Resenha - Entre o Agora e o Sempre por J.A. Redmerski.

23/06/2014

ISBN: 9788581052151
Editora: Suma de Letras
Ano de Lançamento: 2014
Número de páginas: 304
Classificação: Bom
Onde Comprar: Livraria Cultura, Livraria Saraiva, Submarino - Compare os Preços.




Sinopse: Entre O Agora e O Nunca - Livro 02.
Camryn Bennett e Andrew Parrish nunca foram tão felizes. Cinco meses depois de se conhecerem num ônibus interestadual, os dois estão noivos e prestes a ter um bebê. Nervosa, mas empolgada, Camryn mal pode esperar para viver o resto de sua vida com Andrew, o homem que ela sabe que vai amá-la para sempre. O futuro só lhes reserva felicidade... até que uma tragédia os surpreende. Andrew não consegue entender como algo tão terrivelmente triste pôde acontecer. Ele tenta superar o trauma — e acredita que Camryn esteja fazendo o mesmo. Mas, quando descobre que Camryn busca sufocar uma dor imensa de uma forma perigosa, fará de tudo para salvá-la. Determinado a provar que o amor dos dois é indestrutível, Andrew decide levar Camryn numa nova jornada carregada de esperança e paixão. O mais difícil será convencê-la a ir junto...

Sabe quando você começa a leitura com aquele medo de se decepcionar? Pois bem, eu comecei a leitura de Entre o Agora e o Sempre dessa forma. Desde que soube do lançamento da continuação de Entre o Agora e o Nunca eu fique me perguntando, - do o porquê da autora continuar uma história que já tinha terminado. Ok! O primeiro livro está longe de ser o melhor livro que eu li na minha vida e tudo mais, só que de verdade eu tinha gostado de como tudo acabou. Meu maior medo, ao começar a leitura era que a autora J.A. Redmerski estragasse com tudo. Algo que por muito pouco, não acabou acontecendo de verdade.

Fiquem tranquilos por que essa resenha não vai ter spoilers, até por que assim como no primeiro livro, a sinopse já entrega um pouco a história.  Então vou dar uma resumida em minha opinião.

Eu gostei do livro, - fato. A escrita da J.A. Redmerski é viciante de uma forma que mesmo você não concordando muito do que você está lendo, é praticamente impossível largar o livro. Só que é visível que aqui faltou um pouco da leveza e do espírito de aventura que tornam Entre o Agora e o Sempre um livro “especial”. A sensação que tenho é que a autora quis colocar todos os dramas possíveis nesse segundo livro, em uma tentativa de dar aos personagens um ar mais maduro e responsável.  Tudo bem, nada contra pessoas maduras e responsáveis, o problema é que fora o drama, a relação do casal ficou melosa demais.

Antes o que mais me agradava na relação da Camryn com o Andrew era que embora o amor deles fosse forte, ambos tinha uma personalidade determinada e independente. Mas aqui parecia que eles tinham nascido grudados, e isso no decorrer dos capítulos foi me irritando um pouco.  Sei lá, achei um pouco forçada e até mesmo doentia essa dependência que um criou pelo outro.

Outro detalhe foi que por mais que J.A. Redmerski tentasse resgatar, o ingrediente principal de Entre o Agora e o Nunca, a maneira como o livro começa o desenvolvimento do relacionamento dos personagens fez com que tudo parecesse apenas uma repetição de algo que já tinha acontecido. É como se a Camryn e o Andrew estivem tentado reviver a mesma história, o que obviamente não dá muito certo.

Porém o que mais me incomodou em Entre o Agora e o Sempre, foi o excesso de palavrões nas cenas de sexo. Não querendo ser puritana, ou algo assim, mas realmente eu achei um pouco apelativa essa parte do livro. Entendo que a autora queira dar um toque mais sensual a narrativa, e que desde o livro anterior o enredo possui isso, só que de verdade a linguagem chula era desnecessária. Teve momentos que eu tinha vontade de lavar a boca o Andrew com sabão (sim estou dando uma de tia chata me condenem).

Mas nem tudo está perdido, pois apesar dos pesares e do já esperado clichê, de certa forma os personagens aqui, em especial a Camryn se mostram “mais verdadeiros”. Ela e o Andrew passam por tantas coisas que muitas vezes acabam destruindo com os relacionamentos. E eles terem vencido todos esses obstáculos e terem continuado juntos, acabou fazendo uma lágrima ou outra caírem no final. Ah! Gente, eu sou manteiga derretida, fazer o que?

"Eu sei que você está com medo. Eu estaria mentindo se dissesse que não estou com um pouco de medo também, mas preciso acreditar que dessa vez vai ficar tudo bem. E vai ficar. Nós passamos por tanta coisa juntos. Mais do que a maioria das pessoas em tão pouco tempo. Mas em qualquer situação, a única coisa que nunca mudou é que ainda estamos juntos. (...). Acho que podemos afirmar com toda certeza que somos indestrutíveis”.

Em suma, Entre o Agora e o Sempre é um bom livro, só que não traz nenhum fato marcante que torne o livro único e especial. Para os fãs de Camryn e Andrew é uma leitura válida e prazerosa, desde claro você não vá com muita sede ao pote. Fica a dica!

Comentários via Facebook

15 comentários:

  1. Oi Ane,
    Gostei da resenha, apesar de ainda não ter lido o primeiro da série eu já desconfiava que o segundo não seria tão bom quanto o primeiro, ainda mais pela questão de que no primeiro a história termina bem, sem precisar de uma continuação. Acho as capaz muito bonitas. Espero em breve poder conferir a história desse casal (chiclete rsrs).
    Parabéns pela resenha e por não ter "soltado" nenhum spoiler rsrs.

    Beijos!!!
    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Não li o primeiro livro da série,mas seguindo sua indicação e observação não é marcante e nem especial, desta forma, não o lerei!
    Achei ótima sua resenha,querida!
    Bjus
    http://www.elianedelacerda.com
    Curtida e seguida, pois amei seu blog!

    ResponderExcluir
  3. quero ler, to apaixonada demais pela capa! entendo as suas ressalvas, mas isso não tira minha vontade de ler! a história me parece ser algo único demais
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ei Ane, eu tenho curiosidade de ler essa série, mas nada que me faça criar expectativas imensas. Acabei de ler um livro agora que me frustrou um pouco, do mesmo gênero, então percebi que dificilmente será aquilo tudo. Que bom que pelo menos não chegou a decepcionar, a história em si parece boa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Já escutei falar desse livro e parece ser bom, tenho interesse em ler.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Ane,
    apesar da tua bela resenha eu não curti muito este livro, mas quem sabe rsss

    O teu blogue faz parte da feste de 2 anos Histórias, estórias e outras polêmicas
    veja lá

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Não conheço a autora
    Por isso não sei como é
    Mas até que parece um bom livro
    Já estou seguindo *~

    Beijos
    |•| http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Tia chata HAHAHAHA te entendo sou assim também HSUAHSU.

    Não é o tipo de livro que eu colocaria como prioridade, mas até entraria na minha listinha.
    Gostei da sua resenha (como sempre).

    Beijinhos,
    Blog EC&M | entrechocolatesemusicas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Gostei da sua resenha, mas, na verdade, não sei se leria o livro. Não é exatamente um gênero que eu curto e eu estou evitando séries no momento. Tenho uma montanha de séries não concluídas.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho

    ResponderExcluir
  10. Essa frase"só que não traz nenhum fato marcante que torne o livro único e especial" foi o motivo que me frez não pegar essa série para ler. Eu li a sinopse e não encontrei nenhum ponto que me fizesse ter a vontade imediata de ler. No futuro pretendo ler, mas por agora estou sem pressa. Obrigada pela resenha <3

    ResponderExcluir
  11. Oi Ane! Eu também não sou puritana, mas não gosto de cenas de sexo assim, com vulgaridade. Dá para deixar tudo picante com sensualidade, com palavras ternas, sem precisar apelar, entendo seu ponto de vista e concordo, alguns livros que li a história prendia, mas nas cenas mais íntimas, perdia pontos por sem assim.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  12. Oi Anne

    Sua resenha me deixou apreensiva. Apesar de você ter dito que por pouco a autora não estragou o livro, vi vários pontos não muito legais da história.
    Em outras resenhas também vi as pessoas reclamando dessa tentativa da autora de trazer a magia da road trip, mas que fica parecendo mais do mesmo.
    O primeiro livro se tornou meu favorito e apesar de já ter esse na minha estante desde o lançamento, ainda não tive coragem de ler.
    Um coisa é certa, estou preparada para o que vier.

    Beijos
    http://mundo-de-papel1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Ane, tudo bom?
    Começo a concluir que os livros do gênero New Adult não deveriam ter continuação, pois tive a mesma impressão durante a leitura de O Para Sempre de Ella e Micha. Eu tenho Entre o Agora e o Nunca e quero ler em breve porque só tenho boas recomendações, mas sei que esse segundo livro deixou a desejar. O que parece é que as continuações desses livros retrocedem os personagens.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá Ariane!!
    Eu li esse algum tempinho atrás e até hoje não consegui elaborar um resenha rsrs
    Eu gostei do livro, mas não sei, acho que esse lance de tentar reviver tudo de novo, acaba que se torna cansativo em alguns momentos.... O segundo livro não me encantou como o primeiro rsrs mas é bom! Sou meio confusa quando o assunto é esse livro, não sei qual foi o meu verdadeiro sentimento por ele, talvez eu tenha que ler uma segunda vez para conseguir me decidir (risos).

    Beijos,
    Taty Assis
    http://aculpaedosleitores.blogspot.com.br/2014/06/resenha-musica-do-coracao.html

    ResponderExcluir
  15. Oi Ane!
    O que mais me incomodou no primeiro livro foi justamente este excesso de palavrões. Não sou puritano. Longe disso! Mas colocar palavrões em excesso numa história torna-a chula e tira muito do seu valor como literatura.
    Não gostei do "Entre o Agora e o Nunca" e não pretendo ler o sucessor. Não fará diferença para mim mesmo. Haha
    Ótima resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por