Filme– Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos.

24/10/2013



Olá leitores!

Como promessa é divida, hoje vou compartilhar como vocês a minha opinião sobre a adaptação do livro Cidade dos Ossos para os cinemas.

Antes de tudo tenho que deixar bem claro, que há algum tempo evito fazer as “famosas” comparações livro x filme, afinal eu sei que com raras exceções a adaptação acaba sendo a mais fiel possível. Então para que me estressar, não é mesmo?

Divulgação
Com Cidade dos Ossos não foi diferente. Mesmo antes de o filme ser oficialmente lançado, eu já tinha lido muitos comentários negativos sobre a escolha do cast. O que até certo ponto eu acho normal. Afinal ao ler um livro sempre imaginamos o personagem do nosso jeito. Aposto que o Jace que eu tinha em mente, não é o mesmo Jace que vocês tinham, e por ia vai. Os atores escolhidos nunca são como imaginávamos o personagem ao ler o livro, isso é fato.

Por isso mesmo com todo o “negativismo” visível a respeito do filme, resolvi arriscar e fui assistir sem muitas expectativas, apesar de ter gostado muito do livro. E querem saber a verdade? Eu gostei bastante do que eu vi. Assim não é o filme mais fantástico que eu já assisti na minha vida, porém se você evitar ficar comparando ele com o livro a cada segundo, você acaba percebendo que não há motivos para temer ter gasto seu dinheiro à toa.

Divulgação
Uma das coisas que mais gostei, foi que no filme os roteiristas não perderam tempo com os detalhes pequenos presentes no livro. Eles partiram direto para ação, dando ao filme uma dinâmica mais rápida e sem tanta “enrolação”. Claro, que algumas coisas foram mudadas e que talvez aquela parte que em sua opinião é essencial pode ter sido cortada, mas é só comparar com outras adaptações e ver que isso acontece em praticamente todas.

Os atores escolhidos também não deixaram tanto a desejar como muitos estavam comentando e temendo. Eu gostei bastante da atuação do Robert Sheehan, que conseguiu de certa forma deixar o Simon muito mais legal do que realmente ele é no livro. Kevin Zegers (Alec) e Jemima West (Isabelle) me surpreenderam bastante, pois eles são muito diferentes do Alec e a Isabelle que eu tinha em mente. Mas, como dizem eles realmente “encarnaram” os personagens e não me decepcionaram.
Divulgação
Meus suspiros foram para o Godfrey Gao, que acabou sendo meu Magnus Bane perfeito () e para o Jonathan Rhys Meyers (Valentim). Eu gosto bastante do Jonathan Rhys Meyers, desde a atuação dele em “O Som do Coração”.

Como pode ser tão lindo? *-*  imagem: Divulgação.
Já as atuações do casal principal de protagonistas Lilly Collins (Clary) e Jamie Campbell Bower (Jace), também não deixaram tão a desejar, embora eu tenha que confessar que achei a Lilly Collins uma atriz um pouco “fraca”. Assim eu tenho certo “amor” pelo Jamie Campbell Bower desde que ele apareceu em Harry Potter, então podem me condenar por achar que ele como Jace ficou uma graça (só acho que ele está muito magro, mas...).

Os efeitos especiais são bastante convincentes e o filme possui uma atmosfera sombria e mágica ao mesmo tempo. A forma como lugares foram retratados do filme superaram a ideia que eu tinha deles quando li o livro. Eu os imaginava de uma maneira mais simples e intimidadora, enquanto no filme eles realmente são bem mais fantásticos.

Simplesmente amei a trilha sonora! Não a “POP” e sim a instrumental. Eu não conhecia o trabalho do compositor Atli Örvarson, mas posso garantir que me tornei fã. Estou apaixonada pela trilha que ele compôs para o filme. Maravilhosa, perfeita ()!

Em fim, pode não ter sido o filme mais surpreendente e emocionante que vi na minha vida, porém superou em muito as minhas baixas expectativas.  Valeu a pena!

Ficha Técnica.
Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos – 2013
Título Original: The Mortal Instruments: City of Bones
Diretor: Harald Zwart
Duração: 2h 10min
Gênero: Fantasia, Ação, Aventura

Sinopse: Clary Fray (Lilly Collins) presenciou um misterioso assassinato, mas ela não sabe o que fazer porque o corpo da vítima sumiu e parece que ninguém viu os envolvidos no crime. Para piorar a situação, sua mãe desapareceu sem deixar vestígios e agora ela precisa sair em busca dela em uma Nova Iorque diferente, repleta de demônios, magos, fadas, lobisomens, entre outros grupos igualmente fantásticos. Para ajudá-la, Fray conta com os amigos Simon (Robert Sheehan) e o caçador de demônios Jace Wayland (Jamie Campbell Bower), mas acaba se envolvendo também em uma complicada paixão.


Trailer.



bjus e até o próximo post;***


Comentários via Facebook

10 comentários:

  1. O importante é o filme pegar o espírito da obra... Vide os filmes de super heroís atuais... F4 é um lixo, mas os Vingadores é bom (mesmo não sendo igual as HQs)...

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela dica Ane! Já assisti Cidade dos Ossos e curti bastante, apesar do ator que interpretou o Jace não ter me agradado tanto. Os efeitos especiais realmente estão ótimos. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  3. OLha podem tacar pedra + eu gostei sim do filme. Não era nada perto do filme, porém é um filme bom, meu sobrinho super adorou e eu acabei me empolgando com ele.
    Acho que pra mim a grande raiva foi terem feito o valentim um personagem burro. Em vários pontos ele e seus seguidores eram muito idiotas, e eu respeito o Valentim como vilão, logo não gostei nada ele ter sido tão mal retratado.
    Sobre o Jace eu confesso que entrei no cinema achando ele super feito pro papel, porém no final do filme eu já estava achando ele super gatinho (sim, a atuação dele me fez fã pq ele foi do seu jeito bem sedutor rs)
    Enfim, nno final das contas não foi ruim, apenas não foi o livro.
    Você não está sozinha rs

    ResponderExcluir
  4. as imagens são lindas e ja instigam a ver o filme!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá Ane.

    Nossa, quando tempo para poder ler e ainda vai demorar )=
    Este ano minhas leituras foram muitas, mas nem li todos que comprei e nem vai dar rsrs

    Eu gosto de comparar filme com livros também, mas parei porque nem todos são assim e deixam iguais.
    Eu estou louca para assistir,porém, quero ler o livro primeiro.

    Beijos
    Tamires C.
    http://de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. ainda não li.... mas, minha irmã comprou o livro pelo catálogo da Avon (olha só!) :D
    então, quem sabe eu não acabe pegando pra ler...já que sou ultra curiosa.... rs

    ResponderExcluir
  7. Waaaan *-*
    Preciso ver o filme, ainda não tive a oportunidade, e como não li nenhum livro, eu nem me animei para ir ao cinema quando lançou.

    Beijos, um ótimo fim de semana :)
    http://clicandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu gostei do filme, em comparação a algumas outras adaptações esse ficou bem melhor, pois tem filme baseados em livros que não consigo nem chegar ao final ou assistir apenas uma vez de tão ruim que é. Mais gostei da interpretação dos personagens, souberam contar a historia bem.

    Blog:http://momentocrivelli.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Ane eu até que gostei do filme, mas fazer a bendita comparação livro x filme é o que estraga tudo, a gente lê e espera ver nas telas o que leu, mas não é isso que acontece...confesso que gostei mais do Jace do filme do que do livro...vá entender nê? Adorei seus comentários.

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  10. Incrível como as pessoas estão curtindo esse filme... Já vou por na minha lista e pegar na locadora rs
    Afinal não vou ler o livro mesmo hehehe

    bjos

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por