A Casa da Praia por Nora Roberts.

28/07/2016

| Arquivado em: RESENHAS.

Este livro foi recebido como
cortesia para resenha.
ISBN: 9788528620511
Editora: Bertrand Brasil
Ano de Lançamento: 2016
Número de páginas: 476
Classificação: Muito Bom
Sinopse: Advogado em Boston, Eli Landon acabou de passar por um ano intenso. Após ser inocentado pelo assassinato de Lindsey, sua ex-mulher, ele se muda para a casa desocupada de sua avó em Whiskey Beach: Bluff House, um casarão que há mais de trezentos anos atua como guardião inabalável do litoral... e de seus segredos. Tudo o que Eli deseja é um pouco de paz e tranquilidade para trabalhar em seu romance. Mas, quando chega em Bluff House, ele descobre que sua avó incumbira a casa e Eli aos cuidados da jovem vizinha, Abra Walsh. Eli acredita ser capaz de cuidar de si mesmo, mas, conforme se vê gradualmente cedendo às palavras amáveis e refeições apetitosas de Abra, os dois passam a se ver presos em um emaranhado que se estende por séculos e que tem seduzido aquele cujo maior desejo é destruir a vida de Eli de uma vez por todas.

Essa que vos escreve não nega que os últimos livros que leu da autora Nora Roberts, a deixaram um pouquinho decepcionada. Mas seja pelo fato de eu ser  insistente ou como meu amigo falou, “não aceitar que um autor de quem eu sou fã, possa escrever livros não tão bons”, vi em A Casa da Praia a oportunidade perfeita de fazer as “pazes” com a autora. E mesmo que nem tudo tenha sido “perfeito”, posso dizer a vocês leitores, que essa blogueira aqui e dona Nora Roberts voltaram a se entender bem novamente.

Transtornado com o rumo que a sua vida tomou no último ano, o advogado Eli Landon decide que está na hora de uma grande mudança. A oportunidade surge quando sua avó Hester precisa passar uma temporada em Boston deixando a Bluff House, o lendário casarão que está com sua família há de trezentos anos, desocupado. Necessitando de um tempo para si mesmo e reconstruir a sua vida, Eli parte para Whiskey Beach. A intenção dele é simples, cuidar da casa para a avó enquanto ela se recupera de um acidente doméstico e termina de escrever seu livro.

Porém logo que ele chega a Bluff House, Eli descobre que sua avó confiou tanto a casa como ele aos cuidados da prestativa e gentil vizinha Abra Walsh. E por mais que ele sinta-se incomodado com a atenção que recebe da moça, conforme os dias se passam Eli vai aos poucos  se acostumando com a presença de Abra na casa, e como os "pitacos" que ela dá em sua vida. Só que o assassinato da sua ex-mulher Lindsey não foi solucionado e mesmo que ele tenha sido inocentado por falta de provas, alguns ainda veem Eli como culpado. E aparentemente essa é uma sombra de seu passado que irá persegui-lo por mais algum tempo.

Quando outro misterioso assassinato ocorre, Eli entra mais uma vez no radar da policia. Só que agora  provar a sua inocência, não será a única preocupação como a qual o ex-advogado terá que lidar. Em meio a investigação sobre a morte de Lindsey e pesquisas relacionadas a lenda de um tesouro perdido. Eli vai descobrindo o passado de sua família, ao mesmo tempo em que abre um espaço na sua vida e no seu coração para Abra.

Assim que li a sinopse de A Casa da Praia fiquei curiosa para ler sua história. Gosto de romances com esse toque de mistério, algo que a Nora Roberts sempre trabalha muito bem. A narrativa é fluida, mas extremamente descritiva e sem emoção, como longos capítulos em que vemos o relacionamento da Abra e do Eli se desenvolvendo. E mesmo que isso tenha acontecido da forma mais “natural” possível, não nego que fiquei com a impressão que tudo entre eles foi meio “forçado”.

Em momento algum senti química entre eles, e juro que tentei enxergar os dois como casal, só que infelizmente não consegui.  E principalmente, - tentei gostar da Abra. E não é nem que eu tenha desgostado dela por completo.  O problema foi à construção da personagem em si.  Tudo nela é muito "exagerado", sem mencionar o fato que a personagem em diversas situações surgir com “frases motivacionais”, saídas direitas de algum biscoito da sorte. E sim, também procuro ver sempre o lado positivo da vida, mas gente tudo tem limite.

Eli por outro lado é um personagem mais centrado e sabe que o mundo encantado de “My Little Poney” não existe. Ele perdeu tudo o que tinha e está aos poucos juntando os fragmentos do que restou da sua antiga vida para seguir em frente. Acredito que foi justamente por isso que eu não conseguia ver ele e a Abra como um casal. Eles são muito diferentes e possuem formas de ver a vida completamente opostas. E tipo pode até ser que “os opostos se atraem”, mas em meu ponto de vista cedo ou tarde, por mais amor que esteja envolvido na história, as diferenças sempre vão falar mais alto.  Ou seja, o romance entre eles não me convenceu.

Mas se o romance deixou um pouco a desejar, Nora Roberts compensou isso, dando ao enredo uma aura de mistério e suspense que a cada capítulo me deixava ainda mais curiosa. Sabe aquela narrativa que a todo o momento você se questiona qual é a motivação do “vilão”? Aqui acontece exatamente isso. A autora soube “esconder” bem o jogo, e apesar da grande revelação não ter sido tão "chocante" como o esperado, ainda sim  ela consegue surpreender.

E mesmo que alguns pontos no enredo tenham me incomodado, em especial o desenvolvimento do casal, gostei da forma como o enredo foi construído e do desfecho que a Nora deu a ele. Os personagens secundários também desempenham um papel importante na trama, o que deixou tudo mais real e interessante.

“– E a vida não é uma série de contos de fadas, nem mesmo para uma princesa.“

Mesmo com personagens centrais que não conseguem se destacar muito, A Casa da Praia possui uma narrativa envolvente e uma história gostosa de acompanhar.  Ainda continuo sentindo falta daquele “algo mais” presente nos livros antigos da Nora Roberts. Mas, sem sombra de dúvidas A Casa da Praia é uma história bem construída e que me proporcionou um reencontro agradável com a escrita de uma autora da qual sou fã assumida. Recomendo.

Comentários via Facebook

22 comentários:

  1. Oi Ane!
    Nunca li nada da autora mas tenho vontade, parece ser leituras muito boas. A sinopse desse não me cativou muito, mas gostei da resenha.
    Abraço!
    http://leituraforadeserie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Ane,
    Ok. Eu vou ter que ser sincera e dizer que nunca consegui ler algo da Nora que realmente me cativasse. Não sei te explicar, algo me barra e eu não consigo aproveitar a leitura.
    Conheço pessoas que a idolatram e eu ali, sem conseguir me interessar por nada que ela escreva. Talvez seja uma implicância pessoal, mas infelizmente, não é para mim.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Ane! A Abra é muito irritante, eu não gosto de pessoas que acham que sabem tudo que é melhor para os outros e o pior que mesmo sendo um livro por aí temos várias Abras. Ainda assim há pontos muito bons e o livro garante uma leitura agradável.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. é uma pena que o livro não seja cem por cento, Ane. Eu mesma coloco sempre altas expectativas em se tratando de Nora...
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nenhum livro da Nora Roberts, mas toda resenha que leio as pessoas acabam gostando dele, então acho que posso arriscar na leitura :D
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Ane!
    Eu adoro a Nora! ♥ Já li alguns livros dela, até hj nenhum me decepcionou, de fato. E que milagre, um romance mais ou menos? :O Tbm gosto desses toques de mistério num livro ;)
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Gostei da resenha Ane. Amo os livros da Nora Roberts e acredito que irei gostar muito desde, especialmente pelo clima de suspense que ele agrega. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  8. Oie,
    não conhecia o livro, mas já gostei. Li poucos livros da autora, mas até agora não me decepcionei.
    Vai para a lista de desejados

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  9. Esse livro parece ser demais, gostei muito da sua resenha! <3

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  10. Olá, Ane.
    Já li alguns livros da autora e gostei, mas não em considero fã. Não sei se leria esse, mesmo me interessando por esse clima de mistério, acho que faria falta essa parte do romance. Porque pelo menos nos livros que li ela mescla muito bem os dois. Mas quem sabe eu leia hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Amei o livro, nunca ouvi falar dele antes. Adoro ler um pouco de tudo, vou procurar esse. Adorei o blog!

    Beijos

    www.bymadada.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Ane!!

    Eu confesso que tenho problema em ler a Nora, não sei se pq às vezes eu tb não enxergo química no casal ou é a construção dos personagens, mas o pouco que li nao gostei. Mas se vc fez as pazes com a autora lendo este, eu posso fazer mais uma tentativa, nunca se sabe né? rsrsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  13. Oi Ane,
    Fico feliz em saber que a relação de vocês está bem rsrs.
    Nunca li nada da autora acredita? Mas só vejo elogios quanto aos livros dela. Qualquer hora eu pego para conhecer.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  14. Oi, Ane!
    Eu não tenho uma boa relação com a Nora. Já li um livro dela e não gostei muito. E tentei ler outro, mas não rolou. Geralmente tendo a não gostar dos protagonistas que ela constrói e acho que ela se detém demais em momentos que pouco acrescentam à suas histórias, sabe?
    Mas espero que essa sua relação com a autora melhore mais. Hehe
    Por sorte você ainda conseguiu gostar dessa história mesmo com ressalvas.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oiii Ane

    Socorro! Nunca li nada da Nora! Mas tenho aqui uma série dela que ela assina como JD Robb, espero gostar...
    Que triste isso do romance que não funcionou, um saco quando o casal não convence. Ainda bem que outras partes do livro compensam, mas pelo que pude notar na resenha apesar de ser um bom livro ainda não é o que há de melhor na Nora né?
    O clima de mistério me chama a atenção... vamos ver, quem sabe futuramente eu termine conferindo essa leitura. Fica aqui anotadinha
    Obrigada pela resenha

    Beijokas

    http://unbloglitteraire.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Acredita que nunca li nenhum livro da Nora Roberts? Eu acho, não sei, fiquei meio confusa agora UHSADHUSA, mas sempre ouço falar bem e morro de vontade de ler!
    Amei a resenha Ane!
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br
    Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=jYKS1YvCW2E

    ResponderExcluir
  17. Não consigo entender, viu. A Nora é uma autora de tanto sucesso e os livros que peguei dela não me cativaram nem um pouco. Senti também falta de química entre o casal, parece que apesar de a história ter potencial, ela não soube desenvolver muito bem as relações, dando muito foco em descrições e pouco no que realmente importa. Ainda bem que apesar de alguns detalhes você gostou do livro!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Sempre tive vontade de ler os livros dela, mas sempre fico em dúvida.Tenho medo justamente disso, dessa narrativa lenta demais.Isso me faz querer ler uma linha á cada cinco horas, se é que me entende HSUHAUS me dá raiva,cara.
    Massssssssss nada é perfeito não é?
    Acho que vou experimentar a vida da Nora Roberts rs

    beeijão :)
    http://www.carolhermanas.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Ane, tudo bem?

    Menina você acredita que até hoje não li nenhum livro da Nora, eu preciso toma vergonha na cara eu sei hahahaha mas sempre que escolho um livro para ler acabo escolhendo outro livro e assim procede todas as vezes, mas morro de curiosidades de lê um livro dela sobre bruxas, ano passado vi varias resenhas, este e o meu foco, eu não gosto muito dessa capa a premissa não conseguiu me chama tanta atenção assim, principalmente por que o casal não tem química, mas se o restante da estória vale a pena? Quem sabe?

    Beijinhos

    https://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi, Ane!
    Da Nora eu li O Quarteto de Noivas e gostei bastante. Recentemente eu vi a série A Pousada e também fiquei interessada, não sei se foi algum deles que te decepcionou rs.
    Adorei a resenha, mas ainda não se é um livro a colocar na minha lista rs.

    Bjs
    Jéssica.
    Blog Reviewing

    ResponderExcluir
  21. Oi Ane, tudo bem?
    Personagens perfeitinhos, cheios de frases prontas de livro de auto-ajuda, não me conquistam. Provavelmente eu me incomodaria com ela também. :(
    Mas que bom que de modo geral o livro te conquistou! Tenho vontade de conhecer a escrita da Nora. =)
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  22. Oi Ane. tudo bem?
    Tenho que confessar algo: não sou muito fã da Nora Roberts. Realmente não consigo sentir aquela ligação com os livros dela, mas também tentei com muito poucos. Rsrs.
    Achei o enredo desse interessante, então vou tentar dar mais uma oportunidade para ela (Essa mulher é uma máquina, tem livros demais o.O)

    Beijos.

    Lu - http://www.leiturasedevaneios.com.br

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por