26/02/2018

Conversas de final de tarde.

| Arquivado em: DIVAGANDO.

imagem: Shutterstock
A minha intenção era escrever sobre alguma série ou filme legal que vi nos últimos tempos. Mas, sabe quando não surge aquela inspiração? Pois bem, foi exatamente isso o que aconteceu com essa blogueira que vos escreve. Só que ao mesmo tempo em que não conseguia desenvolver o post que a princípio tinha em mente, senti a necessidade de vir aqui conversar um pouco com vocês. Sim, só bater papo, jogar um pouco de conversa fora.

Vivemos praticamente todas as nossas horas do dia conectados, mas pouco conversamos entre nós mesmos. Quando digo conversar não estou falando de troca de mensagens através de um aplicativo ou rede social, - estou falando de olho no olho de estar perto de quem nos faz bem e amamos. Compartilhamos fotos dos momentos felizes e esquecemos do mais importante, de viver o momento.

Nada me dá mais paz de espírito do que chegar em casa e jantar com a minha mãe, enquanto contamos uma para outra como foi o dia. Ou mesmo quando estamos assistindo algo juntas, dividindo o mesmo sofá pequeno e apertado para duas pessoas. Esses momentos por mais rotineiros que sejam, são o meu porto seguro em meio ao stress do meu trabalho e minhas crises de ansiedade. E para tudo ficar perfeito temos o nosso potinho de amor, o Hércules que sabe exatamente quando eu estou triste ou chateada com alguma coisa e do seu jeito canino fofo, sem expressar nenhuma palavra me diz que vai ficar tudo bem.

Adoro sair com as minhas amigas (Joy, Ju e Tha) e fazer o que carinhosamente chamamos de piquenique na praça de alimentação do Shopping. Aguardo ansiosamente pelos nossos encontros mensais, as nossas conversas que começam com um assunto e terminam em outro completamente diferente. Amo as risadas altas e as recordações que criamos em cada um desses encontro. Nunca vou esquecer do dia que recebi a notícia que o Arthur está chegando em nossas vidas, e como a partir daquele dia estou me esforçando ainda mais para ser uma pessoa melhor, para ser uma tia presente em todos os momentos da vida dele.

E nada me mostrou mais a verdade do ditado: “Amigos são a família que escolhemos para a gente.”, do que a minha gêmula (Fran). Entre cafés aos finais de tarde e conversas que deixam a alma leve, ela é aquela pessoa que acredita mais em mim e nos meus sonhos do que eu mesma.

Depois de anos, finalmente descobri o significado de ter melhores amigas.  E enquanto converso com vocês, leitores do blog, compartilhando uma parte de mim e falando sobre essas pessoas tão especiais da minha vida, penso em quando sou grata a Deus e ao Universo por telas por perto. Pertinho mesmo, para aquelas deliciosas conversas de finais de tarde, e principalmente no lugar mais seguro onde as pessoas que são importante e que se importam merecem estar, - no coração.

Comentários via Facebook

27 comentários:

  1. Ai gêmula,
    Que linda você. Te amo muito. E você sabe que pode bem mais do que pensa, você é uma guerreira e nada é impossível quando se acredita. O céu é o limite para você. Eu creio nisso porque você merece tudo de bom nessa vida.

    Amei seu post <3

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ariane!
    Que texto lindo.
    Assim como você eu adoro encontrar, conversar, olho no olho.
    Minha hora preferida do dia é quando meu marido chega em casa e a gente janta conversando.
    <3
    E assim como você eu tenho sempre encontro com meus amigos, até porque minha família mesmo não mora na mesma cidade que eu.

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  3. Oie
    É importante mesmo aproveitar o momento, deixar um pouco a internet ou celular de lado e ficar com as pessoas que amamos, com os amigos. Adorei o texto reflexivo.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Que lindo seu post, Ariane!
    Por mais incrível que pareça, eu fiquei pensando justamente nisso que você falou ao longo da semana passada. Estou morando longe da família e dos meus amigos, então é nesse momento que mais valorizo estar presente. Confesso que não sei socializar muito, principalmente pela internet. E tenho visto como as pessoas estão se restringindo ao contato virtual. Triste realidade.
    Beijos

    Versos e Notas

    ResponderExcluir
  5. Oi Ane,

    As vezes os pequenos momentos, e até mesmo os mais simples são os que nos marcam e faz a gente olhar para trás com um sorriso bobo no rosto.
    É tão bom quando podemos compartilhar algo na vida real e não nas redes sociais, pois é esses momentos que ficam.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  6. Olá, Ane.
    Eu também só soube o que era melhor amiga depois de adulta. Eu até tinha inveja das meninas que tinham melhores amigas na época da escola. Mas só soube o que era isso quando conheci a Olivia. E quando a gente se encontra passa horas e a gente nem percebe. E a conversa vai mudando tanto que que tenta acompanhar fica perdido hehe. Já nessa parte de redes sociais eu não sou muito ligada, olho umas duas vezes por dia para falar a verdade hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi Ane! As redes sociais acabam deixando relacionamentos superficiais e nada substitui um olho o olho, uma bate papo cara a cara. Adorei o post. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Oi Ari, eu adoro bater papo com as pessoas <3 Jogar conversa fora e falar de tudo com os amigos, são os melhores momentos <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Oi Ane. Acho que não existem momentos mais doces e mais valorosos do que esses. Passamos tanto estresse no dia-a-dia que não existe nada melhor do que ficarmos perto de pessoas especiais e das quais amamos. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Anne, tudo bem?
    Adorei o seu texto, gosto bastante de lê-los!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  11. acho que isso é o mais legal da vida Ane, é saber que mesmo corrida a gente sempre tem pra quem e por quem voltar
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Parece que saber ser amiga depois de adulta é uma coisa comum, viu?!
    Porque eu só soube isso agora.
    Gosto da companhia do meu marido e de estar ao lado dele contando meus dias, desabafando e sabendo que durante nosso jantar teremos longas conversas e muitos carinhos.
    É essa mesma sensação que eu sinto, que você descreveu.
    São coisas simples, mas que fazem a diferença em nosso dia a dia.
    Tanta correria ultimamente, tão pouca atenção e pouco amor demonstrado. Precisamos expressar mais e ter mais tempo.

    Tenha uma excelente semana.

    Beijos,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Ane! Tudo bem?
    Eu sinceramente acho muito bonito quando se consegue manter uma amizade por muitos anos, adorei ler o seu texto.
    Obrigada por comentar lá no meu blog.
    Volte sempre!

    ~ miiistoquente

    ResponderExcluir
  14. Ahhhh, eu amo tudo isso! Sentar, conversar, contar como foi o dia.... Aqui em casa fazemos sempre isso. Por outro lado, agora que só falta o TCC pra mim, sinto falta do tempo que eu passava com meus amigos da faculdade também. Às vezes não tínhamos aula, mas íamos a faculdade mesmo assim, só pra ficarmos juntos, hehe. Bons tempos!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  15. Oi, Ane!
    É sempre bom sair com os amigos só pra jogar papo pro ar. Faço isso sempre que posso..
    Adorei seu texto. Deu pra ver que esse bate papo fez muito bem pra você.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da Folia Literária 2018: cinco kits, cinco sortudos.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Ane! Que delícia ver esse tipo de postagem por aqui. Coisas assim são quase essenciais hoje. :)

    Beijo!
    http://www.controversos.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Ane,
    Que belo texto.
    Que sua vida continue repleta de boas lembranças, sobre momentos inesquecíveis e ótimas amizades.

    bjs
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  18. Oi Ane
    adorei o bate papo. Eu tento sempre desintoxicar um pouco do celular. Quando vijo pra casa dos meus pais, eu uso o celular o mínimo possível. Todos os meus amigos moram na cidade então quando vou pra lá aproveito pra rever todo mundo. Tem amigos meu que eu não tenho uma foto porque a gente fica tão entretido conversando que a foto fica pra depois e depois e acaba que a gente nem tira.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  19. Também tenho as minhas 3 amigas, o nosso quarteto fantástico! E engraçado que também no nosso grupo vem o primeiro bebe a caminho, tenho pena de não poder estar com elas tantas vezes como gostaria, vivo a 300km delas, somos amigos desde o secundário, mas tentamos fazer vários programas durante o ano inteiro =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  20. Oi, Ane

    As pessoas têm que aprender a dar mais valor a estes pequenos momentos e a aproveitar a companhia REAL de pessoas queridas.
    Eu tenho duas melhores amigas que são uma bênção, uma delas também está grávida, olha que legal! :)
    E essa amiga que está grávida, a Dany, é para mim o mesmo que a Fran é pada você. Ela é meu presente!

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  21. Oie linda
    Infelizmente no quesito amizades eu pareço ter dedo podre, mas eu ainda acredito que eu conhecerei algo proximo de ter uma melhor amiga da minha idade.(minha melhor amiga é a minha mãe ,mas eu sou muito feliz por ter uma relação assim com ela)
    Mas eu sei como é bom estar em volta de gente com quem nos sentimos bem e compartilhamos boas risadas ,esses são os melhores momentos como você disse nesse texto lindo.
    Amei
    Beijos

    Babi Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
  22. Oi Ane,
    Infelizmente, nem todos tem a sorte de ter melhores amigas assim.
    Confesso que já me estabanei muito no chão por conta disso, mas hoje eu penso mais em mim e por incrível que pareça isso refletiu nas amizades. Encontrei amigas que me respeitam e são presentes. Podemos não nos ver sempre ou conversar horas todos os dias, mas sempre há o carinho e preocupação.
    Aliás, saiba que podemos não estar sempre perto, mas tenho um carinho enorme por você. Sinto que ao ler seus textos, é como se você abrisse seu coração para nós aqui do blog.
    Beeeeijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. Oi, Ariane! Tudo bem?

    Infelizmente as pessoas estão mais conectadas do que presentes de corpo e alma nessa era de redes sociais. Mas sou do tipo que sente a necessidade de estar perto das pessoas que amo também, e de conversar sobre o dia. Temos isso em comum. E sobre o cão também, eles parece que sabem quando as coisas não estão bem e chegam com aquele olhar de paz e deixa a gente mais confortável né?

    Estar com os amigos não tem preço, seja onde for, a presença agradável e confortável deles torna tudo mais fácil e melhor.

    Por mais conversas e piqueniques à tarde.

    Bjão,
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.vidaeletras.com.br

    ResponderExcluir
  24. Oi Ane, td bem?
    Que belo texto! É isso mesmo, as vezes nos falta inspiração e esse mundo moderno mais nos afasta do que qualquer outra coisa! Também priorizo o olho no olho e essa troca que só conseguimos ter quando estamos literalmente perto de pessoas que amamos!
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br
    Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=4JCWoIg18T4

    ResponderExcluir
  25. Oi Ane,
    E sempre bom aproveitamos o tempo que tivermos, para estar ao lado daqueles que amamos. Adorei o texto!!!


    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oi Ane, tudo bem?
    Super entendo o sentimento! Sou uma pessoa de pouquíssimos amigos mas, os que eu tenho, são de levar pra vida. Família mesmo! <3
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  27. Oi Ane...
    Esse tipo de texto nos leva para reflexão...
    Precisamos valorizar os pequenos momentos, precisamos valorizar as conversas olho no olho... precisamos valorizar que sempre está do nosso lado seja nossa família de sangue ou aquele que temos a oportunidade de escolher (os amigos)...

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir

Instagram

© 2010 - 2018 My Dear Library • Livros, divagações e outras histórias. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in