Resenha - Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo por Benjamin Alire Sáenz.

03/07/2014

ISBN: 9788565765350
Editora: Seguinte
Ano de Lançamento: 2014
Número de páginas: 392
Classificação:
Este livro foi enviado como
cortesia para resenha.







Sinopse: Dante sabe nadar. Ari não. Dante é articulado e confiante. Ari tem dificuldade com as palavras e duvida de si mesmo. Dante é apaixonado por poesia e arte. Ari se perde em pensamentos sobre seu irmão mais velho, que está na prisão. Um garoto como Dante, com um jeito tão único de ver o mundo, deveria ser a última pessoa capaz de romper as barreiras que Ari construiu em volta de si. Mas quando os dois se conhecem, logo surge uma forte ligação. Eles compartilham livros, pensamentos, sonhos, risadas - e começam a redefinir seus próprios mundos. Assim, descobrem que o amor e a amizade talvez sejam a chave para desvendar os segredos do Universo.

Confesso que comecei a leitura de Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo em um misto de curiosidade, mas sem criar muitas expectativas. Porém, ao final me vi com lágrimas nos olhos e completamente apaixonada pela a história e por seus personagens. Esse livro me emocionou de tal forma, que posso garantir a vocês que sem sombra de dúvidas, ele foi uma das minhas melhores leituras desse ano.

A história se passa em El Paso no Texas e nos leva ao final da década de 80, uma época em que algumas regras eram bem mais rígidas, em especial quando o assunto era a educação dos filhos. Aristóteles Mendoza é um adolescente de 15 anos que sempre se sentiu diferente. Aparentemente Ari é um daqueles jovens que gosta de passar seu tempo sozinho e se incomoda um pouco com o excesso de preocupação de seus pais.  A família de Ari é um tanto complicada. Seu pai é um homem recluso que enfrenta os fantasmas da guerra do Vietnã , seu irmão mais velho, Bernardo está preso e todos de sua família agem como se ele estivesse morto. Mas para Ari, todos esses “segredos” em sua vida são um grande problema, que fazem com que ele se sinta a cada dia mais confuso e isolado de todos. 

Certo dia enquanto estava na piscina do Memorial Park, Ari conhece Dante Quintana e de uma maneira um tanto inusitada, acaba aceitando a ajuda de Dante para aprender a nadar. Dante ao contrário de Ari é extrovertido e sua família não costuma guardar segredos e nem seus sentimentos. Mas apesar de parecer que uma amizade entre dois garotos tão diferentes entre si seria possível, eles tornam-se amigos inseparáveis. Com o tempo Dante acaba se habituando ao jeito mais fechado de Ari, do mesmo modo que Ari se acostuma com temperamento mais emotivo de Dante. Juntos eles descobrem que alguns segredos do universo não são assim, - tão inescrutáveis.

Não sei dizer ao certo em que momento eu me apaixonei pela a história. Mas quando um autor consegue trabalhar temas e personagens complexos com delicadeza, ele sempre acaba me conquistando. A narrativa de Benjamin Alire Sáenz é singela, porém de uma sensibilidade tão grande que fez com que eu me sentisse parte da história. Rico em diálogos inteligentes e mesclando com perfeição momentos leves e divertidos com situações mais dramáticas, Sáenz criou uma história que me deixava com um sorriso no rosto e ao mesmo tempo com o coração apertado.

Talvez o que mais me encantou aqui foi à maneira com o autor estruturou as famílias. De um lado temos uma família marcada por grandes tragédias e que ainda está buscando uma forma de lidar com elas. Já do outro lado isso não existe, o que torna perceptível que direta ou indiretamente acabamos sempre sendo um reflexo do ambiente familiar em fomos criados. De algum modo o autor nos leva e entender melhor, algumas atitudes que nossos pais tomam quando somos jovens demais para saber como a loucura da vida funciona.  Se é que depois de adultos conseguimos entender.

Benjamin Alire Sáenz escreveu uma obra que aborda temas que ainda são complexos em nossa sociedade e nos faz rever nossos “pré-conceitos” de uma maneira muito real, dolorosa e doce ao mesmo tempo.  Foram inúmeros momentos em que eu senti toda angustia e a revolta do Ari, por viver em uma casa tão cheia de segredos e de não saber ao certo quem era e quem deveria ser. E em outras ocasiões fiquei comovida com a maneira tão bela e sensível com que o Dante via a vida. Sofri e chorei, ri e me emocionei com esses dois garotos tão diferentes e parecidos que acabaram conquistaram um lugar especial em meu coração.

“Fiquei pensando que poemas são como pessoas. Algumas pessoas você entende de primeira. Outras você simplesmente não entende… e nunca entenderá.”

Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo, possui um enredo envolvente que nos leva em uma viagem ao nosso pequeno universo particular. Que independente da idade que temos sempre é cheio de incertezas, medos, alegrias e sonhos que queremos realizar. Obrigada Benjamin Alire Sáenz, por me presentear com essa lindíssima obra ().

Comentários via Facebook

21 comentários:

  1. Olá, Ariane
    Tudo bem?
    Gostei bastante da capa e da sinopse, mas confesso que não conhecia o livro nem o autor. Quero bastante lê-lo e espero não me decepcionar. Amei a resenha, me deu mais vontade ainda de ler!!
    Beijos*-*
    Território das Garotas

    ResponderExcluir
  2. Oie Ane
    eu gostei e não gostei da história rs Já esperava que o romance fosse enveredar pelo caminho que tomou, mas achei algumas atitudes muito fantasiosas. Eu nem sei explicar direito o que senti ao ler o livro, por isso estou penando pra resenhá-lo rs
    bjo
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  3. Eu já fico com um pé atras com livros de nomes imensos. Mas até agora só li resenhas positivas sobre ele. Gostei bastante da capa e acho que vou dar uma chance a ele.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Assim que soube do lançamento desse livro já marquei ele como desejado! Acho que vou amar a história, estou muito curiosa :)

    Beijos, Paradoxo Perfeito

    ResponderExcluir
  5. ainda não tinha lido nenhuma resenha desse livro e isso me deixou bem curiosa!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Ariane!

    Eu me senti nas nuvens quando terminei de ler esse livro. A estória é tão simples que a gente fica leve. O tema abordado é uma coisa bem comum na nossa sociedade, mas que ainda é visto com maus olhos. Também virou favorito e também posso garantir que é uma das minhas melhores leituras do ano, mesmo antes de ele ter acabado. <3

    Beijos!
    http://roendolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Ane!
    Que bonita sua resenha, deu pra ver o quanto você gostou.
    Pelo título e pela sinopse, não me chamaria a atenção. Mas fiquei curiosa depois de ler seu texto. =)
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  8. Anee!!

    Já vi uma resenha do livro, mas não em interessou muito, é engraçado como pessoas pensam diferente né? A sua foi tão completa e rica que eu quero ele agora! A capa é um encanto.
    Vou comprar em breve!

    Beijinhos,
    Blog EC&M | entrechocolatesemusicas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Aneeeeee, te amo por teres escrito uma resenha sobre esse livro!! \o/ Baixei o e-book, pois a capa e a sinopse me deixaram muito curiosa! Mas eu queria saber mais sobre o livro... E, coincidentemente, caí aqui na sua resenha. :D E que resenha hein?! Agora tenho certeza que preciso muito ler esse livro! Adoro esse tipo de história!

    Beijooos!

    Pensamento Tangencial - http://pensamentotangencial.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pela resenha Ane! Estou ansiosa para ler Aristóteles e Dante Descobrem Os Segredos do Universo! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Ane, tudo bom? Adorei sua resenha, pois conseguiu passar a delicadeza desse livro.
    Eu curti muito a leitura porque o autor tem uma forma peculiar de trazer assuntos polêmicos. Só não curti muito a deprê do Ari, mas sei que isso fazia parte da composição do personagem.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Nunc tinha visto nada sobre esse livro, a capa e linda e a sinopse chamou minha atenção. Pela resenha o livro parece ser realmente bom.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Ta todo mundo adorando esse livro e pelo jeito ele é bem legal mesmo, o fato de se passar nos anos 80 faz com que ele seja ainda mais atrativo. Que bom que gostou. quero ler em breve.
    Beijos
    Guilherme - http://leituraforadeserie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Ane!
    Finalmente estou lendo uma resenha desse livro. Estava curiosíssimo.
    Eu realmente fiquei mais interessado na obra. Parece ser uma história linda. Adoro leituras tocantes e sensíveis.
    Espero MUITO poder lê-lo em breve. O título, mesmo sendo extenso e até um pouco estranho, já havia me deixado curioso.
    Espero não me decepcionar.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  15. Tenho certa curiosidade sobre o livro, acho que essa é uma das primeiras resenhas que leio sobre o mesmo. E me pareceu por sua opinião um livro muito bom. Espero brevemente ler, e assim como você gostar, até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi, Ariane!
    Conheci este livro no Clube do Livro Saraiva de junho, aqui no Rio. A Frini falou dele com tanto entusiasmo que já fiquei com vontade de ler. Agora vem sua resenha e completa essa sensação de que estou perdendo uma bela história. Apesar de trabalhar uma temática com a qual eu não concordo, estou disposta a ler sem preconceitos (ou pelo menos tentar). Fiquei mais empolgada ao saber que não só o enredo é bom, mas também a escrita encanta. Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  17. Oi Ane,
    Já tinha visto a capa desse livro em outro blog, mas a sua e a primeira resenha que leio sobre ele. Achei a trama interessante e espero no futuro poder lê-lo.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Ahhh esse livro é lindo, né? Me apaixonei tb pela história. Muito emocionante. Só achei que a ambientação dos anos 80 foi pouco explorada, mas fora isso, o livro fala lindamente sobre aceitação, etc

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oi Ane! Gostei tanto deste livro, li em um dia, eu esperava uma história mais leve, até mesmo bobinha, mas eis que a intensidade dos sentimentos de Ari me surpreenderam, ele me cativou e sua família também, embora fossem pessoas reservadas, o amor que sentiam um pelo outro era muito forte e lindo.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  20. Olá =).
    Já li várias rresenhas que, assim como a sua, falam muito bem do livro. Estou curiosa pra ler e conhecer a história!
    Beijos.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Oi Ane, essa foi a primeira resenha que li e não sabia o que esperar do livro, mas agora imagino que seja muita emoção e algumas lágrimas, sinto que irei me tornar amiga dos personagens que irei aprender com eles e que irei sofrer também, mas que ao final será uma história que com certeza irá acrescentar muito à minha vida.
    Me emocionei com sua resenha e espero em breve conhecer essa história.

    Beijos!!!
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por