12/03/2018

Treze por FML Pepper.

| Arquivado em: RESENHAS.

Este livro foi recebido como
cortesia para resenha.


ISBN: 9788501110930
Editora: Galera Record
Ano de Lançamento: 2017
Número de páginas: 460
Classificação: Bom
Submarino| Compare os Preços
Sinopse: Às vésperas de cometer o maior golpe de sua vida, a cética Rebeca vai a um parque de diversões decadente e se depara com uma enigmática cartomante que, contra a sua vontade, faz uma série de previsões bizarras sobre seu futuro. Para seu desespero, todas as nefastas previsões viriam a se concretizar e a arremessariam em um furacão de perdas e de derrotas. Quando sua vida chega ao fundo do poço, circunstâncias inesperadas lhe dão a chance de um recomeço e, querendo ou não, agora Rebeca não pode desprezar a última e mais perturbadora previsão da vidente: o número TREZE, ou melhor, o décimo terceiro namorado seria o homem que traria sua salvação. Longe dele, sua existência seria apenas caos e ruína. O que Rebeca jamais poderia imaginar, no entanto, é a que a cartomante camuflaria o predestinado atrás de charadas. Dois rapazes surgem em seu caminho e se encaixam perfeitamente nas pistas, mas apenas um deles será o grande amor da sua vida. É chegada a hora de decifrar o enigma do coração ou arriscar perder tudo para sempre.

Sempre tive curiosidade em ler os livros da autora FML Pepper, afinal a trilogia Não Pare!, é muito elogiada no meio literário. Assim que li a sinopse e vi a capa de  Treze, fiquei interessada pelo livro. Afinal como vocês já sabem adoro tudo tem uma pitadinha de fantasia.  Mas, mesmo apresentando uma narrativa fluida, a construção da história peca em alguns detalhes.

Rebeca cresceu ouvindo de sua mãe que fé e amor são sentimentos que enfraquecem as pessoas, e que apenas dados e estáticas são confiáveis.  Nas vésperas do maior golpe de sua vida, uma enigmática cartomante cruza o seu caminho. Para Rebeca a mulher não passa de uma charlatã que ganha dinheiro fácil enganando as pessoas. Só que para surpresa de Rebeca, a previsão da cartomante para aquele dia fatídico se mostra verdadeira. A partir desse dia o seu mundo desaba e ela se vê perdida sem saber para qual direção seguir.

Porém, conforme as previsões da cartomante ela ganha uma chance de recomeçar. Quando Rebeca conhece Eric, ela tem certeza que encontrou a pessoa certa para colocar sua vida nos eixos. Eric é inteligente, lindo, divertido e rico, ou seja o partido perfeito. Mas, apesar de todos os caminhos apontarem na direção do príncipe encantado, ela se vê cada vez mais atraída pelo misterioso Karl. Karl é o completo oposto de Eric, e descrente Rebeca não está disposta a ignorar a previsão da cartomante. Até por que Madame Nadeje deixou bem claro, que o namorado número treze será aquele que trará a sua redenção. 

Entre as charadas e uma corrida contra o tempo, Rebeca não quer dar sorte ao azar novamente. Só que ela está prestes a descobrir que nas teias do destino nada é o que parece ser. Além disso, todos nós temos livre arbítrio e no final são nossas escolhas que determinam o nosso futuro.

Treze possui uma narrativa fácil e logo nos primeiro capítulos prende a atenção do leitor. FML Pepper construiu uma história envolvente, mas que falha um pouco no desenvolvimento dos personagens. Rebeca está longe de ser uma protagonista “fácil”. Ela se acha autossuficiente, e entendo que a intenção da autora era criar uma anti-heroína, algo que até certo ponto isso funciona bem. Porém, não nego que  em certos momentos as atitudes impulsivas e egoístas  da personagem me incomodaram.

Já o Karl é aquele típico bad boy que mesmo depois de ter apanhado feio da vida, não perdeu a pose de marrento e a arrogância. Acho que justamente por isso que ele e a Rebeca forma um bom casal, pois ambos só conseguem evoluir e rever suas atitudes a partir do momento em que se conhecem. É aquele bom e velho clichê de sempre, - “o amor muda as pessoas.”

Outro ponto que me incomodou foi que os personagens secundários são mal aproveitados. A narrativa fica muito centralizada nos protagonistas passando a sensação que os demais personagens foram apenas “jogados” no meio da história. Além disso, a autora deixou muitas pontas soltas e respostas não dadas.

Tipo, de verdade não engoli a história da Madame Nadeje, sei lá, a explicação que a autora deu a respeito da personagem me pareceu  fora de contexto com a proposta inicial da história. Confesso também que não gostei muito do caminho que a autora tomou para finalizar a trama, pois senti que algumas coisas foram romantizadas e forçadas demais para que a protagonista enxergasse o óbvio, - que ela precisava ter fé.

Treze possui um enredo interessante, que infelizmente foi “apresentado errado”. Como comentei no começo da resenha, o que tinha me chamado a atenção no livro foi o toque de fantasia que a narrativa prometia. Por isso, ao iniciar a leitura essa blogueira que vos escreve esperava encontrar um romance new adult tendo como plano de fundo ingredientes da literatura fantástica. Algo que não acontece.

Não que o fato da narrativa ter pendido para o lado mais “religioso” tenha atrapalhando a minha experiência com o livro, só que talvez esse seja um pequeno detalhe que pode incomodar outros leitores. Em especial aqueles que tem a personalidade mais cética como a da protagonista.

“No desespero as pessoas fazem coisas incríveis, é verdade. Mas é no dia a dia que as ações são construídas e que separamos o joio do trigo.”

Apesar das ressalvas, gostei bastante da escrita da autora. FML Pepper é impecável na descrição de lugares e situações narradas, o que faz com que o leitor sinta que está vivendo aquele momento também. O romance é clichê, do tipo que mesmo não concordando com as atitudes dos personagens, torcemos por eles e ao final nos deixa com um sorriso bobo no rosto. 

Como meu primeiro contato com a escrita de FML Pepper, posso considerar o saldo final positivo. Pode ser que alguns pontos da história venha a “confrontar” um pouco de suas crenças pessoais, mas ainda assim, Treze possui uma narrativa envolvente e gostosa de acompanhar. Fica a dica!

Comentários via Facebook

12 comentários:

  1. Oi Ariane, tudo bem?
    Primeira resenha que leio do livro e confesso que a premissa chama muito a minha atenção, uma pena os personagens não serem tão bem desenvolvidos e o final não ter te agradado muito, mas espero ter oportunidade de conhecer a história um dia! Ótima resenha!

    Obrigada pelo carinho. Volte sempre!
    Um super beijo :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  2. Oi Ane! Eu sempre quis ler algo da autora, mas com certeza não será esse livro. Quando vi que a história pende para o lado religioso desanimei totalmente, eu não gosto deste tipo de abordagem. Fico muito incomodada. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  3. Oi Ane...
    Nunca li nada da autora, mas talvez se fosse começar talvez começaria por Não Pare acredito que tenho mais identificação.

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Ari! Sabe que eu tenho vontade de ler esse livro hehehehe eu gosto do tema mesmo sendo super mega clichê e já sabia que não teria fantasia, mas acho que essa questão dos secundários pode me incomodar tb....fiquei na dúvida agora hehehehehe

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. oi Ane, eu gostei bastante da resenha elogiou e também apresentou os pontos que a seu ver deixaram a desejar, eu mesma não conheço a escrita da autora, mas tenho muita curiosidade

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Gostei da resenha Ane. O mote do livro não me atraiu tanto, mas fico feliz em saber que a sua experiência tenha sido positiva. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  7. Oie, Ane! Tudo bem?!

    Essa é a segunda resenha que leio a respeito dessa obra e ela aponta os mesmos itens que eu li anteriormente. Infelizmente, eu fiquei um pouco desmotivada para ler esse livro. Acho que vou acabar investindo na trilogia Não Pare! (já comecei a ler o primeiro livro, mas por um motivo que eu não lembro agora eu deixei a leitura de lado... mas eu estava gostando).

    Enfim, acho que a autora pecou um pouco na construção da história e personagens de Treze :(

    Beijos
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Ane,

    Gosto dos livros da autora, mas tive as mesmas ressalvas com a trilogia Não Pare! dela.
    Então acredito que Treze vai seguir no mesmo ritmo, mas mesmo assim ainda que conferir.
    bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Ane,
    Confesso que eu imaginava uma trama totalmente diferente, mas que bom que apesar das ressalvas o saldo final foi positivo. A protagonista não me pareceu carismática, mas ainda sim quero ler para entender o triângulo amoroso e a presença da cartomante.

    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá, Ane.
    Eu amei a escrita da autora na trilogia Não pare!, mas esse livro eu não tenho vontade de ler. Eu até amei essa capa, mas dai fui lendo as resenhas e me desinteressei. Odeio livros com bad boy que vai mudar com amor.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Oi Ane, ainda não conhecia esse, valeu pela dica!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  12. Oiii Ane

    Eu ja li resenhas bastante divididas sobre esse livro, principalmente por conta dessa parte mais religiosa abordada. Pena que os personagens secundarios tenham sido mal aproveitados, parece que realmente faltou muita coisa pra história convencer completamente...

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir

Instagram

© 2010 - 2018 My Dear Library • Livros, divagações e outras histórias. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in