À Primeira Vista por David Levithan e Nina LaCour.

14/08/2017

| Arquivado em: RESENHAS.

Este livro foi recebido como
cortesia para resenha.
ISBN: 9788501109347
Editora: Galera Record
Ano de Lançamento: 2017
Número de páginas: 294
Classificação: Bom
Sinopse: Esqueça amor “à primeira vista”. Esta é uma história de amizade “à primeira vista”... ou quase Mark e Kate são da mesma turma de cálculo, mas nunca trocaram uma única palavra. Fora da escola, seus caminhos nunca se cruzaram... Até uma noite, em meio à semana do orgulho gay de São Francisco. Mark, apaixonado pelo melhor amigo — que pode ou não se sentir do mesmo jeito —, aceita o desafio que mudará sua vida. E sobe no balcão do bar em um concurso de dança um pouco diferente... Na plateia, Kate, fugindo da garota que ela ama a distância por meses e confusa por não se sentir mais em sintonia com as próprias amigas, se encanta pela coragem e entrega do rapaz. E decide: eles vão ser amigos. Em meio a festas exclusivas, fotógrafos famosos, exposições em galerias hypadas, essa ligação se torna cada vez mais forte. E Mark e Kate logo descobrem que, em muito pouco tempo, conhecem um ao outro melhor que qualquer pessoa. Uma história comovente sobre navegar as alegrias e tristezas do primeiro amor... uma verdade de cada vez.

Existem autores que são praticamente uma unanimidade dentro do gênero que escrevem e o autor, David Levithan sempre me passou a impressão de ser um desses casos. À Primeira Vista escrito em coautoria com a autora Nina LaCour foi meu primeiro contado com a escrita de ambos. E apesar de pequenos detalhes que em minha opinião podiam ter sido mais trabalhados, no geral gostei bastante do que encontrei aqui.

Mark está completamente apaixonado pelo melhor amigo Ryan. E embora a relação dos dois esteja mais para uma típica “amizade colorida”, Mark não tem certeza de Ryan sente o mesmo por ele.  Durante a festa de abertura da Semana do Orgulho Gay, Mark aceita o desafio de participar de um concurso de dança um pouco diferente. Porém o garoto não faz a menor ideia que Kate, sua colega a turma de calculo está na plateia.

Kate por sua vez, foi parar na boate Happy Happy por que não se sente pronta para conhecer Violet, a garota que ela só conhece por fotos e há meses está apaixonada.  Porém a coragem de Mark a incentiva, Kate decide que os dois precisam ser amigos. E bastam apenas algumas palavras para que Mark perceba que também quer ser amigo e Kate. E essa amizade que antes parecia improvável, os leva para o mundo glamoroso de fotógrafos famosos e exposições em galerias conceituadas. Mark e Kate descobrem que entre as alegrias e desilusões do primeiro amor, a verdadeira amizade é aquele porto seguro que sempre podemos contar para iluminar nossos dias.

À Primeira Vista possui uma narrativa fluida em que logo nos primeiros capítulos nos afeiçoamos aos personagens e ficamos na torcida por um final feliz. Mas, o que torna a narrativa tão fácil de acompanhar é ao mesmo tempo o que deixa tudo um pouco “superficial”.  Dividida entre o ponto de vista de Mark e Kate o livro aborda uma semana na vida dos jovens, e o fato de tudo ser “instantâneo” demais é algo que me incomoda bastante em qualquer história que eu leia.

Gostei dos protagonistas, porém confesso que senti uma empatia maior pelo Mark, pois a sensação que pelo menos eu tive foi que o Ryan “brincou” com os sentimentos dele. A Kate embora seja uma boa personagem em muitos momentos passou a impressão de ser uma pessoa volúvel. E sinceramente, não sei se eu teria a paciência que a Violet teve com ela, principalmente levando em conta todos os encontros e desencontros que elas têm na história.

David Levithan e Nina LaCour escreveram uma história simples e gostosa de se acompanhar, só que senti falta de um aprofundamento maior em questões importantes como por exemplo, o relacionamento de Mark e Kate com os pais. No caso da Kate isso ainda acontece, mas assim como tudo na narrativa em geral, acabou sendo um pouco superficial. Além disso, em diversas situações tive a impressão que os autores se perdiam em detalhes que não agregavam muito na narrativa e com isso deixavam de explorar outros pontos que eram relevantes.

Porém o que mais me marcou na leitura de À Primeira Vista, foi à reflexão e percepção maravilhosa que os autores trazem sobre a comunidade LGBT. Em pleno 2017 (quase 2018), ainda fico assustada em perceber o quanto o preconceito ainda está fortemente presente em nossa sociedade, e encontrar em um livro voltado para o público jovem uma reflexão tão verdadeira e bonita, fez com que a leitura valesse a pena e principalmente, com que meu coração ficasse preenchido e amor e esperança.

“Se olharmos embaixo das superficialidades, o que vamos encontrar é amor.”

Com uma narrativa leve e personagens carismáticos, À Primeira Vista é um livro perfeito para uma tarde preguiçosa de domingo, ou para quando estamos precisando ler algo para deixar o nosso coração mais quentinho. David Levithan e Nina LaCour nos presenteiam aqui com uma história que fala sobre a importância da amizade que e principalmente nos mostra que conhecer e amar a si mesmo,  é a única forma de amar o próximo e encontrar a felicidade.

Comentários via Facebook

21 comentários:

  1. uma trama maravilhosa, que enredo atual, curti demais e leria com certeza
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ane!

    Ainda não conhecia este livro e nunca li os romances escritos pelo David Levithan. Amei a sinopse e fiquei super curiosa para saber o que vai acontecer com os protagonistas. É absurdo o fato de em pleno século XXI ainda ter tanta gente preconceituosa, isso é tão triste... Muito bom ter mais um livro no mercado editorial que aborde a comunidade LGBT.
    Adorei a dica!

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ane!
    Menina, eu sou traumatizada com o Levithan desde o livro dele com o João Verde que eu fujo de todas as obras. Sei que é bem prepotente, mas pelas resenhas que já vi de seus livros, eles têm o mesmo estilo do livro que li.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Concorra ao livro Depois do Fim autografado

    ResponderExcluir
  4. Olá! Já ouvi falar desse livro, parece ser interessante, mas ainda não tenho certeza se eu ia gostar hahhaha. Acho que leria em um dia que eu precisasse de uma leitura mais leve, ou depois de ter lido um livro com uma trama densa, pra "aliviar" um pouco kkkkk.
    Também não curto muito livros que narram superficialmente alguns detalhes..
    Beijos,
    Meise Renata.
    viciadas-em-livros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oie Ane
    Eu li no inicio do ano eu li "Naomi e Elly" do David Levithan wm co-autoria.
    E pelas sua resenha , mesmo sendo livros diferentes ,você teve as mesmas impressões que a minha.
    Vou anotar a dica de leitura

    Beijos

    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
  6. Oi Ane,
    O livro parece ter uma trama leve é interessante e como eu ainda não li nada do autor, acredito que esse seria um bom livro para começar. Dica anotada!!

    *bye*
    Marla Almeida
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Gostei da resenha Ane. Aprecio muito os livros do David Levithan, principalmente a narrativa e abordagem delicada que o autor possui. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, Ane.
    Essa é minha atual leitura, li sua resenha com medinho de pegar algum spoiler, mas por sorte não tem nada que ainda não li.
    Embora esteja no comecinho já pude notar essa questão do Ryan.
    Espero continuar gostando.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  9. Adorei a resenha, bem completa como sempre!
    Preciso voltar a ler, sinto falta!

    Um beijo enorme! <3
    Carla Carrais | www.cahcarrais.wordpress.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Ane! Acredita que até hoje nunca li nada do David? E ele é tao querido pelos leitores! Mas ainda lerei rsrsrs fico feliz que vc tenha gostado da leitura, eu gosto de livros assim, leves para um domingo!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  11. Oi
    eu já li um livro do autor e gostei, bom eu vi esse nas nes da editora mas não solicitei, a história parece ser legal que além da paixão dos personagens, fala de amizade também e gosto de histórias com amizades fortes. Pena que achou algumas coisas superficiais e instantâneas( também não curto quando as coisas acontecem rápido de mais,

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oie
    Parece ser um livro bem interessante e eu adoreeei a capa, super linda!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  13. Amo os livros do David e estou bem curiosa quanto a esse. Amei a resenha
    Beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá, Ane.
    O David é um autor que sempre levanta a bandeira em suas histórias. Não sei se leria esse livro porque apesar de amar o autor, eu não gosto muito dos livros dele quando ele escreve junto com outra pessoa. Não sei o que acontece, mas não é a mesma coisa.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  15. Oie
    Já li vários livros do autor, alguns eu gostei. Ainda não tinha visto este, fiquei interessada. Adorei saber sua opinião, me pareceu ser um bom livro e que faz pensar sobre o assunto.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá!!
    Não conhecia o autor e muito menos o livro!
    Obrigada pela dica!!
    5 O'clock Tea

    ResponderExcluir
  17. Oi Ane...
    Li esse livro recentemente também e concordo com vc é um livro para uma tarde gostosinha, tem uma narrativa fluída e leve, foi meu primeiro contato com ambos autores, e confesso que foi uma surpresa boa, gostei bastante do que encontrei...
    Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
  18. Eu sou louca pra ler esse livro, A capa é maravilhosa! Só li dois livros do David mas tenho certeza que vou amar esse só pela historia em si,
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olá Ane!

    Gostei muito da premissa desse livro e sua resenha está maravilhosa! É tão bonito ver um tema sobre amor LGBT para jovens. São poucos livros sobre o assunto que falam de uma maneira tão pura e verdadeira. Me parece um livro recheado de muito amor! Vai entrar para a minha lista.

    Beijos

    Vivian


    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  20. Oi, Ane

    Esse autor só escreve livro com temática LGBT, né? Pelo menos todos que eu conheço a possuem.
    Que pena que vc sentiu a narrativa superficial e instantânea.
    Confesso que o enredo não chamou minha atenção, mas achei bacana o fato de ser um livro wue celebra a amizade!

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  21. Olá Ana,

    Esse é mais um livro que fico conhecendo aqui, gostei da premissa e da capa e pela sua resenha vale a leitura....bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por