A Prisão do Rei por Victoria Aveyard.

23/05/2017

| Arquivado em: RESENHAS.

Este livro foi recebido como
cortesia para resenha.
ISBN: 9999094163351
Editora: Seguinte
Ano de Lançamento: 2017
Número de páginas: 552
Classificação: Ótimo
Sinopse: Rainha Vermelha – Livro 03.
Mare Barrow foi capturada e passa os dias presa no palácio, impotente sem seu poder, atormentada por seus erros. Ela está à mercê do garoto por quem um dia se apaixonou, um jovem dissimulado que a enganou e traiu. Agora rei, Maven continua com os planos de sua mãe, fazendo de tudo para manter o controle de Norta — e de sua prisioneira. Enquanto Mare tenta aguentar o peso sufocante das Pedras Silenciosas, o resto da Guarda Escarlate se organiza, treinando e expandindo. Com a rebelião cada vez mais forte, eles param de agir sob as sombras e se preparam para a guerra. Entre eles está Cal, um prateado em meio aos vermelhos. Incapaz de decidir a que lado dedicar sua lealdade, o príncipe exilado só tem uma certeza: ele não vai descansar enquanto não trouxer Mare de volta.

A Rainha Vermelha foi àquela série que chegou de mansinho, gerando nessa que voz escreve emoções contraditórias até que por fim me vi completamente envolvida pela trama de Victoria Aveyard. E A Prisão do Rei, é visível não somente a evolução da série e de seus personagens, mas principalmente da escrita da autora. Por esse motivo arrisco-me em dizer que esse é o melhor livro da série até aqui.

Quem quiser fugir de spoilers pode pular três parágrafos a partir de agora.

Quando se entregou a rei Maven Calore para salvar seus companheiros da Guarda Escarlate, Mare Barrow esperava por uma morte lenta e dolorosa, só que isso não aconteceu. O rei a trancou numa jaula silenciosa em que todos os dias os erros que cometeu a atormentam, e sem o seu poder pouco a pouco o que resta de suas forças vai sendo drenado. Se isso já não fosse o bastante Mare precisa lidar com a hostilidade de nobres prateados como Samson Merandus e Evangeline Samus, além da estranha obsessão que Maven tem por ela.

Do lado de fora do palácio de Whitefire a Guarda Escarlate continua agindo nas sombras e conquistando mais espaços no reino de Norta, apesar de todas as tentativas do rei de enfraquecer a rebelião. Cal o príncipe exilado é visto pelo Comando como uma peça importante contra a tirania de Maven. Mas a sua lealdade é questionável, principalmente para os vermelhos que ainda o vêm como prateado que por anos escravizou e matou pessoas inocentes. Só que nem os mais desconfiados podem negar que príncipe é indispensável nessa guerra, principalmente por que ele está disposto a fazer o que for preciso para trazer Mare de volta.

Conforme os conflitos vão se intensificando por toda Norta, velhos inimigos se torna aliados e novas alianças são feitas em nome do poder. A guerra finalmente começa e dessa vez os alvos são tanto vermelhos como prateados, e por mais que Mare e Cal queiram a mesma coisa talvez os sentimentos e os ideais que os unem não sejam fortes o suficiente para sobreviver às novas intrigas e conspirações.

Contrariando algumas opiniões que ouvi e li, particularmente gostei muito de A Prisão do Rei. Claro que reconheço que o começo é um pouco “parado”, porém foi justamente esse ritmo mais lento que possibilitou a autora desenvolver melhor tanto alguns personagens como pontos importantes da história. Confesso que fiquei assim como muitos eu espera que a séria A Rainha Vermelha terminasse no terceiro livro, por isso uma das minhas principais dúvidas era se Victoria Aveyard teria “assunto” para um próximo livro. E sim, a ela tem! A verdade é que autora deixou a história totalmente em aberto e dando um gancho incrível para a continuação.

E por mais que o Maven seja visto como o grande vilão da história em especial levando em conta o triângulo amoroso formado por ele, Mare e Cal, eu nunca consegui ver o personagem como sendo “mal”. Manipulável e manipulador talvez? Cretino, com certeza. Porém apesar de todas as sombras que rondam a sua mente e o visível flerte dele com a loucura, uma parte de mim não deixa de ter “pena” pela pessoa que a rainha Elara o tornou. Sem falar que em muitos momentos gosto do sarcasmo do Maven, pois mesmo que ele tenha sido um “fantoche” a vida toda, eu ainda acho que ele um dos personagens senão o mais inteligente, um dos melhores estrategistas da trama.

Os diálogos dele com a Mare são um dos pontos altos da narrativa, pois através deles vemos toda a dor do rei. A Mare teve uma boa evolução aqui e foi gratificante ver um lado mais “humilde” da personagem.  Ela reconheceu seus erros e de certo modo está disposta não a repara-los, mas evitar que suas ações prejudiquem o Guarda e sua família novamente. Só que é visível o quando o coração dela é divido em amor e ódio pelo rei e o príncipe.

O Cal aqui teve não somente uma participação menor, como “reduzida” dando a impressão que ele que não consegue tomar decisões importantes por si mesmo,  e esse foi algo que me incomodou um pouco.  Sempre fui a favor de a narrativa ser dividida entre os pontos de vista de vários personagens para termos uma visão mais ampla da história. Isso de fato acontece aqui, porém ao invés de um desses pontos de vista ser do Cal é de uma outra personagem que sinceramente não tem tanto peso na trama como o príncipe.

Gosto quando o autor abre espaço para os personagens secundários, mas de todos os personagens que podiam ter um maior destaque em A Prisão do Rei, a autora escolheu alguém com uma personalidade muito parecida com a da Mare o que deixou tudo meio elas por elas, se que vocês me entendem. Adorei as partes narradas pela peste da Evangeline, não só por que elas foram importantes no contexto da história, mas especialmente por ver quem realmente é a Evangeline. E admito que me algumas revelações sobre ela foram bem surpreendentes.

Em A Prisão do Rei, Victoria Aveyard apresentou uma narrativa bem amarrada com uma boa dose de ação. Além disso, a autora expandiu o universo de A Rainha Vermelha ao mesmo tempo em que deixou o desfecho da série em aberto criando assim várias possibilidades. Ou seja, podemos começar a fazer nossas apostas e criar as nossas teorias da conspiração, por que a partir de agora o jogo pode mudar a qualquer momento.

“Nossos poderes vieram da corrupção, de uma praga que matou a maioria. Não fomos escolhidos, mas amaldiçoados.”

Com um final que deixa qualquer leitor com o coração na mão e ansioso pelo próximo capítulo da série, A Prisão do Rei é um livro cheio de reviravoltas e intrigas políticas em que o medo de perder o poder e o desejo de conquista-lo ditam o ritmo de uma guerra que apenas começou. Mal posso esperar para ver quem vai se sair vencedor, embora acredite que independente do lado que ganhar essa batalha, ambos tem muito mais a perder do que a ganhar com ela.

Veja Também:
A Rainha Vermelha.

Comentários via Facebook

26 comentários:

  1. Oi Ane, sua linda, tudo bem?
    Eu gosto muito quando os autores nos colocam divididos em relação aos personagens, sem saber se são confiáveis ou não. E acredito que mesmo em uma guerra, é suspeito que inimigos se tornem aliados. Não acredito muito nisso. Acho que é aquela velha história o inimigo do meu inimigo é meu amigo, mas só nesse caso, depois que a situação é resolvida, cada uma vai para o seu lado, risos... Por isso não consigo confiar. Não vejo a hora de ler essa série!!! Adorei essa resenha!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. não li completa, Ane, pois lerei o livro em breve, mas gostei do enredo geral e também da sua critica
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Ane! Eu li apenas o primeiro e tenho esperanças que a sequencia me empolgue mais, já que muitas partes da história me lembraram outras séries que acompanho. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Gente, eu já tinha amado o segundo livro, e o terceiro conseguiu ser melhor?! Adorei! Quero muito ler esse livro, mas não lembro de muita coisa, então preciso reler os dois primeiros.
    Beijos!

    Http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela resenha Ane! Já li A Rainha Vermelha, Coroa Cruel e Espada de Vidro e curti bastante. Estou ansiosa para ler A Prisão do Rei! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Ane! Eu tb gosto bastante quando o autor abre espaço para os secundários e às vezes eles empolgam até mais que os protagonistas hehehehehe Eu ainda não li o primeiro dessa série, mas entendo isso das pessoas não gostarem mas vc sim, acontece comigo com muita frequência rsrsrsrrss

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Oi, Ane

    Menina, eu tô empurrando essa leitura com a barriga o máximo que eu posso, mas em breve terei que ler. Espero que, assim como você, eu ache o livro melhor que seus antecessores, porque até agora só vi xerox maquiada.
    Sobre o triângulo amoroso de Maven, Mare e Cal, ela volta com isso, é? E Kilorn friendzoned? Eu hein...
    Enfim, lerei mês que vem com certeza!

    PS: Tô torcendo tanto pra Mare ter o mesmo fim de Beatrice Prior... hahahaha

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Ane, tudo bom?
    AI ME ABRAÇA PORQUE TUAS IDEIAS SOBRE O MAVEN, SINTO ISSO TAMBÉM. Ele me quebra em todo livro, aquele menino. Amo cada pedacinho dele, e conhecer o passado e o que fez dele quem é me deixou muito triste. Não que justifique as crueldades, mas a gente entende quem ele se tornou :/
    Gostei muito desse livro exatamente por ele ser paradão, acho que a Victoria desenvolveu bem os arcos dos personagens por causa disso. Sem falar que as cenas de ação, quando aconteceram, foram UAU.
    E eu odeio o Cal então ele ter sumido foi tipo GRAZADEUS CONTINUE ASSIM ASUHUHASUHASUHASUHASUHASUHASUH
    Amei sua resenha!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, Ane!
    Eu abandonei a série no segundo livro. Não dava mais não. Mas eu gostava muito do Maven
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Dois Anos de Família Hallinson

    ResponderExcluir
  10. E eu ainda nem comecei, acredita?
    Eu amo viver naquele conflito entres os personagens, sabe? Cofiar ou não? E só tenho encontrado elogios da série.
    Preciso me animar e iniciar logo!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Amei a resenha, sempre quis ler essa série só que sempre dizia "depois, depois" agora tô querendo ler depois da resenha
    Beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia muito da série, apenas via as capas em alguns perfis por aí. Bom saber que a escrita e a história evoluíram no decorrer dos volumes. Amei a resenha <3

    Beijos
    Meu Outro Lado

    ResponderExcluir
  13. Oooi!

    Menina, li A Rainha Vermelha, mas não curti. Não me atraiu, não me pegou daquele jeito, sabe? hahhah Enfim, que bom que você está aproveitando bem a leitura da série. Beijos,

    www.estranhoscomoeu.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Ane, não estou lendo a série, pelo menos por enquanto. Tantos lançamentos bacanas a cada mês, fica difícil acompanhar tudo, né? Mas me pareceu uma leitura bem interessante sim, gostei da indicação. Um beijo!

    ResponderExcluir
  15. Olá, Ane.
    Eu só li o primeiro livro desa série e amei ele. Mas acho que fui uma das únicas porque só leio resenhas negativas dos livros hehe. Esse mesmo já li várias negativas. Não gostei de saber que diminuíram a participação do Cal hehe. E eu eu também não consigo ver o Maven como vilão, pelo menos por enquanto, vai que eu mude de ideia nos próximos livros hehe. Assim que der vou ler que já tenho ele aqui na estante.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  16. Ooi Ane, adorei a resenha, mas o livro não faz muito o meu gênero de leitura, então provavelmente eu não leria.
    beijos boa semana
    bellapagina.blogspot.com.br
    Face: Bella Página

    ResponderExcluir
  17. Olha, não sei nem se é possivel, mas fiquei ainda mais animado para ler esse. O final de Espada de Vidro já é DESESPERADOR, então já irei me preparar para "A Prisão do Rei" haha

    Abraço!
    http://lupiliteratus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi
    já li tantos comentários negativos desses livros que dei uma desanimada, mas ainda tenho um pouco de curiosidade com eles, que bom que gostou bastante desse e que a história evoluiu para melhor nesse livro.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oláá! tudo bem?
    Fiquei bem animada com essa sua resenha, viu? Eu ainda não li a rainha vermelha, mas estou com ele lá em casa para começar algum dia hehe
    mas andei lendo tanta crítica negativa sobre a série que fiquei bem desanimada. mas gostei do que falou (pulando os parágrafos do spoiler), ainda mais dos personagens secundários e tal - eu sempre gosto quando dão mais destaque a eles.
    beeijo

    http://lecaferouge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi Ane,
    Eu tenho "mixed fellings" sobre essa série.
    Vi muita gente elogiando, vi muita gente dizendo que era mais do mesmo.
    Então gostei de saber que esse livro é uma evolução e que a autora conseguiu desenvolver mais a fundo alguns personagens.
    Tbm achava que A Rainha Vermelha seria uma trilogia. Bom, vou aguardar os proximos volumes antes de decidir se vou ler ou nao.
    Ah, e falando nisso, agora que Sangue por Sangue está para sair, já solicitei Lobo por Lobo. Espero gostar tanto quanto vc :D
    Abraço,
    Alê
    www.alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Tenho que correr e ler os volumes anteriores.
    Bjs
    https://eternamente-princesa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Li muita resenha criticando o livro e apesar de ter comprado nao vou começar a leitura muito ansiosa kkkkkk porque ja nao gostei da espada de vidro. Achei a Mare muito chata kkkkkk
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Quero muito ler essa série *--*
    Lembro de quando o primeiro foi lançado, e nossa, já está no terceiro. Preciso me atualizar, rsrs. Ótima resenha, como sempre =)

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
  24. Olá! Acho essa série um máximo, com certeza conferirei quando tiver oportunidade. Adorei sua resenha, ficou ótima, escreveu muito bem suas impressões! A capa desse livro também é divina né, digna de ser lida hah!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oi Ane,
    Ai Deus, eu peguei uma antipatia por esses livros que só vendo...
    Não consigo me atrair pela série. A decepção com 'A Rainha Vermelha' foi tanta que já desisti. Uma pena, porque parece que melhora.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oi Ane,
    Ainda não li nenhum livro dessa série, mas confesso que fiquei curiosa para conhecer o Maven. Vou tentar ler “A Rainha Vermelha” no futuro, para conhecer a trama. Ótima resenha!!!


    *bye*
    Marla
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por