16/05/2018

Uma História de Verão por Pam Gonçalves.

| Arquivado em: RESENHAS.

Este livro foi recebido como
cortesia para resenha.


ISBN: 9781934904541
Editora: Galera Record
Ano de Lançamento: 2017
Número de páginas: 304
Classificação: Regular
Sinopse: É o último verão de Analu perto de casa antes da faculdade. Entre a dificuldade de se entender com seus pais, que queriam que ela cursasse Direito e não Cinema, e as persistentes comparações com seu irmão gêmeo, André Luiz, o grande exemplo de filho que faz tudo para agradar, a garota está cansada de tanta hipocrisia e da cobrança de todos e só quer aproveitar suas férias com os amigos. O lugar é lindo, o clima está ideal e não faltam lembranças em cada cantinho da praia. Pena que nem todas são boas: a primeira decepção amorosa e grande paixão de Ana Luísa, Murilo, está de volta com o sorriso cafajeste de sempre e novas promessas. De um lado, o futuro em uma nova e incrível cidade, São Paulo; do outro, os amigos, a família e um amor traiçoeiro que ao mesmo tempo machuca e envolve.

Quando escolhi de forma aleatória Uma História de Verão da autora Pam Gonçalves para ler, esperava encontrar uma história despretensiosa que me tirasse de uma terrível ressaca literária. Em partes foi exatamente isso que encontrei, uma história leve e bonitinha, mas que ao mesmo tempo peca por sua superficialidade.

Ana Luísa, ou Analu como prefere ser chamada se prepara para o seu último verão em casa antes de começar vida adulta. Se primeiro desafio será contar para os pais que ao invés de escolher ficar por perto e cursar Direito, ela escolheu ir para longe e cursar Cinema. Ela sabe que seus pais vão ver essa decisão como mais um ato de rebeldia e o que tornará as comparações com o seu irmão gêmeo e perfeito, André Luiz ainda mais insuportáveis.

Em uma tentativa de fugir da farsa que é a sua família e de aproveitar o último verão com seus melhores amigos Gisele e Yuri, Analu vai para a Praia do Rosa. Um lugar lindo, mas ao mesmo tempo manchado com as lembranças que ela tem de Murilo e de como ele partiu seu coração. Como se o destino tivesse testando a sua determinação de ir embora, Murilo ressurge em sua vida. E com isso todos os sentimentos que Analu acreditava ter superado.

Será que ao final desse verão Analu, terá coragem de deixar aquilo que sempre conheceu e sua família para trás em troca de um sonho? E Murilo, pode algo que acabou completamente errado no passado, ter o final reescrito? Entre dias ensolarados e a expectativa de um novo começo, Analu vai descobrir que em um único verão muita coisa pode mudar.

Meu maior problema com Uma História de Verão, foi a protagonista. Não só a personalidade, mas a construção da personagem como um todo. A verdade é que a sensação que eu tive foi que, a autora teve uma ideia que acabou se perdendo no meio do caminho. Tipo ao mesmo tempo que se tenta passar a imagem que a Analu é uma pessoa independente, madura e que sabe o quer da vida, ela tem atitudes infantis e bem controversas.

Além disso, o fato da autora ter focado a narrativa só nos “dramas” da protagonistas quando é perceptível que outros personagens como o Yuri, tinham um enorme potencial e que se tivessem suas histórias exploradas deixariam a obra muito mais rica me incomodou bastante também.

Outro ponto, é que Uma História de Verão esbarra em todos os clichês possíveis dos livros do gênero, sem falar que muitas coisas parecem “forçadas “. O tipo de coisa inserida no enredo apenas para dar um toque de emoção, mas que pelo menos no meu caso não funcionou. Porém, o que mais me incomodou em toda a construção da história é o fato de praticamente tudo nela girar em torno da desilusão que a Analu teve com o Murilo no começo da adolescência.

Não quero diminuir o sentimento de ninguém, afinal cada um sabe como lida com um “pé na bunda”. O problema é você basear toda uma história nisso, quando existem vários outros elementos interessantes nela para serem trabalhados. Isso que ao invés da protagonista dar a volta por cima *alerta spoiler*, ela acaba meio que cometendo os mesmo erros. Sério, eu não sabia se ria ou chorava de raiva, por que de verdade simplesmente não fez sentindo nenhum.

Eu tinha gostado bastante de Boa Noite, o livro anterior da Pam, mas confesso que Uma História de Verão foi um pouco “sofrível”, pois não consegui enxergar nenhuma evolução na escrita da autora. Espero realmente que no próximo livro, ela saia da “zona de conforto”, e escreva algo que transmita uma mensagem bacana, como é o caso de Boa Noite. Até por que, não há nada mais decepcionante, do que você passar horas lendo um livro em que a protagonista passa metade do tempo chorando por conta se seus problemas amorosos e superficiais, quando a coisas mais importante acontecendo em volta dela.

“– É difícil saber o que me deixa feliz, se tudo o que quero ser não agrada a ninguém.”

Para quem busca uma história leve, Uma História de Verão é uma boa opção. Mas, a minha dica é começar a leitura sem muitas expectativas, porque infelizmente a única coisa que você vai encontrar é uma narrativa que não traz nada de novo e que escorrega em inúmeros clichês forçados.

Comentários via Facebook

16 comentários:

  1. Oi Ane, gostei do seu lado sincerona! é bom saber o que esperar do livro, no começo até me animei com a ideia do enredo, mas de drama basta o meu!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ane!
    Menina, eu já não curti tanto Boa Noite, então pela sua resenha já sei que irei curtir bem menos esse aqui.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Gostei da resenha Ane. Esse tipo de protagonista que fica chorando as próprias pitangas o livro inteiro me irrita bastante, então irei passar a dica. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ane! Tudo bom?
    Vi vários comentários a respeito desse tipo de problema (de se perder na história) na narrativa da Pam no outro livro dela. Odeio pegar uma história e a protagonista pagar de cheia de personalidade e ser um clichêzão da chatice, não tenho mais paciência.
    Uma pena :/ mas realmente foi ficar longe do livro, não rolaria pra mim.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  5. Estou querendo ler esse livro faz muito tempo. É bem chato quando a protagonista não é tudo isso e acaba um pouco com a história
    Beijos
    lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Ane
    Uau, que resenha maravilhosa e sincera, deu para ter uma boa visão da história e que pena que a protagonista pouco evolui. Eu também gostei de ler Boa noite e estava curiosa por este, mas pelas tuas ressalvas eu não vou perder meu tempo eheheh. Adorei sua resenha.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Ainda não conhecia esse, curti bastante a capa
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  8. Olá, Ane.
    Eu acho que nem vou me aventurar a ler esse livro. Eu já não gostei tanto assim do outro livro e se você que gostou achou vários problemas nesse, eu então vou só achar defeitos hehe. Não entendo esses protagonistas que não aprendem e continuam do mesmo jeito.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Oi, Ane!

    Adorei a resenha e saber mais do que você achou! Eu também gostei muito de Boa Noite e tinha expectativas com Uma história de verão por conta disso, mas agora já irei com calma na leitura, sem esperar grandes coisas além de algo leve e jovem. Já to vendo que também vou me irritar com as atitudes da protagonista, divergindo de adulta pra imatura, fora o drama todo em cima do relacionamento... Mas vamo que vamo!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Acho que tenho esse livro em ebook, mas pela sua resenha nem me vou dar ao trabalho de me aventurar nele, com tanta coisa boa para ler, ainda bem que há este tipo de resenhas para nos filtrar de livros menos bons.

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  11. Poxa, que pena que o livro não te agradou como vc esperava. Ah, protagonista que não me cativa é dose de aguentar. Pra completar, tem drama. São coisas demais que eu não curto num livro só, kkkk Vou deixar essa passar. Mas amei a resenha!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  12. Oi, Ane

    Que pena que a história peca nesses aspectos. Eu nunca senti vontade de ler Boa Noite e com esse a história se repete. Uma pena a protagonista ficar se lamentando boa parte da história e também dela ser toda trabalhada no clichê... esse eu passo.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  13. Uma pena que a leitura tem esses clichês forçados, infelizmente ainda não li nenhum livro da Pam, mas assim que puder quero ler.
    Bjs
    https://eternamente-princesa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Ane,

    Nunca li nada da autora, mas confesso que não gosto de personagens como a protagonista, esse drama todo acaba deixando a leitura muito cansativa para mim.
    Uma pena ser uma história com clichês forçados, a capa é tão bonitinha.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Ane,
    Ai eu já não simpatizo muito com dramas envolvendo pé na bunda. Sempre fica aquele serzinho dentro de mim, sussurrando que as personagens são mais que isso, na história. Uma pena, mas ainda assim estou curiosa pra conhecer os dois livros da Pam! A capa é linda, adorei a fonte.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  16. Oi Ane, tudo bem?
    Amei a sinceridade na resenha.
    Adoro a Pam como blogueira/Youtuber mas nunca li nada dela. Se eu for conferir esse livro um dia (coisa que não sei se acontecerá), irei com expectativas bem controladas. =)
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir

Instagram

© 2010 - 2018 My Dear Library • Livros, divagações e outras histórias. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in