A Libélula no Âmbar – Diana Gabaldon.

11/02/2016

| Arquivado em: RESENHAS.

Este livro foi recebido como
cortesia para resenha.
ISBN: 9788567296272
Editora: Saída de Emergência
Ano de Lançamento: 2014
Número de páginas: 944
Classificação: Ótimo
Sinopse:  Outlander – Livro 02.
Claire Randall guardou um segredo por vinte anos. Ao voltar para as majestosas Terras Altas da Escócia, envoltas em brumas e mistério, está disposta a revelar à sua filha Brianna a surpreendente história do seu nascimento. É chegada a hora de contar a verdade sobre um antigo círculo de pedras, sobre um amor que transcende as fronteiras do tempo... E sobre o guerreiro escocês que a levou da segurança do século XX para os perigos do século XVIII. O legado de sangue e desejo que envolve Brianna finalmente vem à tona quando Claire relembra a sua jornada em uma corte parisiense cheia de intrigas e conflitos, correndo contra o tempo para evitar o destino trágico da revolta dos escoceses. Com tudo o que conhece sobre o futuro, será que ela conseguirá salvar a vida de James Fraser e da criança que carrega no ventre?

Confesso que demorei um pouco para criar “coragem”, e me aventurar pelo segundo livro da série Outlander, A Libélula no Âmbar. Assim como no primeiro livro, eu já imaginava que ele possuía aquele tipo de história que precisa ser lida em “pequenas doses”, pois só dessa forma é possível vivencia-la por completo. A autora Diana Gabaldon, tece uma trama densa com personagens marcantes e complexos, ao mesmo tempo em que nos leva por uma incrível e perigosa viagem pelo século XVIII. Onde o verdadeiro amor e a lealdade são testados constantemente.

Não vou entrar em muitos detalhes sobre a história, até por que não quero correr o risco de dar spoilers ou de acabar escrevendo uma resenha extremamente longa.  Mas, a minha primeira reação ao começar a ler o esse livro foi um susto.  Calma que eu explico. Diferente das outras séries há que estamos acostumados, A Libélula no Âmbar não começa exatamente do ponto onde A Viajante do Tempo parou. Tipo eu tive um mini ataque e fiquei me perguntando: “Como assim?”, “O que aconteceu?”, “Devolve meus personagens favoritos Diana!”. Um pouco dramático eu sei, mas realmente a forma como a história começa aqui é meio “chocante”.

E para minha surpresa até mesmo a forma como a autora estruturou a história está diferente. Em A Libélula no Âmbar reencontramos com uma Claire e Jaime (pausa para suspiros), mais maduros em um relacionamento que superou enormes dificuldades, e que ainda em muitos momentos fica balançado pelas sombras do passado.  Se em A Viajante do Tempo o foco da história era o romance entre os protagonistas, aqui a narrativa ganhou um tom mais sóbrio constituído por um jogo de mentiras e intrigas políticas.

A cada capítulo é perceptível à profunda pesquisa de fatos históricos que Diana Gabaldon fez para compor a sua narrativa. Mas, o que deixa o enredo mais rico em detalhes, também em algumas situações  faz com que a leitura se torne um pouco “maçante”. A Libélula no Âmbar por si só já é aquele tipo de leitura mais lenta, afinal você não consegue ler um livro com quase mil páginas e absorver toda a grandiosidade de sua história em uma “sentada”, no banco da praça. Porém assim, como no primeiro livro tive a sensação que a autora se perde em detalhes que não agregavam em nada na trama.

E sim, não é segredo que eu amo História, só que na minha opinião se em algumas partes específicas a autora tivesse focado mais nos personagens do que nos fatos “reais”, a leitura ficaria mais fluida. Gosto como a autora intercala a fantasia com a história, descrevendo os lugares e costumes da época. Realmente me senti vivendo da França do Rei Luiz XIV, com seus bailes e jantares finos. Senti saudades da fria e cinzenta Escócia, mas de verdade dá para tirar uma duzentas e poucas páginas de coisas que não causam nenhum grande “impacto” na narrativa.

Gostei da inserção dos novos personagens, pois além deles serem peças importantes para história, à presença deles reforça o quanto tudo na série Outlander está interligado e como desde o começo a autora Diana Gabaldon sabia exatamente por qual caminho guiar a trama e seus personagens.  Adorei a Brianna e o Roger, como também fiquei encantada pelo pequeno Fergus ().  Esse é outro ponto interessante na série, já que por ser bastante extensa ela acaba precisando de uma quantidade maior de personagens. E aqui todos tem uma personalidade marcante, uma identidade própria que faz como que sejam amados ou odiados.

Fiquei em muitos momentos com o coração na mão durante a leitura de A Libélula no Âmbar. Eu tentava entender e justificar as atitudes da Claire e do Jaime. Eu me perguntava como no meio de tanto amor, podia haver tantas dúvidas, tanta culpa e tanta dor. E é ai que a maior qualidade da escrita da Diana Gabaldon se revela, por que mesmo que a história seja densa, você fica tão envolvido com aquilo, se apega tanto aos personagens que quando se dá conta o livro já acabou. E que final “cretino” em dona Diana (...). Como você pode fazer isso com meu pobre coraçãozinho? Como sobreviver sem saber o que acontece? Digo apenas que preciso ler O Resgate no Mar com a máxima urgência.

“- Passei mais de vinte anos buscando respostas, Roger, e só posso lhe dizer uma coisa: não há respostas, apenas escolhas.”

Em uma sequência fantástica cheia de reviravoltas, A Libélula no Âmbar é aquele tipo de livro que nos deixa com coração apertado e conscientes que a cada capítulo tudo pode mudar. E isso só tornar a sua história ainda mais incrível.  Apenas muito amor por essa série minha gente ().

Veja Também:
A Viajante do Tempo
.

Comentários via Facebook

26 comentários:

  1. Oi, Ane!
    Eu ainda estou decidindo se lerei a continuação de Outlander. Gostei do primeiro livro, mas acho que a série é muito longa e não sei se estou em condições de ler algo tão extenso, no momento.
    Concordo plenamente com você quanto às partes desnecessárias da história. Acho que a autora poderia ser bem menos prolixa e focar mais no essencial.
    Adorei sua opinião.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Tenho umas amigas quem amam essa história. Toda conversa tem o Jaime no meio hahaha! Nem preciso dizer que já me apaixonei por ele sem nem mesmo conhecer, né? hahaha ♥ Apesar de eu amar ler muito, tenho vontade de ver a série hehehe! Quanto aos finais, esses autores adoram nos surpreender de uma forma que machuca o nosso coração, né? hahaha Poxa vida! :(

    Beijocas,
    Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
  3. oi flor, bom saber do crescimento da autora em sua obra, suas pesquisas e minúcias com certeza deixam a trama mais agradável e denotam maiores cuidados com o enredo
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi oi, tudo bem? Eu comecei a ler esse livro, e não to conseguindo continuar, empaquei na leitura, não sei o que é! Não é meu estilo de leitura preferido, mas acho que vale a pena insistir um pouquinho, né? E a proposito, gostei muito da sua resenha!

    Um super beijo!

    Lendo Distopias

    ResponderExcluir
  5. Oi Ane!
    Estou LOUCA pra ler "A viajante do tempo" ou ver a série... Mas preciso de coragem!
    Adorei a resenha!
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br
    Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=_LbfE9UtwYs

    ResponderExcluir
  6. Já quero ler!!! Sério! Amei a premissa do livro, amei a resenha, amei a capa! Parece ser uma leitura de tirar folego!!
    Beijos,
    Luana Agra - Blog Sector 12 - http://sector-12.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi!!

    Vou confessar que: tenho muita vontade de ler esses livros. Mas não tenho dinheiro agora para comprá-los! haha
    Mas ainda vou assistir a série!

    Beijos!

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  8. Helloo, Ane! Tudo numa nice?!
    Primeiro quero dizer que eu gostei do novo design do lay. Tinha tentando entrar no seu blog há um tempo, mas vi que estava fechado então deduzi que estava fazendo mudanças no template.
    Bem, eu descobri o livro por causa da série, mas não conferi nenhum dos dois ahaha. Eu já ia ter preguiça já de cara por ver a quantidade infinda de páginas. Credo! Como a autora conseguiu escrever tanto assim?! Ás vezes é bom porque ficamos um tempo a mais com personagens que amamos, mas às vezes não funciona. Mas eu aplaudo autores que conseguem escrever tanto e entregar uma ótima estória.
    O contexto Histórico já me fisgou de cara, amo História, melhor matéria ahaha.
    Ótima resenha!!
    Beijin...
    Pieces of Alana Gabriela

    ResponderExcluir
  9. Oieee,

    Os livros da série são do tipo que te deixam num porre literários daqueles hehe, fiquei pensando como a autora consegue escrever livros tão grandes e olha que são 8 livros e a história não ficar pedante, até o momento li apenas até o livro 4 e estou dando um tempo para poder ler os outros, mas com certeza vale muito a pena ler a série!

    XoXo

    http://www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  10. É, não sei, deixa eu ver... acho que, é acho que dá.
    ahh se foi vc quem indicou acho que vou ler rsss
    Bjo

    Histórias, estórias e outras polêmicas

    ResponderExcluir
  11. Olá, Ane.
    Eu não tenho muito interesse em ler esse livro. Primeiro porque a série é enorme e os livros também e segundo porque história é a matéria que eu menos gosto hehe. Mas que bom que você gostou.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  12. Oi
    que bom que gostou da leitura e quanta página ele tem em. Eu não conheço muito bem a história dos livros, mas parece ser muito envolvente e com personagens interessantes.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Parabéns pela resenha Ane! Já li A Viajante do Tempo, A Libélula no Âmbar e O Resgate no Mar Parte 1 e curti bastante. Estou ansiosa para ler O Resgate no Mar Parte 2! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Ane, sua linda, tudo bem
    Estava no blog Prefácio da Sil e li um pouco sobre você e vim conhecer o seu blog. Já vi que temos algo mais uma coisa em comum (eu adoro Harry Potter e acho que você também depois de ter citado o chapéu seletor, risos...) a paixão por história. Esse é um dos motivos pelos quais sempre quis ler essa série. Sua resenha ficou ótima!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Ane!
    Estou lendo esse livro! *---*
    E concordo com tudo o que você disse. Eu tomei um sustão quando comecei a lê-lo e vi que 'faltavam páginas', rs.
    Confesso que ainda estou na parte chata da coisa, explicações e apresentações da corte, mas Claire e Jamie são tão apaixonantes que não consigo parar a leitura, quero saber mais e mais!
    E eu já comprei o livro 3 para não ficar mal depois do termino, rs.
    Beijos Ane e obrigada novamente pela dica desse livro
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Ane,
    Preciso desse livro *----*
    Não ó desse mais de todos. Estou enrolando desde o ano passado para ler A Viajante do tempo e não pego. Amo a série e espero que os livros sejam melhores ainda <3
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Gostei da resenha.A história parece interessante :)
    Nao curto muito esse gênero, mas o modo que você fez a resenha me cativou :)

    ei, pode me mandar um oi no e-mail carolina.hermanas@yahoo.com.br?tô montando um projeto e preciso da sua ajuda :)

    beeijos
    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Eu tbm tenho dificuldade em ler livros assim justamente pq sei que será uma leitura densa. Eu particularmente prefiro livros mais leves, engraçados, até mesmo romanticos,. Não aqueles romances pegajosos, ma sum romance que tem trama e historia de verdade, sou apaixonada. Sua resenha me agradou bastante, vou procurar saber mais do livro *-*
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi, Ane, tudo bem?

    Excelente resenha, parabéns!!! :D

    Eu tenho muita vontade de começar essa série, mas os livros são enormes, né? E eu já estou empacada em As Crônicas de Gelo e Fogo. Eu vou montar um esquema, sabe? Pra ler esses livros mais grossos. Ler uma determinada quantidade de páginas por dia, pois por mais que eu demore meses pra ler, pelo menos lerei, né?

    E é tão bom quando a gente percebe que o autor teve todo um trabalho de pesquisa pra poder escrever e dar veracidade à história. Acho que isso dá mais credibilidade à obra.

    Espero ler a série um dia!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  20. Olá, Ane! Tudo certo?
    Já ouvi falar de Outlander, mas tenho uma preguicinha de começar séries. Fiquei feliz em confirmar com a leitura da sua resenha que não são livros superficiais: há todo uma profundidade acerca dos sentimentos dos personagens. Isso é ótimo e faz valer a leitura!
    Beijo!

    Blog || Fan Page

    ResponderExcluir
  21. Olá Ane,
    quero muito ler essa série, mas é realmente preciso muita "coragem" rsrs
    Sua resenha me instiga a dar uma chance, a construção dos personagens e o enredo parecem ser incríveis.

    Bjs!
    Anne
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  22. Olá, Ane! Tudo bem?
    Ainda não li nada do universo Outlander, mas tenho bastante curiosidade.
    Todos que leem sempre mencionam a riqueza em detalhes e no romance como um todo.

    Espero um dia ler e gostar tanto quanto você. Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Oi Ane,
    Me falta coragem para começar a ler essa série, nao apenas pq os livros são extensos, mas pq a própria série é grande...
    Acho interessante essa mistura de vários generos que a série promete (romance, fantasia, aventura), mas a premissa em si nao me ganhou.
    Abraço,
    Alê
    www.alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Oi Ane! Eu li apenas o primeiro e preciso arrumar tempo para continuar a série, que pelo visto só fica mais empolgante. Que bom que você está curtindo.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  25. Oi Ane, tudo bem?
    Ótima resenha sem spoilers!
    Por enquanto eu me mantenho apenas como fã da série, mas não descarto a leitura. Só estou um pouco intimidada com a extensão dos livros hahaha!
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  26. Oi Ane,

    Eu ainda estou no meio do primeiro livro e amando cada parte. Conheci os livros pela série e não me arrependo desses calhamaços. É uma estória realmente perfeita, com relatos históricos e personagens cativantes. A autora judia um pouco do coração da gente, mas tudo bem, espero que ao final dessa aventura tudo termine bem.

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por