11/09/2019

Enigma.

| Arquivado em: DIVAGANDO.


imagem: Shutterstock

Você diz não entender como se apaixonou por alguém que vive tão fora da realidade. Com a mente que está sempre nas nuvens, ou em algum lugar acima delas.

E enquanto o vejo andando de um lado para o outro, enumerando todas as razões porque não combinamos me pergunto: Como você não percebe...

Que a minha alma é poesia.
Que meus passos seguem seu ritmo próprio, minha melodia.
Que não preciso de dados, ou fatos para explicar meus sentimentos. Eu apenas sinto.
Eu apenas sinto ...

Você tenta encontrar uma explicação racional para tudo. Eu apenas vejo a beleza da vida em cada pequeno detalhe que você ignora, pois seus passos são sempre apressados.

Em sua corrida contra o tempo, você não percebe...

Como fica lindo ao sorrir.
Que seus olhos brilham quando não está tentando entender, os seus e os meus sentimentos.
Quando abaixa todas as suas defesas e apenas sente.

Apenas sinta meu coração bater no mesmo ritmo do seu coração.
Sem razões, explicações, porquês ou enigmas para serem decifrados.
Apenas sinta.

E deixe que a minha poesia o abrace.
Sinta em cada toque o meu ritmo e minha melodia.
E perceba que, amor é um belo enigma que a sua lógica perfeita nunca vai conseguir decifrar. 

texto escrito por: Ariane Reis.  ©  Todos os Direitos Reservados.

Comentários via Facebook

16 comentários:

  1. Oi Ane!
    Que texto lindo! De transbordar o coração <3 Parabéns pela sensibilidade!!


    Beijos!!
    • Estrelas Perdidas •


    ResponderExcluir
  2. Encantada com o seu texto, cada palavra sua expressa tantos sentimentos bons! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Que texto lindo, amei
    Beijos
    https://focadasnoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oie
    Amei seu texto e concordo. O amor é inexplicável.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Que sensibilidade e quantas verdades em entrelinhas. Amei!

    semquases.com

    ResponderExcluir
  6. Olá, Ane.
    Mais um texto maravilhoso. E me identifiquei muito porque eu sou aquela que fica buscando as explicações. É tão mais fácil apenas sentir mas ao mesmo tempo não hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi Ane, tudo bem?
    Eu adorei o texto todo, mas essa frase de fechamento, hein? Senti o impacto.
    Vou curtir muito continuar lendo esses seus textos por aqui. ♥
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  8. Gostei do texto Ane. Realmente o amor é um grande enigma e ultrapassa todas as barreiras do entendimento. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  9. "Que a minha alma é poesia.
    Que meus passos seguem seu ritmo próprio, minha melodia.
    Que não preciso de dados, ou fatos para explicar meus sentimentos. Eu apenas sinto.
    Eu apenas sinto ..."

    E EU APENAS SINTO ESSE TEXTO!!!!!!
    Ane, que coisa linda!!!
    Acho que é muito eu nessa coisa de sentir, acho que muitas vezes, as coisas nem tem explicação, são só sentimentos...
    LINDO!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Adorei o textooo!
    O amor tem dessas, às vezes ele chega sem procurar saber se o casal pensa da mesma forma, se seguem a mesma linha de pensamento, se um gosta de doce e o outro salgado, frio ou calor. Ele chega chegando e a gente tem que aceitar, se adaptar e curtir o sentimento. Eu sou a favor disso, esquecer o resto e amar. Mas muitas vezes o outro prefere procurar justificativas para correr.

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  11. Que amor esse texto. Me parece que um individuo é regido pela razão e o outro é emoção. E muitos casais são assim mesmo, pensam diferente, mas quando se trata do amor, não há explicações, é possível apenas sentir.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  12. Que texto lindo, Ariane! Muito sensível.
    É a minha cara, adorei de verdade!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  13. Oi, Ane!

    Que texto mais lindo!! Fiquei encantada, adorei as suas escolhas de palavras, combinou muito bem! Alguém andou inspirada ein hmm haha adorei <3

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi Ane.
    Adorei o texto. Ficou bastante intenso e bem sincero.
    Beijos.
    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  15. Oi Ane,
    Que texto mais fofo. E por causa do título, to com Return to Innocence na cabeça. Ha!
    Acho que nosso maior mal é sempre querer apressar as coisas. O presente, o ar do momento, é importante sempre. E eu to tentando lidar mais com isso.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir

Instagram

© 2010 - 2019 My Dear Library • Livros, divagações e outras histórias. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in