A Cidade Murada por Ryan Graudin.

27/04/2015

| Arquivado em: Resenhas.

Este livro foi enviado como
cortesia para resenha.
ISBN: 9788565765633
Editora: Seguinte
Ano de Lançamento: 2015
Número de páginas: 400
Classificação: Ótimo
Sinopse: A Cidade Murada é um terreno com ruas estreitas e sujas, onde vivem traficantes, assassinos e prostitutas. É também onde mora Dai, um garoto com um passado que o assombra. Para alcançar sua liberdade, ele terá de se envolver com a principal gangue e formar uma dupla com alguém que consiga fazer entregas de drogas muito rápido. Alguém como Jin, uma garota ágil e esperta que finge ser um menino para permanecer em segurança e procurar sua irmã. Mei Yee está mais perto do que ela imagina: presa num bordel, sonhando em fugir… até que Dai cruza seu caminho.

Desde que li a sinopse de A Cidade Murada, fiquei curiosíssima para saber mais sobre a história que o livro guardava. Talvez um dos fatores que contribuiriam para isso, foi o leve contorno distópico que a premissa nos apresenta. Algo que com conforme nos aventuramos em suas páginas não se confirma, mas que mesmo assim surpreende por possuir uma narrativa ágil e marcada por inúmeras reviravoltas.

Hak Nam é uma cidade esquecida por todos.  As diferenças entre ela e a cidade vizinha Seng Ngoi são impossíveis de ignorar. Enquanto uma esbanja o luxo e sofisticação, a outra é o retrato cruel da miséria. Hak Nam, a Cidade Murada é dominada pela sujeira, tráfico e, sobretudo pelo medo. Dai está preso nessa cidade, e a única forma dele conseguir a sua liberdade é arriscando a sua vida se envolvendo com a Irmandade, a principal e mais perigosa gangue de Hak Nam. Porém, para que seu objetivo seja alcançado ele vai precisar encontrar alguém rápido o bastante para entregar drogas, alguém com Jin.

Para muitos da Cidade Murada, Jin é apenas mais um entre tantos garotos de rua que rouba para ter o que comer em meio ao caos de Hak Nam. Mas, embora seja realmente um dos corredores mais rápidos que Dai poderia encontrar, Jin tem seus próprios motivos para estar nos corredores pobres e imundos da cidade. Ela está em busca da sua irmã mais velha Mei Yee, que foi vendida pelo próprio pai para um bordel. Quando os caminhos de Dai, Mei Yee e Jin se encontram uma corrida contra o tempo começa. E a vida de todos vai depender de quão ágeis e corajosos eles conseguem ser.

Inspirada na cidade murada de Kowloon (China), a narrativa da autora Ryan Graudin nos traz personagens fortes tentando sobreviver em um cenário caótico. E mesmo que A Cidade Murada seja uma obra de ficção é impossível não pensar que uma cidade verdadeira realmente existiu. A autora criou uma trama que até o final me levou a questionar quem era o Dai, e qual foi erro que ele cometeu para acabar em Hak Nam. Do mesmo modo, corri pelas ruas sujas da cidade com a Jin. Não somente por que ser rápida a mantinha viva e sim por que um dia a mais naquele lugar, significava um dia a mais longe da sua irmã. Longe de Mei Yee, que foi corajosa e determinada mesmo quando tinha inúmeras razões para desistir.

Com uma narrativa que intercala o ponto de vista dos três protagonistas, A Cidade Murada apresenta uma história atual que me deixou com o coração na mão em diversos momentos, e me fez torcer por Dai, Jin e Mei Yee até o fim. A escrita de Ryan Graudin é fluida e tão envolvente que transporta o leitor para dentro da história. A cada novo capitulo a autora reserva uma surpresa, uma “peça nova do destino” tornando tudo ainda mais angustiante e eletrizante.

Acredito que o único ponto “negativo” do livro, ao menos em minha opinião foi que, achei o final um pouco corrido. Senti falta da autora ter explorado alguns pontos que a meu ver teriam deixado a narrativa mais rica. Não é nada que atrapalhe o ritmo da história ou interfira de fato em sua conclusão. Ok! Talvez eu só esteja sendo apenas chata e detalhista. Porém por mais que tenha gostado muito do livro, infelizmente não consigo deixar de lado aquela sensação de que ficou faltando alguma coisa (...).

“Mas algumas coisas simplesmente não estão destinadas a acontecer. Por mais forte e ardente que seja o pedido.”

A Cidade Murada é um livro perfeito para leitores que buscam histórias com uma boa dose de ação e suspense. Mesmo com todos os avisos de “mantenha a distancia”, você também se sentirá tentado a vagar pelos corredores de Hak Nam para viver essa perigosa e inesquecível aventura. Recomendo!

Comentários via Facebook

22 comentários:

  1. Oi!
    Tenho muita vontade de ler esse livro, acho a premissa dele muito interessante e essa capa é bem atrativa. Adorei sua resenha!
    Abraços
    Leitura Fora de Série

    ResponderExcluir
  2. Oi Ariane!
    Eu terminei a leitura desse livro na semana passada, e a resenha vai ao ar amanhã \o/
    Eu gostei da trama, principalmente dos personagens, sempre tenho algo a reclamar deles kkk


    bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  3. Oie Ane =D

    Desde que vi que este livro seria lançado, fiquei interessada.
    E quando li a sinopse minha curiosidade só aumentou. Achei a premissa muito legal, e sua resenha só aumentou minha vontade de ler. Com certeza lerei!

    Ótima dica ;)

    Beijos,
    Livy
    nomundodoslivros.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Ariane!
    Estou dando um tempo em distopias que prometem muita ação e depois não entregam, mas essa parece ter cumprido o prometido.
    É uma pena quando um livro que nos cativou tanto decepciona no final. Mas em geral a experiência parece ter sido muito boa.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ane!
    Você me convenceu. Quero ler esse livro. Parece ser uma aventura e tanto, hein? Adoro leituras ágeis e esse livro parece proporcionar isso e muito mais. Não o conhecia e esta foi a primeira resenha dele que li.
    Abraço!

    "Palavras ao vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo joia?
    Nunca tinha visto nada sobre o livro, mas achei bem interessante, vou anotar como dica rs',

    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. pelo que li, é uma história que trabalha temas bem fortes e por isso, a meu ver, é triste, ao mesmo tempo parece ser bem forte! não sei se teria pique, mas fiquei com aquela pulguinha atrás da orelha
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Essa diferença de riquezas me lembrou um pouco o muro de berlim. Adoreei sua resenha, só acho que essa capa não transmite muito o significado em si da obra

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br
    Tem resenha nova no blog de "Billy e eu", vem conferir!

    ResponderExcluir
  9. Gostei da resenha Ane e me pareceu ser um livro bem interessante, só que não faz muito o meu gênero. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  10. Olá!!

    Eu não conhecia esse livro, na verdade só vi a capa mas não sabia do que se tratava e até gostei do enredo, mas acho que confundiria com esses nomes HUSHAUSHUA
    Uma pena que o final não tenha te agradado tanto, acho que as vezes nós exigimos demais husahushaushaus
    A resenha está ótima :D


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  11. Oi!

    Nessas situações em que o final não agrada completamente eu fico com aquela sensação de ter nadando um oceano e morrido na praia.. haha
    Mas se o "durante" te proporcionou momentos bons, então acho que valeu a pena né?

    Beijos!!

    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
  12. Olá, Ane.
    Não conhecia a obra, mas nossa realmente me chamou atenção.
    Seu ponto de vista foi tão regado de elogios e o que disse no fim da resenha me fisgou. Eu realmente acho uma ótima junção o suspense com aventura.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Aneeee eu quero taaanto ler esse livro, agora com a sua resenha virou obrigação .-.
    E como você tb sempre fico chateada com finais corridos .
    Beijokas amiga!!!

    ResponderExcluir
  14. Oi Ane!
    Esse não me atraiu muito... Vou deixar passar. ;)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Oi, Ane!
    Jpa li outra resenha desse livro e fiquei bastante tentada.
    Adoro um livro que envolva ação e suspense. Ainda mais com personagens bem construidos.
    Uma pena o final ter sido corrido e ão ter satisfeito totalmente.
    Beijos

    Construindo Estante || Curta a fan page

    ResponderExcluir
  16. Eu Ane!
    Eu li algumas resenhas e fiquei curiosa, sorte que passei aqui hoje, sempre levo suas opiniões em consideração antes de ler/comprar um livro (=
    Uma pena ele ainda ter deixado a sensação de que faltou algo =/

    Beijos!
    De tudo um pouco

    ResponderExcluir
  17. Oi! Não conhecia este livro e me pareceu muito interessante. Vou colocar na lista, adorei a resenha. :)
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oie! Tudo bem?

    Que legal! Adorei a sinopse *-* Esse é o tipo de livro que eu leria, e apesar dessa capa feia (eu achei), sua resenha me deixou curioso para saber o que acontece *0*

    Sem dúvidas, esse vai pra wish :3

    Bjs!

    Jhonatan | Leitura Silenciosa

    ResponderExcluir
  19. Oie, Ane! Não conhecia o livro, mas ele é bem bacana. A cidade que o inspirou existe ainda? E outra coisa, a autora é chinesa? Enfim, vou procurar o livro para comprar assim que possível! :D
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  20. Oi Ariane,
    Deu para perceber que o livro possui personagens interessantes, mas mesmo assim não conseguir gostar da trama, então acredito que não seria um livro que eu leria.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi Ane =)
    Ainda não conhecia o livro, a história me lembrou um outro livro que li... Cruzando o caminho do sol, não sei se teria alguma coisa haver, mas me lembrou... Com certeza irei ler esse livro quando tiver oportunidade, me pareceu ser uma história bem tocante.

    BeijOs!!!
    @jannagranado
    @lpdiversao
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Oi Ane!
    A princípio também tinha ficado curiosa com esse livro. A proposta parece realmente ser de uma história com muita ação e mistério. Até agora ouvi coisas boas sobre a história e provavelmente vou comprar e ler! Adoro histórias ágeis e envolventes.

    Beijos
    Daisy - nuvemdeletras.com

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por