24/03/2019

Nossas frágeis conexões.

| Arquivado em: DIVAGANDO.

imagem: Shutterstock

Vivemos tão conectados e nunca nos sentimos tão sozinhos. Acreditamos conviver em uma grande comunidade, mas desconhecemos as pessoas que moram na casa ao lado. Em um mundo onde tudo surge e acaba tão rápido, nossas relações se tornaram rasas.

Passamos a nos importar mais com a vida de uma celebridade do que com que anda acontecendo à nossa volta. Medimos o quanto somos amados pela quantidade de likes e comentários que recebemos em uma publicação. Deixamos de viver a vida real para nos contentar em ver a vida passar através de uma tela.

Comparamos nossas vidas e nos perguntamos o porquê coisas boas só acontecem com os outros e nunca com a gente. Trocamos relações por conexões, amizades por seguidores, relacionamentos por matchs.  Conversas por mensagens que nem sempre são respondidas.

Queremos tanto nos sentir parte de algo e na verdade sem perceber acabamos cada vez mais isolados em nossas bolhas virtuais. Competimos por atenção e popularidade, em um mundo feito de algoritmos e ações patrocinadas. Nos tornamos dependentes da opinião e aprovação alheia.

Quando vamos perceber o quanto isso tudo é frágil. Até quando vamos desejar viver uma realidade que não é a nossa. Aquele um por cento perfeito compartilhado em um dia ruim.

Quando vamos nos lembrar que não são os momentos publicados que nos marcam. E sim justamente aqueles que estamos tão envolvidos uns com os outros que esquecemos de fotografar.

Quando vamos entender que a vida é um sopro e a única coisa que deixamos e levamos ao partir não são números, e sim o bem que fazemos para o outro.

Tire um pouco os olhos da tela do seu celular e olhe para sua janela. Veja o dia lindo que está lá fora. Respire fundo e sinta o calor do sol e a brisa suave em seu rosto.

Deixe de curtir tanto a vida dos outros para curtir a sua. Perceba o quando ela é linda, plena, maravilhosa e frágil. Agarre-se a ela com toda força! Antes que ela passe por você rápido demais, como mais uma atualização no feed.

Comentários via Facebook

17 comentários:

  1. Oi Ane! Um texto real e totalmente verdadeiro. As redes sociais, a internet, ajudam muito, mas por outro lado criam mundos isolados para as pessoas. Boa semana. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Oi Ane
    Menina, muito real isso, o que é uma pena. Já tem algum tempo que tenho tentado ficar mais desconectada. Consigo sair sem levar o celular e esse gesto, que parece simples, pra mim é uma vitória imensa. Ontem fizemos uma pequena comemoração pelo aniversário de 4 anos do meu filho, aqui em casa mesmo, algo bem pequeno e simples, mas muito gostoso e, depois que todos já tinham ido embora, me dei conta que não tirei nenhuma foto da festa, o que me deixou tristinha, mas ai eu percebi o quanto eu curti estar ali com as pessoas que tanto amo e que amam meu filho. Por sorte, uma das primas do meu marido tirou fotos do parabéns pra você então o momento está registrado, mas o melhor registro está na minha mente.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ane!

    Totalmente verdade, e também triste o que fala em seu texto. Estamos cada vez mais distante, nos importando com coisas pequenas e deixando de prestar atenção nas pessoas que realmente estão ao nosso lado e precisando de ajuda. Estamos sempre em busca de curtidas e aprovação, e com isso também nos isolamos. As redes sociais são boas somente quando sabemos usá-las com consciência, sem se deixar afetar com certos detalhes.

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Ane,

    Um texto totalmente real dos dias atuais, as vezes estou andando pela rua, pelo centro da nossa cidade e gente o quanto tem pessoas perdidas no mundo da internet, mal olham por ondem andam e literalmente nem vivem o momento que está passando.
    Acho que tudo que é exagerado acaba sendo ruim.
    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  5. Oi Ane.
    Eu deixei para trás muitas redes sociais para me concentrar na vida realmente. É bom, saber que existe mais do que a tela do celular.
    Adorei o seu texto. Ele é muito importante ainda mais nos dias de hoje.
    Beijos

    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  6. Olá, Ane.
    Falou tudo. Infelizmente essa é a mais completa realidade. Vivemos e não vivemos. Temos tantos amigos e não temos nenhum. O que deveria ser usado para aproximar as pessoas acabou afastando até as que já eram próximas. Lindo seu texto.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Olá Ane!
    Bela reflexão a do seu texto. Nossos valores parecem ser cada vez menos nossos para se tornarem os valores dos outros. Quando estamos vivendo sempre nos comparando com a vida dos outros e buscando a popularidade para nos destacarmos dos outros. Muito disso de ficar acompanhando a vida dos outros se dá pela nossa inércia e falta de força de vontade em lutar para melhorar a nossa própria vida. É mais cômodo viver através dos outros e se os outros não correspondem aos nossos padrões, sempre podemos criticá-lo e focar nossa atenção em outro.
    Mas vamos acreditar que as discussões e reflexões sobre o tema façam com que as pessoas despertem para a realidade de si mesmas, que possam lutar por elas próprias e também aproveitar as coisas simples e fundamentais da vida.
    Boa semana =)

    ResponderExcluir
  8. Esse é aquele texto que te dá um tapa na cara é te faz acordar pra vida. Realmente as relações estão muito superficiais, muito rasas e as pessoas se sentem cada vez mais vazias por conta disso.

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  9. Que texto verdadeiro! É tudo isso ai mesmo!

    Ótimo post!
    >>> https://blogjulianarabelo.blog/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Ane!
    Texto mais que atual. Hoje em dia as pessoas só querem se conectar virtualmente e se esquecem que isso é mera ilusão.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  11. Hey Ane! Tudo bem?
    Só trouxe verdades nesse seu texto. Infelizmente, além de não viver a vida que está ao redor ainda aumenta muito o risco de doenças psíquicas o uso prolongado das redes sociais.
    Obrigada por comentar lá no blog.
    Volte sempre!

    | Blog Misto Quente | Siga no Instagram | Curta no Facebook |

    ResponderExcluir
  12. Oi Ane,
    Que texto maravilhoso e verdadeiro.
    Andei percebendo isso nos últimos anos e comecei a ver como isso me afetava e aonde.
    E decidi diminuir me estadia em parte das redes, principalmente no fim de semana.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  13. Oi Ane,
    Que texto real! Acho que faz a gente abrir os olhos em relação a quem somos e quem queremos ser.
    E essa frase sobre fotografar o momento, tem tanto sentido... O melhor é simplesmente vivê-lo. <3
    AMEI DEMAIS!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá Ane,
    Curti bastante seu texto, é extremamente atual. Falta as pessoas quererem ter essa vontade de viver de verdade e aproveitar a vida né?
    Bjos
    http://www.kelenvasconcelos.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Ane, menina, que texto atual! Eu tô tentando me policiar e diminuir meu tempo em frente o notebook e celular. Acredita que até umas dores no corpo (por causa da posição que eu ficava por hooras) melhoraram?! Tem horas que temos que desconectar mesmo!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  16. Oi Ariane! Como eu concordo com você! A gente tem deixado coisas tomarem lugar de pessoas e isso está afetando demais a nossa sociedade. Temo pelo futuro.
    Bjs!
    BorboletraInstagram

    ResponderExcluir
  17. Simplesmente incrível! Amei o texto, muita gente precisa se lembrar de se "desconectar".
    Beijos
    Abobrinha com Chocolate

    ResponderExcluir

Instagram

© 2010 - 2019 My Dear Library • Livros, divagações e outras histórias. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in