Resenha - As Regras da Sedução por Madeline Hunter.

08/09/2013



ISBN: 9788580411416
Editora: Arqueiro
Ano de Lançamento: 2013
Número de páginas: 272
Classificação: Muito Bom
Este livro foi enviado como
cortesia para resenha.



Sinopse: Rothwell Brothers - Livro 01.
Lorde Hayden Rothwell chega à casa de Alexia Welbourne sem aviso e sem ser convidado – um homem poderoso e sedutor, movido por interesses obscuros. Sua visita anuncia a ruína financeira da família de Alexia e o fim das esperanças da jovem de um dia conseguir um bom casamento. Para se sustentar, a moça recebe a proposta de ser dama de companhia de Lady Henrietta Wallingford e preceptora de sua filha. O problema é que a oferta vem do sobrinho de Henrietta, ninguém menos que lorde Hayden. Morando na casa da tia de Rothwell, Alexia descobre que a proximidade com o homem que destruiu sua família pode ser perigosamente irresistível.



Sabe aquele livro que vai te conquistando aos poucos a cada capítulo? Sabe aquela narrativa que por mais clichê que seja, consegue te surpreender nos momentos certos? E melhor, sabe aqueles típicos personagens irritantes que de tão teimosos conseguem ser apaixonantes? Pois, para minha felicidade As Regras da Sedução tem um pouco de tudo isso, o que faz dele um romance cativante que conseguiu me encantar do começo ao fim da leitura.

A vida não foi muito boa com a jovem Alexia Welbourne. Após o falecimento de seu pai, ela se vê sozinha, sem família, sem dinheiro e “obrigada” a morar de favor na casa de seus primos por lado de mãe, os Longworths. Com as poucas economias vindas dos rendimentos deixados pelo seu pai e sabendo que jamais chamaria a atenção de nenhum bom pretendente, Alexia se apega a segurança do lar que construiu com seus primos. Porém, quando Lorde Hayden Rothwell parece na casa dos Longworths com a notícia que eles estão falidos e irão ter que deixar a bela residência onde vivem em Londres e se mudarem para a modesta propriedade e Oxfordshire, Alexia sabe muito bem o que isso significa. Ela está mais uma vez, sem ter onde morar, sem família e como sobreviver.

No momento em que Alexia analisa desesperadamente as suas oportunidades de sobrevivência, ela recebe uma proposta que pode salvar a sua vida vinda justamente da pessoa que acabou de destrui-la, Lorde Hayden Rothwell.   Hayden oferece a ela o emprego de dama de companhia e preceptora na casa de Lady Henrietta, sua tia. Dividida pela gratidão que tem pelos primos e a mágoa que sente por todo mau que Lorde Rothwell os causou, Alexia se vê obrigada a conviver com a presença constante de Hayden na casa de Lady Henrietta. Mas, até quando ela conseguirá negar a forte atração que sente pelo homem que destruiu a sua vida?

Lorde Hayden Rothwell, guarda muitos segredos, entre eles verdades que deixariam Alexia completamente arrasada, isso se ela acreditasse nele. Acostumado a recorrer à lógica dos números para tudo em sua vida, Hayden não estava preparado para o forte desejo e os sentimentos mais profundos que Alexia despertam nele. No momento em que deixa suas emoções falarem mais altos, ele rompe com todas as regras de comportamento de um cavalheiro e a única alternativa para se redimir desse erro, pode não ser a melhor solução. Ou será que é?

Mesmo com toda a atmosfera de romance e sedução criada pela autora Madeline Hunter, é perceptível que a mesma buscou dar certa profundidade a história. Os personagens passam por diversos conflitos, não apenas na relação um com o outro, mas também por conflitos internos que são mais visíveis em Hayden. Embora para uma mulher na sociedade londrina século XIX as opções para se viver de maneira confortável e “digna” fosse única e exclusivamente o casamento, Alexia consegue pensar em formas de sobreviver que não manchem a sua reputação. Já Hayden tem que conviver com o fato de passar para os outros a imagem que é um "monstro" insensível e sem coração. Tudo isso ao mesmo tempo em que ele tem que cuidar do bem estar da sua família, lidar com o ódio que os Longworths sentem por ele, e claro com os sentimentos confusos da Alexia.

Madeline Hunter conseguiu retratar a realidade da aristocracia inglesa de uma maneira muito delicada, envolvente e ao mesmo tempo dramática. Ao contrário dos personagens que habitualmente estamos acostumados a encontrar nos romances de época, que passam aquela sensação de quase “conto de fadas”, aqui eles são mais maduros e com isso a narrativa tem um toque mais sério e em que apesar do romance não ter sido deixado completamente de lado, ele também não está em primeiro plano. 

Outro ponto que me chamou a atenção nesse primeiro livro da série Rothwell Brothers, foi que mesmo a história tendo com personagem principal o irmão do meio, Hayden a autora consegui dar um destaque aos outros membros da família, como Christian (suspiros) o Marquês de Easterbrook e irmão mais velho e ao fofo do Elliot o mais novo da turma. Confesso que mesmo o Hayden sendo uma graça, eu fiquei completamente apaixonada pelo Christian. Por menor que a participação dele seja aqui, é visível que ele tem uma personalidade enigmática, forte e um tanto excêntrica (novidade). Espero não me decepcionar, quando chegar à vez de conhecer a história dele.

Acredito que para quem esteja buscando um romance “super gracinha” pode acabar ficando um pouco desapontado com a história, mas em minha opinião romances mais “verdadeiros” conseguem ser belíssimos também. Principalmente quando a autora usa os ingredientes certos para escrever uma boa história e, posso garantir que Madeline Hunter acertou aqui. Assim vamos supor que ao final meus olhos marejaram um pouquinho. Mas, só um pouquinho mesmo.

“Hayden deu mais um passo em direção a ela. Alexia não percebera sua aproximação antes, mas ele estava muito perto. Perto demais. Olhou nos olhos dele. Era ela a hipnotizada agora.”

Com uma história marcada por dramas pessoais fortes As Regras da Sedução, conquista leitores ávidos por romances mais realistas que consegue emocionar de forma simples, doce e apaixonante.  Recomendo!




Comentários via Facebook

20 comentários:

  1. Nossa, não vejo melhor maneira (leia-se resenha) para explicar e expressar o livro. Não tive ainda a oportunidade de ler esses novos livros da Arqueiro, mas confesso que curiosidade não me falta!
    Acho interessante esse tipo de romance, mesmo ainda não tendo lido.


    Beijos, Clicando Livros

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem ?
    Hoje tive a oportunidade de conhecer seu blog, imagina em um domingo enquanto preparo nhoque ainda sim estou prestando atenção em blogs de livros.
    O que me prendeu foi a sua resenha super bem escrita detalhando seu ponto de vista do livro "As regras da sedução", esse livro me chama atenção e também me deixa com um pé atrás por ser histórico que normalmente não me prende até o final.
    Vou precisar dar uma conferida depois dessa sua resenha porque nunca nego um bom romance com clichês ;DDD
    AHHH! Eu li "Tesouro e Sedução" de J.R WARD nessa última semana e deixo aqui um recadinho que ele tem personagens muito teimosos que ao mesmo tempo te prendem no livro ;D

    http://romances-para-te-fazer-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Ane! Eu amei este livro, das três sagas que a editora lançou é a mais séria e madura. Eu fiquei apaixonada pelos irmãos, e Hayden mesmo me deixando nervosa por não contar a verdade para Alexia, provou ser muito honrado. E aquele segredinho que é revelado quase no final, gente, quem diria. Boa semana.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Eu vi esse livro ontem na bienal, depois de ler sua resenha me arrependi de não ter comprado ele :(

    bjs

    http://www.letrasdanana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Romances de época são leituras que me agradam muito, estou curiosa para conhecer a história da Alexia e do Hayden... mas principalmente para conhecer Christian, afinal depois de tantos elogios, deve valer muito conhecê-lo! hehe
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela resenha Ane! Estou ansiosa para ler As Regras da Sedução! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  7. Eu amei a capa desse livro. No momento não é minha prioridade de leitura, mas me interessei por ele e vou querer ler.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ane como eu ja disse é muito bacana ter esses romances de banca de volta ao cenário literário, os romances tem a capacidade de nos transportar para outra época e costumes
    não curti essa capa, mas seu conteudo parece interessante!
    quando quiser passe no meu blog, sua presença e de seus leitores é sempre bem vinda! http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Wow, que resenha incrível!
    Apesar de nunca ter ouvido falar do livro até então, fiquei curiosa em ler e já coloquei na minha listinha de interessados. ;D

    Beijos.
    http://umajovemleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. a capa desse livro é simplesmente linda
    pela resenha, acho q seria muito bom a leitura para mim
    to precisando de um romance assim.
    kissus

    ResponderExcluir
  11. Muito difícil falar de um livro que você gosta tanto, o comentário é daquele tipo - “Ah, maravilhoso!!!!!” Mas vou tentar dizer o porque esse livro me deixou assim tão eufórica, primeiro amo esse tipo de leitura, romances de época estão na minha lista dos preferidos. A escrita de Madeline é maravilhoso, flui naturalmente de uma forma bem leve, quando você percebe, já acabou.

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Hey
    Ah estou com esse livro aqui, depois de ler sua resenha tenho certeza que vou curtir.
    No início do ano eu tava doida com os Romances Históricos.
    Acho mais deliciosos de ler, não sei o porquê


    bjs
    e boa semana
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  13. Ótima resenha! Não sei se faz muito meu estilo de leitura, mas achei demais!
    Isabela

    ResponderExcluir
  14. Como sempre, suas resenhas arrasando Ane! Parabéns!
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler um romance histórico da Arqueiro mas parece que os livros lançados já fazem um sucesso por aqui, né? Esse é o primeiro livro de quantos?
    Eu confesso que quase não leio esse gênero, talvez por não entender muito sobre história, me localizar no tempo mencionado e nos costumes da época, mas eu vou tentar, dar uma chance!

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  15. Oi Ane, assim que os romances de época da Arqueiro foram lançados eu sabia que precisava deles. Comprei os três e o único que ainda não li foi esse.
    Li algumas críticas negativas, mas deve ser exatamente porque como você disse ele não ser um romance super gracinha e ser isso o que as pessoas estavam esperando.
    Gosto quando as histórias tem mais profundidade e se concentra em outras coisas que não apenas o romance.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  16. Ai Ane, tinha lido várias resenhas desse livro, algumas positivas e outras negativas, então não sabia muito bem o que dizer sobre ele! Mas eu gostei da sua resenha, então quem sabe eu não dê uma chance pra ele :)

    Beijos,
    Caroline
    http://criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Confesso que não sou muito fã de romances históricos, mas esse me chamou atenção, talvez por se passar em Londres. :) Vai pra lista de livros!

    ResponderExcluir
  18. Oi Anne! Curto romances históricos, mas nunca li nenhum com esta pegada mais erótica. Não tinha ouvido falar do livro, mas depois da sua resenha espero que ele seja o primeiro assim que lerei!
    Abraço,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ResponderExcluir
  19. Oi Ane!
    Hm... Acredito que gostarei desse livro.
    Curto livros fofinhos, mas ultimamente alguns autores têm apelado bastante, tornando a história surreal demais.
    Acredito que esse diferencial presente em "Regras da Sedução", torne a leitura bem convincente e agradável. Não esperava que esse livro fosse tão bom assim como você comentou.
    Gostei de saber sua opinião. (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  20. Oi Ane, ahhh eu preciso ler urgente esse livro..apesar de amar romances gracinhas eu também amo ler livros com romances verdadeiros, também acho que não tira a beleza do livro, quero conhecer Alexia e principalmente Hayden e um pouquinho dos outros irmãos também. Adorei a resenha me fez querer começar a leitura imediatamente.

    Beijos!!!

    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por