Mostrando postagens com marcador Só tenho Olhos para Você. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Só tenho Olhos para Você. Mostrar todas as postagens
12/10/2013

Só tenho Olhos para Você por Bella Andre





ISBN: 9788581632384
Editora: Novo Conceito
Ano de Lançamento: 2013
Número de páginas: 256
Classificação: Regular
Onde Comprar: Livraria Cultura, Livraria Saraiva - Compare os Preços.
Este livro foi enviado como
cortesia para resenha.



Sinopse: Os Sullivans - Livro 04

Sophie Sullivan, uma bibliotecária de São Francisco, tinha cinco anos de idade quando se apaixonou por Jake McCann. Vinte anos depois, estava convencida de que o bad boy ainda a via como a gêmea Sullivan boazinha. Isso quando ele se dava ao trabalho de olhar para ela. Ao se envolver na magia do primeiro casamento dos Sullivan, Sophie sente que já passou da hora de fazer o que quer que seja preciso para que Jake a veja como a mulher que realmente é. No entanto, ela terá dificuldade em mostrar a Jake que pode ser uma mulher forte e decidida, capaz de amá-lo para sempre. E não só porque ela é a inacessível irmã de seus melhores amigos, mas porque ele tem medo de tê-la perto demais. Na verdade, ele desconfia que seu segredo mais vergonhoso poderá ser desvendado.

Não sei bem o que eu esperava ao começar a ler Só tenho Olhos para Você, mas com certeza não foi exatamente o que eu encontrei. De todos os livros que li da série Os Sullivans, esse foi o mais decepcionante. Não que eu estive com muitas expectativas, afinal já conheço a narrativa da autora Bella Andre então não espero um “romance gracinha”, ou uma história mais profunda.  O que eu talvez esperasse aqui fossem personagens mais intensos e seguros de si, algo que obviamente não aconteceu.

Sophie Sullivan é apaixonada por Jake McCann desde criança, paixão essa reprimida pela visível diferença de personalidade dos dois. Sophie ao contrário de sua irmã gêmea Lori, é a “boazinha da família”, e por conta disso sempre acaba se sentindo um pouco ofuscada. Porém, durante o casamento de seu irmão Chase, ela resolve que está na hora de ousar um pouco e principalmente admitir o que sente por Jake. Jake por outro lado, apesar de ser o típico “arrasa corações”, guarda um terrível segredo. Segredo esse que chega a ser um empecilho maior do que a previsível fúria dos Sullivans, caso esses descubram que ele nutre sentimentos não muito “honrosos” em relação à Sophie.

A proposta da história até que é “bonitinha”. Duas pessoas que são perdidamente apaixonadas uma pela outra desde a infância, mas que não conseguem admitir essa paixão por causa dos seus medos. Tudo o que era preciso é que alguém desse o primeiro passo, para viver esse grande amor. E isso realmente acaba acontecendo, só que não como o esperado, ou melhor, dizendo não como que eu esperava.

De verdade por todo o contexto da história em si, eu esperava personagens mais decididos com uma personalidade mais forte, e claro mais romance propriamente dito. A meu ver o que prometia ser uma história em que a mocinha que sempre se sentiu deixada de lado, dá a volta por cima e deixa o “bonitão cafajeste” implorando pelo seu amor se revelou uma narrativa bem chatinha com situações nem um pouco coerentes. Há todo momento a sensação que eu tinha era que a Sophie praticamente estava implorando pelo amor do Jake. Um tanto deprimente (...).

Já o Jake, bem ele não me cativou em nada. Em minha opinião ele é um personagem totalmente sem graça (...). O segredo “vergonhoso” descrito na sinopse na verdade é tão pouco convincente que quando ele foi finalmente revelado eu pensei: “Fala sério! Todo esse drama é por causa disso?”. Confesso que fechei meus olhos, contei até dez de tão indignada que fiquei com falta de criatividade da autora. Sério, é no mínimo sem sentido a tentativa dar emoção a história criada aqui. Simplesmente me pareceu forçada e não me emocionou em nada, ao contrário só me deixou irritada.

Até mesmo as cenas mais sensuais, com o passar dos capítulos se tornaram chatas e repetitivas ao ponto de parecer que o casal simplesmente ligou no “piloto automático”. O único ponto positivo do livro, - sim tem um ponto positivo. Apesar de tudo ao contrário dos outros livros que seguem o mesmo estilo, aqui houve uma grande passagem de tempo e você percebe que os personagens amadurecem por conta do amor que sentem um pelo outro. Mas fora isso, Só tenho Olhos para Você fica muito abaixo dos seus antecessores, sendo em determinados pontos uma história um pouco incoerente e monótona. O que foi realmente uma pena (...).

“Jake não pensou duas vezes antes de esticar o braço e puxá-la contra ele. Sabia que a ultima coisa que ela queria era que ele a segurasse, mas Sophie pertencia aos braços dele. – Os sete dias começaram agora.”

Com personagens fracos e uma história rasa, Só tenho Olhos para Você é uma leitura rápida, mas que não funcionou bem comigo. Minha dica é ler o livro sem criar muitas expectativas e de preferência ignorar a sinopse. Vai que você acaba se encantando com a história?

Instagram

© 2010 - 2020 Ariane Reis | My Dear Library • Livros, divagações e outras histórias. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in