E se surpreender ...

25/06/2015

| Arquivado em: Divagando.

imagem: Tumblr.
Por que será que continuo criando listas que nunca vou cumprir?
Todo o começo de ano é igual com metas e planos anotados em um papel bonito,
Para logo serem esquecidos...

Tudo pode mudar a qualquer momento,
E o que era importante passa a não ser mais
E listas de planos não são um mapa seguro para o futuro
Às vezes temos que caminhar as cegas.

E se surpreender...

Talvez a essa altura do caminho, fosse mais simples escolher entre a direita e esquerda,
Focar no que é preciso e não se deixar levar por sonhos ou divagações
Mas, as amarras que insistem em manter meus pés no chão estão apertadas demais.

É hora de me libertar...

Do que é ridiculamente fácil e seguro,
E correr em direção ao meu próprio destino.

E se surpreender...

As únicas metas que vou cumprir são,
Seguir meus sonhos
Nunca deixar de acreditar
Viver cada dia novo como se ele fosse meu maior presente
Correr cada vez mais rápido na direção que meu coração guiar.

De braços abertos para felicidade,
Livre como um pássaro
Sem amarras que me mantenha presa ao chão,
Nem listas de coisas que não vou cumprir.


Viver é surpreendente...

texto escrito por: Ariane Reis.  ©  Todos os Direitos Reservados.

Comentários via Facebook

16 comentários:

  1. Bela divagação, é isso mesmo. Eu costumo ser muito realista, ter tudo planejado, não que isso seja ruim mas é ótimo a sensação de fazer o que você realmente quer e não somente o que você se programou pra fazer, as reais emoções estão nesse momentos.

    Beijo,
    http://portaoazul.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ane linda, que texto incrível <3
    Acho que todos precisamos ser um pouco mais assim, mais livres, menos metódicos e sujeitos de nossas próprias cismas. Deixar a vida correr frouxa demais não é bom, mas também se aprisionar nas próprias regras é triste.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ane, nunca tinha lido nada escrito por você, e fiquei muito surpresa! Parabéns! Ah, e concordo; estou só esperando para me surpreender!

    Beijão, Guta! ♥
    www.opinada.com

    ResponderExcluir
  4. Às vezes para ser feliz basta sair da caixinha, né? E como vamos nos surpreender e realizar nossos sonhos se não nos libertarmos? Gostei do texto. Parabéns!
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  5. eu fiz uma série de listas, de planos que não consigo seguir, é até natural, a vida muda, suas prioridades mudam e os seus anseios também, mas ao mesmo tempo que graça teria se essas pequenas surpresas não permeassem o caminho?
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. adorei o pensamento de verdade, acho que reli isso mais de 3 vezes, adorei
    beijos
    Um Mundo Em Duas 

    ResponderExcluir
  7. Você tem tooda a razão.
    Posso até me assustar com grandes mudanças, mas adoro a sensação de boas surpresas!
    Amei seu texto!
    Te marquei em uma tag!!

    Bezu!
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
  8. Oi Ari
    Sempre tento cumprir minhas metas, mas acho até que quando não as cumpro, aproveito mais meu ano, mês ou seja lá o tempo que for. Acho que se surpreender é mais importante do que viver seguindo regras.
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco 

    ResponderExcluir
  9. Lindas palavras Ane. Leves e como o próprio título sugere, surpreendentes. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  10. Que lindo! Venho sentindo um chamado semelhante pra me desprender de certas coisas. Acho que a grande vantagem é justamente isso que você expressou tão bem: se deixar surpreender.

    ResponderExcluir
  11. Owntt *o*,
    Adorei, quantas vezes eu disse que meu objetivo era ser livre a treta é deixar de lado todas as listas. Acho que penso demais em tudo kk
    Beijinhos Screepeer
    screepeer.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Adorei seu texto, como sempre. Eu queria muito conseguir ser assim. Talvez tivesse menos frustrações hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  13. Oi, Ane!
    Eu adorei o poema! E super me identifiquei também.
    Eu nunca fui de fazer lista de planos. Nunca funcionam comigo. Geralmente as coisas acontecem em minha vida de forma inesperada.
    E sim, quase sempre, surpreendo-me.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Ane!
    Que texto lindo e inspirador.
    Uma realidade: devemos nos deixar surpreender.
    Verbo que deveria ser mais utilizado. Surpreender. *-* Adorei!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oiiis :)
    lindo texto!
    O problema é que é mais fácil falar, rs. Quisera eu, me libertar de planos e deixar as asas dos meus sonhos me guiarem na vida real... infelizmente, ainda não consegui, mas to na luta...
    Parabéns pela divagação. Arrasou :)

    ssentrelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Belíssimo texto, Ane!
    Às vezes passamos a vida apenas planejando, planejando e planejando e quando vemos a vida passou e não fizemos naaaaaaaada
    "Vou esperar terminar a faculdade", "vou esperar ter uma vida mais estável", "vou esperar encontrar a pessoa perfeita" etc., e nessa acabamos perdendo momentos incríveis que jamais voltarão
    O negócio é viver sem medo e... se surpreender!

    Beijos,
    Duas Leitoras

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por