O Terror das Terras do Sul por Caroline Carlson.

19/02/2015

| Arquivado em: Resenhas.


Este livro foi enviado como
cortesia para resenha.
ISBN: 9788565765497
Editora: Seguinte
Ano de Lançamento: 2014
Número de páginas: 384
Classificação: Muito Bom
Sinopse: A Quase Honrosa Liga de Piratas - Livro 02.
Em 'O tesouro da Encantadora', Hilary viveu grandes peripécias em alto - mar até encontrar o maior tesouro do reino, desaparecido havia muito tempo, e sua dona, a Encantadora das Terras do Norte. Como recompensa, recebeu um certificado de filiação à 'Quase Honrosa Liga de Piratas' e o título de 'Terror das Terras do Sul'. Neste novo volume da série, a Encantadora voltou ao seu posto, e Hilary acompanha a redistribuição dos objetos mágicos pelo reino. Mas o presidente da QHLP não está satisfeito - Hilary precisa se envolver numa atividade verdadeiramente pirática logo, como matar um monstro marinho ou derrotar um líder pirata num duelo, senão perderá seu título - e sua filiação à Liga. Antes que consiga recuperar sua reputação, a garota fica chocada ao descobrir que a Encantadora foi sequestrada. Contrariando as ordens do presidente da Liga, Hilary se junta à gárgula e a seus amigos para investigar o caso, ainda que resgatar Encantadoras não esteja na lista de atividades próprias a um pirata.

Um de meus maiores receios sempre que começo a leitura de um livro mais infantojuvenil é sofrer do terrível mal da “meia idade literária”. Infelizmente às vezes isso é inevitável, afinal conforme vamos “envelhecendo” nossos gostos vão mudando também. Porém, a autora Caroline Carlson consegue escrever histórias que cativam tanto crianças como adultos. E foi exatamente por esse motivo que a narrativa da autora me conquistou desde e primeiro livro da série A Quase Honrosa Liga de Piratas.

Pode conter spoilers do livro anterior. Que não quer se arriscar pode pular dois parágrafos.

Depois de enfrentar e sobreviver aos perigos que só o alto-mar é capaz de proporcionar, a intrépida Hilary Westfield finalmente conseguiu realizar seu sonho. Ela não apenas recebeu a sua tão almejada certificação da Quase Honrosa Liga de Piratas, como também ganhou o titulo de O Terror das Terras do Sul. Porém, enquanto a nossa pirata navega pelos sete mares ajudando o Capitão Jasper a distribuir entre a população do reino de Augusta os objetos mágicos do Tesouro da Encantadora alguém em especial não anda muito feliz com esse seu comportamento anti-pirático.

O Capitão Dentenegro presidente da QHLP exige que a pequena Hilary honre seu titulo e faça algo que os piratas “de verdade” costumam fazer: matar um monstro marinho, derrotar um líder pirata em um duelo ou ela perderá tudo. Mas, ao mesmo tempo em que ela precisa decidir logo qual dessas tarefas cumprir algo terrível acontece no reino, - A Encantadora é sequestrada.  Dividida entre o medo de perder aquilo pelo qual lutou tanto para conquistar e os laços de amizade com a Stra. Primm, a valente Hilary parte como seus amigos através de mares traiçoeiros em busca de sua nova aventura.

Nesse segundo livro da série Caroline Carlson, não apenas manteve o nível da história, evitando com que a série caísse na famosa “maldição do segundo livro”, mas conseguiu fazer com que a continuação ficasse ainda melhor. Hilary é uma daquelas protagonistas contagiantes, e durante a leitura é perceptível à evolução tanto dela como dos demais personagens da trama. O Terror das Terras do Sul possui uma narrativa leve, divertida, rápida e envolvente, do tipo que faz com que você se imagine desbravando os sete mares e vivendo aquelas aventuras.

Acredito que o que torna a série tão especial é justamente essa ligação que você cria com a história e seus personagens. Gostei muito da forma com a autora construiu todo o enredo nesse segundo livro. Mesmo que a sua conclusão final seja que coisas estavam bem “óbvias”, a história é tão gostosa de ler que quando você se aproxima dos capítulos finais já começa a sentir aquela pontinha de saudade desses piratas tão queridos, - e claro da gárgula mais (fofa), digo mais temível dos mares de Augusta.

“- De certa forma, é como enxergar o mundo do avesso – ele disse. – A terra deveria estar no horizonte e o mar sob seus pés e não ao contrário.”

Preparem-se marujos para zarpar para um mundo encantador cheio de aventuras, mistérios e fantasia.  Recomendo!


Veja também:
O Tesouro da Encantadora.

Comentários via Facebook

27 comentários:

  1. Oi, Ane!
    Não tenho interesse nessa série, infelizmente. :/
    Assim como você, atualmente, tenho receio de que não me envolverei completamente com histórias infanto-juvenis.
    Fico feliz que tenha gostado, acima de tudo.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo joia?
    Adoro um bom infantojuvenil, e achei bem interessante o enredo desse livro, ainda não li. Mas já anotei sua indicação, sem contar que adoro fantasia haha

    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. confesso que não faz muito meu estilo, mas admito que a cada resenha que leio sinto um pouco mais de vontade de pelo menos dar uma oportunidade!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Ariane!
    Esse livro nunca me chamou muita atenção sabe? Mas gostei da resenha, você me fez pensar nele de outra forma.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Gostei da proposta!
    Super legal.
    Nunca li livros assim e quanto mais eu acesso blogs mais minha lista aumenta meo Deusssss
    socooorooo

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ane!
    Aaah, eu não sofro desse mal, não, hahaha. Eu sempre gosto de livros infanto juvenis. Acho que nem cresci.
    :P
    Que bom que esse livro 2 é tão bom quanto o 1º. Odeio quando piora.
    Nem ligo para finais óbvios. Às vezes é bom.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  7. Sabe Ane, acho que você me definiu verdadeiramente bem, com a tal crise da “meia idade literária”, faz tempo que não consigo ler um infatojuvenil. No entanto, tenho lido comentários bem positivos a respeito dessa série. É bom quando consegue nos cativar, como a autora parece fazer. Quem sabe eu dê uma chance.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Não o conhecia, mas gostei da premissa da história.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Ah, eu sou doido por livros com piratas, realmente gosto demais e me chama muita atenção. Preciso ler toda essa série logo!!! Nossa, e como você escreve bem <3

    http://criativosounao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Acho que eu ainda não conhecia esse livro. Eu adoro livro infantojuvenil, mesmo com 28 anos na cara hahaha. Aliás, acho que é o que mais gosto de ler. Porém, não estou no momento desses gêneros de aventura e tal. Mas vou anotar aqui para o futuro. ;-)

    Beijos,
    Carol
    www.pequenajornalista.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Ariane!
    É tão bacana quando um autor consegue criar uma história que transcende o gênero e agrada a todas as idades (não tem exemplo melhor que a JK Rowling, né?).
    Não é uma série que tenho vontade de ler, mas que bom que o segundo livro não decepcionou você.
    Beijos
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Mesmo prestes a fazer 21 anos, eu amo livros infantojuvenis <3 rs Essa série não me interessou muito, confesso, mas sua resenha me deixou curiosa com os livros, acho que daria uma chance pra leitura dos livros *O*

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi, Ane.
    Desde que esse livro lançou não senti muito interesse no mesmo, pode ser que mais para frente quem sabe... Mas no momento ando mesclando entre policiais, dramas e biografias.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Gostei da resenha Ane. É tão gratificante quando a autora consegue manter o mesmo ritmo e adrenalina no segundo volume de uma série, não é mesmo? Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Ane!

    Pois é... estou passando por esse "mal". Não tenho mais paciência para ler livros infantos. :s
    Os únicos que até hoje fazem parte dos meus queridinhos - mesmo sendo véia barbada, haha - são Harry Potter e Desventuras em Série. O resto é o resto...

    Beijos Ane!! Bom fim de semana! :D

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Apesar de ser um livro juvenil, eu tenho muita vontade de ler, parece ser um livro muito interessante"!

    http://refugiorustico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Eu sou igual a você, sempre fico com o pé atras em ler uma historia mais juvenil, mas as vezes algumas nos surpreende, faz muito tempo que nem uma me surpreende, então adorei a indicação.
    http://teoremademari.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi Ane! Esta série é muito fofa, eu acho muito bonita a relação de amizade e lealdade entre os personagens, e também o clima divertido que a autora insere ao mesclar a narrativa com trechos do jornal local e das cartas. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  19. Oie, Ane!
    Eu gosto da premissa da série e só não li até hoje por causa da lista enorme que estou... Fazer o que? kkk Ah, obrigada pela dica dos possíveis spoilers ;)
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  20. Oi Ane, como vai?

    Também tenho esse mesmo medo que você, de acabar não curtindo a linguagem do livro justamente pela idade que tenho. Mas devo confessar que AMO ler livros infantis, pois me fazem lembrar da infância rs Momentos de nostalgia, sabe? Sempre são importantes!

    Beijos,
    Caroline, do criticandoporai.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oi Ane, tudo bom?
    Eu também amo essa série e nem tenho mais idade para ele, mas acho que a autora consegue realmente cativar o leitor e conquistar todos os públicos. Eu amo a Hilary e a gárgula porque novamente me diverti horrores com as duas. As aventuras são engraçadas e a escrita da autora é muito envolvente. Mal posso esperar pelo terceiro livro.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oie,
    adorei o livrinho, só pela capinha já achei mega fofa.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  23. Olá,
    Não cheguei a ler o primeiro livro e confesso que não surgiu muito interesse por minha parte, mas muita gente elogia a história e as capas são lindas!
    Beijos.
    Memorias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Hey!

    Li o primeiro livro de Harry Potter e também a saga toda de Percy Jackson, que são livros mais infantis e amei as duas estórias. Acho que o que conta mesmo em um livro é o jeito que o autor leva a estória e seu escrita, se essas duas coisas fizerem os leitores se apaixonar, nada mais importa.

    Beijos!!
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
  25. Oii.

    Eu gosto de livros infanto juvenis porque conseguem me levar para uma outra fase da minha vida. Pulei umas partes da sua resenha para não pegar spoiler. O que eu mais gostei foi saber que a autora conseguiu manter a qualidade nas obras e consegiu manter a obra envolvente e gostosa de se ler.
    Quero conhecer a gárgula hahahaha


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  26. Não li o primeiro livro ainda, mas tenho muita vontade de ler. Assim que lançar todos irei comprar. Bom saber que a autora consegue encantar os adultos também e que o segundo livro não caiu na famosa maldição.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  27. Poxa, nem li o primeiro ainda =x
    Mas fiquei bem feliz pelo segundo livro ser ainda melhor. Espero que a série vá mantendo o nível e melhorando conforme o possível.
    Quanto à 'crise de meia idade' é realmente complicado, mas eu até que não sofro disso, pelo menos não tenho percebido. Talvez por que desde pequeno eu lia livros tanta da minha idade, como mais 'para frente', e hoje eu leio livros da minha idade, e para um público mais jovem também.

    ps: fiquei curioso com a gárgula

    Beijos,
    Thiago - Blog GentleGeek

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por