Resenha - Uma Curva na Estrada por Nicholas Sparks.

06/10/2013


ISBN:
Editora: Arqueiro
Ano de Lançamento: 2013
Número de páginas: 304
Classificação: Ótimo
Este livro foi enviado como
cortesia para resenha.




Sinopse: A vida do subxerife Miles Ryan parecia ter chegado ao fim no dia em que sua esposa morreu. Missy tinha sido seu primeiro amor, a namorada de escola que se tornara a companheira de todos os momentos, a mulher sensual que se mostrara uma mãe carinhosa. Uma noite Missy saiu para correr e não voltou. Tinha sido atropelada numa rua perto de casa. As investigações da polícia nada revelaram. Para Miles, esse fato é duplamente doloroso: além de enfrentar o sofrimento de perder a esposa, ele se culpa por não ter descoberto o motorista que a atropelou e fugiu sem prestar socorro. Dois anos depois, ele ainda anseia levar o criminoso à justiça. É quando conhece Sarah Andrews(...).

Fazia um bom tempo que eu não lia nada do autor Nicholas Sparks, que embora não seja um dos meus autores favoritos sempre consegue me comover com suas histórias. Mesmo essas sendo as mais clichês possíveis. Porém, para minha surpresa embora Uma Curva na Estrada contenha os mesmo ingredientes presentes em todas as obras do autor, ele possui algumas características diferentes que fazem com que o leitor fique atento à história até o ultimo capitulo.

Miles Ryan nunca conseguiu superar a perda de sua amada esposa Miss. Em parte essa sua frustração se dá pelo fato de que ele como policial deveria ter encontrado, algum indicio ou prova de quem atropelou sua esposa. Porém, a verdade é que aparentemente o assassino desapareceu no ar e não deixou rastros. Em meio à dor da perda e a obsessão por encontrar respostas, Miles se vê obrigado a continuar a viver não por si só apenas, mas por seu pequeno filho Jonah.

Jonah ainda sente muita falta da mãe, e por mais que Miles após o longo período de luto tente suprir a ausência de Miss na vida do filho, nunca parece ser o bastante. Jonah é um menino que carrega a tristeza no olhar e por conta da tragédia que aconteceu, seus antigos professores acabavam sempre tendo pena dele, e por isso seus problemas com as notas nunca foram de fato um “grande problema”. Mas quando Sarah Andrews torna-se a sua professora, ela percebe que Jonah tem sérios problemas de aprendizagem, e ao agendar uma reunião com o pai do menino, o que ela não esperava era se deparar com a mesma tristeza presente nos olhos de Jonah, nos olhos do seu pai.

Miles e Sarah começam a se aproximar com a intenção de fazer com que Jonah melhore suas notas no colégio. Só a dedicação da jovem professora conquista o coração do pequeno Jonah, ao mesmo tempo em que o coração de Miles também é conquistado. Porém, um terrível segredo pode colocar a bela história de amor que ambos estão começando a viver em risco.  Quando fantasmas de um passado doloroso voltam a perturbar a paz de Miles, Sarah tem que tomar uma difícil decisão. Decisão essa que pode fazer com que o amor que Miles sente por ela se transforme em desprezo.

Nicholas Sparks criou aqui uma história com uma narrativa doce e muito delicada. Por mais que o personagem central tenha passado por uma grande perda, o amor e a dedicação que Miles tem com seu filho Jonah é tão terna que chega a ser comovente. Acredito que justamente a presença de Jonah na história, deu esse toque mais suave à narrativa.  O modo como a história evolui é tão simples que sem perceber me apeguei aos personagens, e o melhor fui surpreendendo a cada nova revelação que surgia no caminho.

Até mesmo o romance se mostrou algo mais maduro e real, o que de certa forma deixou a narrativa mesmo “açucarada” e mais profunda, o que me agradou bastante já que não sou muito fã de “romances superficiais”. Outra característica que gostei muito no livro é que Miles, ao contrário dos “mocinhos padrões” do autor não nenhum exemplo de perfeição. Miles é impulsivo, e tem uma enorme sede de vingança dentro de sim, algo que muitas vezes o faz agir e depois pensar nas consequências.  Confesso que em alguns momentos eu fiquei com um pouco de raiva dele, por conta de suas atitudes um tanto extremas. Tudo bem que ele sofreu uma enorme perda tudo mais, só que isso não é justificativa e nem dá ao direito dele para agir como se fosse um “anjo justiceiro”

Tanto os dilemas enfrentados pelos personagens, como os segredos que ameaçam sua relação foram muito bem estruturados, o que além de manter a minha atenção do começo ao fim do livro, fez com que a cada capítulo tivesse um tipo de emoção diferente. A base da história pode até ter aquele toque “sparkiano” que nós conhecemos tão bem, mas a verdade é que nesse livro o autor conseguiu se superar, criando uma história em que o final pode não ser bem o esperado, mas não menos emocionante.

“– Acho que o que estou tentando dizer, Sarah, é que eu não preciso de tempo. Sei lá, eu simplesmente sei que falta algo na minha vida e que, antes de conhecer você, eu nem me dava conta disso”.

Uma Curva na Estrada possui uma história cativante, romântica e emocionante. Que vai deixar você encantado com sua narrativa simples, despretensiosa, e ao mesmo tempo cheia de surpresas. Recomendo!

Comentários via Facebook

21 comentários:

  1. Oi Ane! O que me deixou surpresa neste livro foi o toque de mistério, achei que foi um elemento muito bem colocado, enriqueceu a trama. O protagonista me irritou muito e queria mesmo que ele não tivesse um final feliz, mas a mocinha e o filho dele são um encanto. Um livro bem legal.

    Bom domingo.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Esse é um dos poucos livros do autor que eu não gostei da capa rs, mas pretendo ler o livro, afinal... sempre gosto dos livros dele :)
    bjs
    http://www.letrasdanana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Só li um livro dos Sparks e apesar de ter sido uma leitura agradável, não é o tipo de história que prende muito já que acho muito previsível. Na verdade só pela sinopse e o começo da resenha já imagino o que poderia destruir o romance deles. Não seria uma das minhas compras, mas se eu tivesse a oportunidade com certeza leria. Pois a escrita dele é gostosinha rsrs
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  4. Oie Ane :)
    Fico contente que tenha tido bons momentos com o livro e que ele te conquistou.
    Particularmente tenho receio dos livros do autor e não o leio mais ou não tenho interessei em ler os livros dele, mesmo tenho alguns aqui, sempre os coloco em trocas, rs.

    Beliscões carinhosos da Máh :)
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
  5. Sparks é assim, ame ou odeie... eu particularmente sento falta dos livros do Spaks mais dramaticos, pra mim ele caiu um pouco em rotina pra se adaptar as novas questões sociais, me entende? ele escreve histórias de amor que encantam por ser improváveis!
    esse livro resgata um pouco desse sentimento, desse encantamento! Li, chorei e amei como deve ser!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu gosto muito da narrativa do Nicholas. Mas sempre que leio um livro dele espero um tempo para ler outro. Acabei de comprar esse e é um dos próximos da minha lista. Gostei de saber sobre o "mocinho" hehehehee.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Olá.
    Eu parei de ler Nicholas Sparks depois de A Última Música.
    Não consigo mais ter interesse nos livros dele, mas quem sabe, um dia eu paro de implicância e volto a ler rs
    Acho que, dos últimos lançamentos dele, esse foi o que mais me interessou...
    Um beijo!
    www.fulanaleitora.com

    ResponderExcluir
  8. Eu não sei o que acontece, por mais que a historia seja boa, como essa parece ser, eu não consigo ler os livros do Nicholas sem ficar com sono, prefiro assistir as adaptações.

    ResponderExcluir
  9. Oi Ane, tudo bem? :)
    Os livros do Nicholas Sparks continuam me surpreendendo, de verdade. Ainda não li "Uma curva na estrada", mas depois de tudo o que você falou, tenho certeza que vai ser mais um que vai me me marcar, como todos os livros dele fazem comigo.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pela resenha Ane! Estou ansiosa para ler Uma Curva na Estrada! Beijo!

    http://www.mybooklit.com/2013/10/resenha-sal-leticia-wierzchowski.html

    ResponderExcluir
  11. Eu não sou fça dele, sempre acabo achando que é mais do mesmo, porém respeito muito a base de fãs que ele tem, oq demonstra que não agrada a mim, porém agrada aos outros.
    Porém a sua resenha me deu uma animada em tentar mais uma vez, obrigada ^^

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Adoro todos os livros do Sparks, apesar de saber o que o tema sempre trará, hehe. Meio provisório, mesmo contendo alguns acontecimentos inesperados no decorrer da história. Gosto dele, simpatizo.
    Gostarei desse tambem, assim como você.

    Beijos
    Jéssica
    http://www.bestherapy.net/

    ResponderExcluir
  13. Pra ser honesta eu li dois livros do Nicholas Sparks e nunca mais passei perto de um. Nem é que eu não tenha gostado, é que achei um pouco repetitivo e triste demais pro meu gosto, e olha que eu gosto de um bom drama!

    Beijão
    Sun Rises Here

    ResponderExcluir
  14. Até hoje li apenas dois livros do Nicholas, e gostei bastante, mas confesso que não sou grande fã do autor (pelo menos não ainda), e como você gostou bastante desse livro e eu adorei sua resenha, acho que vai ser minha próxima leitura do autor...quem sabe eu não me encante!

    Beijo

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    Eu acho que Sparks se reinventou nessa obra, assim como em O Guardião, devorei esse livro em poucos dias. E concordo com você Jonah deu um toque suave a narrativa. Adorei seu blog. (=

    Lucas - Carpe Liber
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Ane, eu desisti de Nicholas, mas garanti voltar se aparecesse uma boa história que fosse diferente do que ele vem escrevendo ultimamente.
    Sua resenha me animou porque parece que eu encontrei esse livro. Acho que é exatamente o que eu estou procurando e é hora de dar uma nova chance ao autor. Espero gostar.

    Beijos
    Caline
    http://mundo-de-papel1.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oláááá :)
    Ah adorei sua resenha <3 Que bom que gostou do livro. Eu adoro os livros do Nicholas e olha que eu nem sou fã de romances UAHSUAHSUA Mas enfim. Esse livro parece ser bem legal, gostaria de lê-lo.

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  18. Tenho muita vontade de ler esse livro, por motivos de ser do Nicolas, e embora muitos digam " a esse autor é muito clichê", eu sempre dou oportunidade a leitura por motivo de um dos livros que mais me marcou ser dele. Enfim, muito boa a resenha. Quero muito ler esse livro. Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Já disse aqui que amo suas resenhas mas não custa te relembrar!!! =D

    Eu só li dois livros do Nicholas, apesar de ter mais dele aqui na estante. Ambos me comoveram e eu não entrei nessa fase clichê cansativa do NS, sabe? Dois livros não são muita coisa se comparado aos mil livros que ele já lançou né? Mas esse parece ser bem suave mesmo. Será que alguém morre no final?
    Gostei de ver o ambiente de aprendizado no livro. Em Querido John também tem esse momento de aprendizado, tanto para os personagens quanto para os leitores!
    OBS: Querido John foi o melhor livro que li em 2010, hehehe!

    Obrigada pela resenha incrível, Ane!
    :*

    ResponderExcluir
  20. Olá.
    Bem,você sabe que sou sparkiana não é? rsrs
    Eu adoro os livros dele e estou louca para ler este,espero que sinta a mesma emoção que você.
    Se classificou como ótimo posso confiar (=
    Beijocas

    Tamires C.
    http://de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

  21. Oi adorei.. muito obrigado, amei a maneira que vc usou para descrever essa resenha...me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda
    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por