Resenha - Fale! por Laurie Halse Anderson.

21/09/2013



ISBN: 9788565859073
Editora: Valentina
Ano de Lançamento: 2013
Número de páginas: 248
Classificação: Muito Bom.
Este livro foi enviado como
cortesia para resenha.






Sinopse: “Fale sobre você... Queremos saber o que tem a dizer.” Desde o primeiro momento, quando começou a estudar no colégio Merryweather, Melinda sabia que isso não passava de uma mentira deslavada, uma típica farsa encenada para os calouros. Os poucos amigos que tinha, ela perdeu ou vai perder, acabou isolada e jogada para escanteio. O que não é de admirar, afinal, a garota ligou para a polícia, destruiu a tradicional festinha que os veteranos promovem para comemorar a chegada das férias e, de quebra, mandou vários colegas para a cadeia (...).



Fale! é uma livro denso e bastante profundo em especial para quem já sofreu ou sofre algum tipo de bullying. A forma delicada e tão realista com que a autora escreveu a história faz com que ela seja sufocante e ao mesmo tempo inesquecível. Fale! Não é apenas mais uma história, e sim a história que fará com que você repense a forma com trata e julga as pessoas.

Desde a festa no ultimo verão, Melinda sente-se devastada.  Ela mudou muito e aparentemente ninguém percebeu ou ao menos tentou entender o motivo dessa mudança. Para seus colegas de colégio, ela é apenas a menina que chamou a policia e acabou com a festa. Para seus pais e professores, ela é apenas mais uma adolescente complicada tentando chamar atenção.  Atormentada e completamente sozinha, ela passará por um ano difícil e aprenderá que por mais que doa, muitas vezes precisamos passar por cima de nossos medos e de nossa vergonha e simplesmente, - falar.

Em muitos momentos durante a leitura fui tomada por um sentimento de angústia enorme. Eu não conseguia imaginar como todos em volta de Melinda não viam que ela tinha problemas e pior, que ela estava sofrendo. É inacreditável a ignorância dos pais dela a respeito de sua única filha. Eu me perguntava: “Como vocês não conseguem enxergar o óbvio? Pelo amor de Deus!“ Estava tão claro que ela não estava bem que chegava a ser desesperador ver ela dia após dia tentado se destruir, se isolando cada vez mais por que se sentia culpada. Culpada de algo em que ela foi a maior e única vitima.

Tudo bem que talvez para uma pessoa “de fora” a visão sobre um problema seja mais nítida do que para quem está passando por ela. Porém fatos que ocorreram durante a narrativa me fazem crer que de certa forma todos sabiam que alguma coisa estava errada, mas estavam mais preocupados com as notas de Melinda que a cada boletim decaiam mais, do que tentar ajudá-la realmente. E o que me deixa mais triste, é saber que na vida real as coisas também são assim. Infelizmente (...).

Outro ponto que fez eu me envolver emocionalmente com a história, foi à maneira com a narrativa fluiu. A autora Laurie Halse Anderson não quis de forma alguma escrever uma história “fofinha e perfeitinha”. Ela quis mostrar uma realidade triste, sombria e profundamente perturbada de uma adolescente com sérios problemas emocionais. A maneira como a autora desenvolveu o enredo conseguiu ser tão envolvente, que parecia que era eu que estava passando por todo aquele drama. Foi uma leitura tensa, muito tensa.

Fale! é dramático, comovente, pesado e ao mesmo tempo  ele é uma leitura tão rápida e surpreendente que ao final eu fiquei com aquele gostinho de quero mais. Confesso que ao terminar a leitura eu fiquei um pouco triste, deprimida, aliviada (...) sei lá, não consigo encontrar a palavra certa que defini como me senti e ainda sinto ao ler o ultimo pensamento de Melinda. Pelo visto a autora Laurie Halse Anderson me deixou sem palavras (...). Como ela conseguiu isso?

“As lágrimas derretem o último bloco de gelo entalado na minha garganta. Sinto o silêncio frio se derretendo na minha alma, gotejando fragmentos de gelo que se dissipam numa poça repleta de raios de sol no chão manchado.  As palavras vem  à tona.”

Não espere por uma história bonita típica de contos de fadas, mas sim uma história marcante que fará você refletir e se emocionar. Leiam por que vale muito a pena!

Fale! foi lançando a dez anos e teve sua história adaptada para o cinema (O Silencio de Melinda  - 2004), com a atriz Kristen Stewart como protagonista.

Comentários via Facebook

18 comentários:

  1. Estou louca para ler esse livro. Eu li "Garotas de Vidro" da mesma autora e não gostei muito da narrativa dela, porém a história foi muito boa. Espero que a narrativa da autora neste livro esteja mais rápida.
    leituramagnifica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. cara eu to querendo ver o filme, mas nao sei se vou curtir tanto
    me disseram que o livro é o filme tem umas diferenças
    mas parecem ser bons
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  3. Gostei da resenha Ane. Parece ser um livro bem intenso e que choca. Muitas famílias, infelizmente, acabam não se atentando para graves problemas que ocorrem com os seus membros, e quando percebem, já é tarde demais. Não conhecia o filme e vou procurar para assistir depois, apesar de detestar a atuação da Kristen Stewart...hehe. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  4. Eu acredito que cada vez mais este tema esteja criando verdades e livros a serem explorados e acho isto ótimo. Quando mais denso e mais real for a história mais ainda vai ser tocante.
    Ótima sua resenha.

    Abraços,
    Greice Negrini

    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  5. Eu não conhecia esse livro, mais gostei! Parece ter uma ótima história :)

    Beijos, www.rayramii.com

    ResponderExcluir
  6. Bullying é um tema bastante complicado, principalmente pelo que vemos hoje acontecendo todo tipo de tragédia por causa dela.
    E por isso se faz necessário escrever sobre. Até mesmo o filme é válido, só espero que a Kristen Stewart tenha conseguido passar as mensagens necessárias.

    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  7. Tema forte hein! Infelizmente não tenho vontade de ler esse livro por agora :/ quem sabe no futuro né, pois gostei da sua resenha.

    Beijo

    ResponderExcluir
  8. quando eu vi esse livro confesso não me interessei, não foi algo que me abalou, que me deixou doente pra ler, lendo a resenha eu percebi traços na Melinda que atraem
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Durante anos eu sofri bullying. Há um tempo atrás ninguém considerava isso como algo grave e que merecesse atenção. Eu consegui lhe dar com a situação sem me isolar e sem sequelas do que vivi, mas sei que nem todo mundo consegue passar por isso e deixar pra lá. Livros como esse deveriam ser incentivados nas escolas e debatidos para que servissem como reflexão sobre atitudes e palavras.
    Tenho muita vontade de ler só não sei se estou preparada.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  10. A capa é fofa! Eu nunca (que eu lembre!) sofri bullying, mas o livro deve ser muito interessante!

    www.adolecentro.com

    ResponderExcluir
  11. Tinha uma ideia totalmente errada desse livro. Já li um outro livro da autora o Garotas de Vidro e apesar de ter visto que muita gente não gostou, eu gostei muito . Foi bem isso que você falou desse livro. A história me incomodou e mexeu muito comigo.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  12. Oi Ane! Este livro é sensacional, tivemos praticamente as mesmas sensações, eu não conseguia acreditar no absurdo que era a reação dos pais frente ao problema de Mel, ela estava despencando e ninguém fazia nada. Eu terminei o livro travada, com tantas emoções e depois que vi o filme, eu me senti mais impactada ainda. Muito lindo e muito triste, mas real. Boa semana.
    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  13. Olá querida,vim ver seu texto que perdi e eu adoro eles ^^

    Eu adorei a resenha e tenho que dizer que a capa não me chamou atenção...mas também até agora não tinha lido uma resenha ou sinopse dele,gostei de saber mais do livro e do que se trata porque afinal mês que vem está chegando e tenho que decidir qual mais vai ser adicionado aqui rsrs
    Tem filme? gente tenho que ver ele o/

    Adorei a resenha,parece mesmo que te prendeu tanto que me fez prender a resenha também.

    Beijos
    Tamires C.

    ResponderExcluir
  14. Essa é a segunda resenha que leio sobre esse livro que me deixa com vontade de lê-lo. Digo isso porque, até então, eu sempre lia coisas a seu respeito e sentia que não iria gostar.
    A história parece muito interessante, é diferente dos clichês que estou acostumada a ler, e talvez esse seja o fator que está balanceando minha situação.
    Acho que o único problema que tenho (realmente) com esse livro é a capa T_T

    Beijos,
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  15. Adorei a sua resenham esse é um livro tão completo e complexo. Deveria ser adotado com ctz nas escolas brasileiras.

    ResponderExcluir
  16. Oi Ane! Quanto tempo? rsrs
    Lindo, adorei sua resenha. Já tinha visto alguns comentários sobre o livro nos blogs, mas até então não tinha tido vontade de parar para ler. E agora fiquei morrendo de curiosidade de saber o que aconteceu com a personagem, tanto em relação ao que a deixou assim quanto ao que ela fará depois. Também fiquei curiosa pelo filme. Gosto de histórias que vão além do bonitinho, por mais que doam.

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Não conhecia esse livro
    Mas parece ser muito bom

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oi Ane eu li Garotas de Vidro dessa mesma autora e pela sua resenha percebo que é bem típico dela escrever livros que não são histórias fofinhas e sim histórias bem reais que nos deixam sem palavras e muitas vezes perturbados até. Eu adorei a escrita dela no outro livro, e acho que também irei gostar desse, depois de ler sua resenha tenho mais certeza ainda de que quero e preciso ler esse livro.

    Beijos!!!

    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por