Sponsor

Mostrando postagens com marcador A Traidora do Trono. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador A Traidora do Trono. Mostrar todas as postagens
abril 27, 2017

A Traidora do Trono por Alwyn Hamilton

| Arquivado em: RESENHAS.

Este livro foi recebido como
cortesia para resenha.
ISBN: 9788555340291
Editora: Seguinte
Ano de Lançamento: 2017
Número de páginas: 440
Classificação: Ótimo
Sinopse: A Rebelde do Deserto – Livro 02.
Amani Al’Hiza mal pôde acreditar quando finalmente conseguiu fugir de sua cidade natal, montada num cavalo mágico junto com Jin, um forasteiro misterioso. Depois de pouco tempo, porém, sua maior preocupação deixou de ser a própria liberdade- a garota descobriu ter muito mais poder do que imaginava e acabou se juntando à rebelião, que quer livrar o país inteiro do domínio do sultão. Em meio às perigosas batalhas ao lado dos rebeldes, Amani é traída quando menos espera e se vê prisioneira no palácio. Enquanto pensa em um jeito de escapar, ela começa a espionar o sultão. Mas quanto mais tempo passa ali, mais Amani questiona se o governante de fato é o vilão que todos acreditam.

A Rebelde do Deserto da autora Alwyn Hamilton foi aquele livro que a princípio vi com pouco desconfiança, mas que no decorrer da leitura foi me conquistando a cada capitulo. Por esse motivo, seria hipocrisia da minha parte dizer que eu não estava cheia de expectativas e ansiosa para me aventurar pelas lendas árabes e o deserto novamente. E só posso adiantar uma coisa para vocês, - foi incrível.

Pode conter spoilers do livro anterior, por isso quem não quiser se arriscar pule três parágrafos agora.

Depois de finalmente conseguir escapar da Vila da Poeira montada em um cavalo mágico e ter atravessado o deserto inteiro ao lado do misterioso Jin, a vida de Amani nunca mais foi à mesma. Entre perigosas aventuras nas impiedosas areias do deserto e um oásis perdido, ela descobriu partes mais sombrias de seu passado, encontrou o amor  e algo por que lutar.

A famosa e temida Bandida de Olhos Azuis se juntou a rebelião, e seus recém-descobertos poderes mágicos aliados a uma mira perfeita, fazem dela umas das peças mais importantes no plano para derrotar o Sultão e tira-lo do poder. Só que as coisas  acabam se complicando um pouco no caminho. Traída e capturada pelo inimigo, Amani vai parar no palácio.

Agora ela precisa correr contra o tempo para avisar os rebeldes sobre seu paradeiro e os planos terríveis que o Sultão está tramando. Mas antes ela precisará sobreviver ao Harém e principalmente aos fantasmas do passado que voltaram para assombra-la. Os inimigos estão por todas as partes e um passo em falso de Amani pode colocar tudo a perder. O futuro da rebelião e a sobrevivência dos rebeldes estão em suas mãos. E logo ela aprenderá da forma mais difícil, que na dúvida a única opção segura é confiar em si mesma.

Em A Traidora do Trono, Alwyn Hamilton nos apresenta uma narrativa ágil bem amarrada, cheia de intrigas e conspirações, algo que eu particularmente adoro. Esse foi um livro que me deixou com o coração na mão em vários momentos, pois um dos grandes diferenciais da escrita da Hamilton é o fato dela ser totalmente imprevisível. E isso ficou muito claro nesse segundo livro da série A Rebelde do Deserto.Como as areias do deserto, aqui tudo pode mudar em segundos.

Outro ponto que merece destaque é a evolução da Amani como protagonista. Eu já tinha gostado muito da personagem no primeiro livro, pois a Amani não é aquela mocinha chata e sem graça que fica a espera do príncipe encantado para salva-la. Ela é o completo oposto disso. Amani é forte, corajosa e está disposta a fazer o que for preciso para tirar o sultão do poder, só que sem aquele “altruísmo” clichê do: “Eu me sacrifico pelo bem maior”. O fato de a personagem demonstrar suas fraquezas, ao ponto de muitas vezes parecer até um pouco "egoísta" faz dela humana.E isso me aproximou ainda mais dela.

A inserção de novos personagens trouxe um dinamismo maior para história, ao mesmo tempo em que deixou tudo ainda mais surpreendente. O único ponto negativo que A Traidora do Trono tem em minha opinião, é aquele velho problema da história ficar centralizada em um único personagem. Acredito que se a autora tivesse intercalado a narrativa com os pontos de vista da Amani com os pontos de vista do Jin(), por exemplo, o enredo ficaria mais rico e a história mais “completa”.

Confesso que Alwyn Hamilton me surpreendeu da forma mais positiva possível. Acho que nunca disse isso em uma resenha aqui no blog, porém de todas as séries que já li ou que acompanho, A Traidora do Trono é a melhor sequência com qual me deparei até hoje. Simplesmente não conseguia parar de ler e admito que quando percebi que a aventura estava chegando ao fim, dei uma “leve” enrolada para ela durar mais. E mal posso esperar para me juntar as rebeldes do deserto novamente.

“Se tinha aprendido alguma coisa como a Bandida dos Olhos Azuis, era que histórias e a verdade raramente coincidiam.”

Se você está em busca de uma nova série para amar, A Rebelde do Deserto é pra você. Pegue seu cantil de água e se prepare para se aventurar pelo deserto inclemente de Miraji. Uma vez envolvido pelas areias dele dificilmente você vai querer sair.

Veja Também: 

Instagram

© 2010 - 2021 Blog My Dear Library | Ariane Gisele Reis • Livros, Música, Arte, Poesias e Sonhos. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in