Sponsor

Mostrando postagens com marcador Talvez um Dia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Talvez um Dia. Mostrar todas as postagens
30/06/2016

Talvez um Dia por Colleen Hoover

| Arquivado em: RESENHAS.

Este livro foi recebido como
cortesia para resenha.
ISBN: 9788501050311
Editora: Galera Record
Ano de Lançamento: 2016
Número de páginas: 368
Classificação:
Sinopse: Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida: socou a cara da ex- melhor amiga. Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora.

Confesso que tenho uma relação um tanto “conflitante” com alguns autores. Por esse motivo, apesar de O Lado Feio do Amor ser um dos meus livros favoritos, comecei a leitura de Talvez Um Dia sem grandes expectativas. Afinal já diz o ditado que é, “melhor se surpreender do que se decepcionar”. Porém tenho admitir que Colleen Hoover, me conquistou mais uma vez e claro, partiu meu coração em mil pedacinhos.

Tem fases na vida da gente que tudo parece dar errado, e para Sydney o seu momento atual é a prova viva disso. Ela acaba de ganhar um verdadeiro “presente de grego” no dia do seu aniversário. No lugar de uma linda festa preparada pelo seu namorado perfeito Hunter e sua melhor amiga Tori, ela descobre que os dois têm um caso.  Agora além do coração partido Sydney está desabrigada, pois não existe a mínima chance dela continuar a dividir o apartamento com Tori. Não depois de saber a verdade e de quebra ter dado um soco na ex-melhor amiga.

Ridge é o talentoso músico que encontra na varanda de seu apartamento o refúgio perfeito para tocar violão. Sydney passou vários finais de tarde ouvindo Ridge de sua própria varanda, e por mais que eles nunca tenham trocado se quer uma palavra, uma inimaginável ligação surgiu entre os dois. Por isso ao vê-la parada no meio da chuva sem ter para onde ir, Ridge oferece a Sydney um lugar para ficar. E mesmo com raiva do mundo e insegura Sydney acaba aceitando a ajuda.

A intenção dela é passar apenas uma noite e ir embora na manhã seguinte, só que Sydney vai ficando.  Conforme os dias se passam Sydney e Ridge vão se conhecendo melhor e tal proximidade faz com que os dois passem a compor juntos.  Logo a atração que sentem se torna ainda mais forte, porém Ridge tem namorada e Sydney simplesmente não pode aceitar a ideia de ela se tornar uma traidora como Tori. Talvez um dia, no futuro as coisas possam ser diferentes, - quem sabe (...).

Com uma narrativa simples e até mesmo clichê, Colleen Hoover nos apresenta um história comum de encontros e desencontros de duas pessoas que se conheceram no momento errado de suas vidas.  Enquanto Sydney tenta encontrar um modo de colocar tudo no lugar novamente, para Ridge as coisas estão perfeitamente onde devem estar, ou pelo menos era nisso que ele acreditava até Sydney entrar em sua vida. E mesmo ambos sabendo que não podem ter o que querem, eles simplesmente não são fortes o bastante para se afastar.

Mas antes que você pense que Talvez um Dia é mais uma história sobre traição e triângulo amoroso, preciso dizer que esse livro é muito mais que isso. Através de personagens extremamente humanos Colleen conseguiu criar um enredo que fala de escolhas e principalmente, de você colocar as necessidades e a felicidade do outro acima da sua. Em diversas ocasiões meus olhos se encheram de lagrimas, por saber o quanto aquilo que sentiam um pelo outro machucava a Sydney e o Ridge. Eles lutam o máximo que podem contra o que sentem ao mesmo tempo em que, esse sentimento vai transformando aos poucos a vida dos dois.

A maneira como eles evoluem como pessoas no decorrer a trama, deixa tudo mais “intimo” e belo, por que o modo como a Colleen desenvolveu a narrativa nos aproxima muito de seus personagens.  Aqui ninguém esconde suas emoções e todos os sentimentos são mostrados de forma intensa. Meu coração se partia sempre que Ridge se sentia frustrado por não conseguir demonstrar com palavras com o que estava sentindo. Do mesmo modo todos os arrependimentos da Sydney pareciam ser meus também. Por que apesar de toda dor e culpa que existe entre os dois, há também paixão e por que não dizer amor.

Outro ponto positivo é o papel que o Warren, melhor amigo do Ridge desempenha na história. Não vou negar que em um determinado momento fiquei "chateada" com ele, mas o Warren age como um amigo leal. Aquele que dá bronca quando é preciso e que mesmo sabendo que vai magoar, fala a “verdade”. Ele é aquele personagem coadjuvante que conquista pela leveza que traz para história.  Maggie a namorado de Ridge,também é uma personagem incrível e ao final conforme o passado dela é mostrado me vi torcendo para que ela encontrasse seu final feliz.

Com uma delicadeza enorme, Colleen Hoover escreveu uma história sobre os erros e acertos da vida. Em como é difícil seguir em frente, já que na maioria das vezes é mais fácil desistir de tudo quando o primeiro obstáculo aparece.  Pois a vida cedo ou tarde nos obriga a fazer escolhas que vão acabar magoado direta ou indiretamente alguém que amamos.  E que nada é melhor do que um dia após o outro para curar o nosso coração.

“Tentamos tanto esconder tudo o que estamos realmente sentindo daqueles que provavelmente mais precisam saber os nossos verdadeiros sentimentos.”

Ao final me vi surpresa em perceber o quando uma narrativa tão despretensiosa, cheia de música e melodia tinha conseguido me emocionar tanto. E acredito que são justamente esses pequenos detalhes que fazem de Talvez um Dia, aquele típico livro que chega de mansinho e nos arrebata. Seus personagens são pessoas comuns como eu, você e seus amigos. Pessoas que estão tentando alcançar a sua cota de felicidade em um mundo tão complicado. Buscando através dos encontros e desencontros da vida, talvez um dia encontrar o seu feliz para sempre.

Instagram

© 2010 - 2021 Ariane Gisele Reis | My Dear Library • Divagações, Livros e Música. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in