de Tony Stark em apoio à supervisão e contagem do governo.

Trailer:

Capitão América: Guerra Civil é um filme com um boa carga dramática que consegue ser ao mesmo tempo divertido. Sem sombra de dúvidas uma das melhores produções da Marvel para os cinemas dos ultimos tempos, que agrada tanto quem é fã de longa data dos heróis, como também aqueles que buscam apenas um ótimo filme para assistir. E lembrando que são duas cenas pós-créditos heim ;)

Beijos e até o próximo post;***

Instagram

© 2010 - 2020 Ariane Reis | My Dear Library • Livros, divagações e outras histórias. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in