Sponsor

Mostrando postagens com marcador Sangue por Sangue. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Sangue por Sangue. Mostrar todas as postagens
outubro 19, 2017

Sangue por Sangue por Ryan Graudin

| Arquivado em: RESENHAS.

Este livro foi recebido como
cortesia para resenha.
ISBN: 9788555340437
Editora: Seguinte
Ano de Lançamento: 2017
Número de páginas:
Classificação: Ótimo
Submarino |Compare os Preços
Sinopse: Lobo por Lobo – Livro 02.
Para o Terceiro Reich, a Segunda Guerra Mundial pode ter acabado, mas para a resistência a luta está apenas começando. Yael é sobrevivente de um campo de extermínio e tem uma habilidade especial é uma metamorfa, capaz de mudar a aparência física e assumir a forma de qualquer pessoa. Ela também é uma garota em fuga o mundo acabou de vê-la atirar e matar Adolf Hitler. Yael é a inimiga número 1 da Germânia e de seus aliados, e vai precisar se infiltrar no território inimigo mais uma vez se não quiser pagar com o seu próprio sangue. Em meio a segredos sombrios acompanhados por verdades obscuras, apenas uma pergunta paira na mente de todos do grupo de Yael o quão longe você iria por aqueles que você ama.

De uma maneira muito sutil a autora Ryan Graudin vem conquistando um lugar especial em minha estante e claro, no meu coração de leitora. Desde que li seu livro de estreia, A Cidade Murada senti que a autora tinha um potencial enorme e após a leitura de Lobo por Lobo, o primeiro livro da duologia de mesmo nome, as minhas "suspeitas" foram confirmadas.  Eu estava muito curiosa para saber como ela iria terminar o que começou no livro anterior, até porque eu quase tive um ataque cardíaco com aquele final. E para minha felicidade, apesar dela ter partido meu coração, fui surpreendida novamente.

Quem não quiser correr o risco de pegar spoiler, pode pular três parágrafos.

O mundo inteiro viu Yael atirar em Adolf Hitler durante a festa do Tour do Eixoem Tóquio, e agora ela é inimiga número um da Germânia. Porém, não é só a jovem judia com habilidades especiais que está na mira da SS, organização paramilitar nazista. Felix Wolfe irmão de Adele Wolfe de quem Yael roubou a identidade também enfrenta as consequências dos atos da rebelde. Do mesmo modo o duplo vencedor do Tour, Luka Löwe que deixou de ser o rosto que representava o orgulho ariano, para ser visto como um traidor do governo.

Juntos os três precisam correr contra o tempo para sobreviver não só a perseguição da SS, mas aos caos que se instalou por todo o continente.  Nessa fuga eles acabam nos territórios russos, onde os soldados soviéticos não sentem nenhuma simpatia pelos germanos ou arianos puros. A resistência luta bravamente para acabar com o império de terror construído por Hitler e Yael sabe que precisa chegar a Germânia rápido, antes que seja tarde demais.

Quando tudo parece perdido, um fantasma de seu passado ressurge trazendo com ele verdades sombrias e esperança. Yael está disposta há fazer o que for preciso para terminar o que começou em Tóquio. A garota quer vingança por tudo aquilo que lhe foi tirado, incluindo a própria identidade. Mas o inimigo têm várias faces e a traição muitas vezes pode ser movida pura e simplesmente pelo amor.

Sangue por Sangue começa exatamente do ponto em que Lobo por Lobo parou. Porém, confesso que não estava preparada para o que encontrei aqui. Meu coração foi quebrado em pedacinhos e Ryan Graudin não fez a menor questão de juntá-los.  Muito pelo contrário, a autora nos apresenta uma história dolorosa e até mesmo “cruel”.  E talvez essa seja a maior qualidade na escrita da autora. Ela não se preocupa em entregar uma história clichê “bonitinha”,  muito pelo contrário aqui somos levados a enxergar de uma forma muito real, como o mundo seria se Hitler saído vitorioso da Segunda Guerra.  Além disso, ela não exagera ao usar algumas licenças poéticas e com maestria,  insere fatos reais para dar o enredo um peso emocional maior, que aliado a personagens bem construídos deixa tudo ainda mais interessante.

A Yael já tinha sido uma grata surpresa no livro anterior e fiquei imensamente feliz ao ver a evolução da personagem. A cada capítulo a minha torcida para que ela tivesse uma final feliz aumentava, assim como o aperto em meu coração por saber que talvez isso não fosso possível. Do mesmo modo Luka e Felix, possuem uma personalidade cativante o que faz com que cada um ao seu modo desempenhe um papel importante na trama.

Gostei do interlúdio que autora criou para nos revelar o passado de ambos.  Esses flashes do passado foram essenciais tanto para conhecer melhor os dois personagens como para entender a motivação de cada um. Não nego que mesmo não concordando com algumas decisões  em especial por que uma delas teve uma consequência devastadora, eu consegui entender as os motivos que levaram a ela.
O ponto principal da dinâmica entre os três personagens é que a autora não precisou criar um triângulo amoroso para justificar o relacionamento deles. Embora entre Yael e Luka exista aquele “algo a mais”, a relação  dela com o Felix é baseada única e exclusivamente na culpa, raiva e medo. Yael se sente responsável por ele e são justamente esses sentimentos que dão a duologia um toque agridoce e muito bonito.

“– Todas essas habilidades que ensinei são fardos. Não presentes. Tirar a vida também tira algo seu. Quando decidir matar, tome cuidado para que seja pelos motivos certos. Tome cuidado para que consiga viver com a decisão.”

Sangue por Sangue se revelou uma história ainda mais intrigante do que o seu antecessor. Ryan Graudin escreveu uma obra original que presenteia o leitor com muitas cenas de ação e reviravoltas que nos leva a crer que nada vai dar certo. Porém mesmo nos momentos tortuosos e obscuros há o desejo de lutar e fazer a diferença há esperança. E isso faz com que a leitura se torne mais envolvente a cada capítulo. 

Veja também:
Lobo por Lobo.

Instagram

© 2010 - 2021 Blog My Dear Library | Ariane Gisele Reis • Livros, Música, Arte, Poesias e Sonhos. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in