Sponsor

janeiro 10, 2021

O Código dos Bucaneiros por Caroline Carlson

| Arquivado em: RESENHAS

D
e
uns anos para cá, venha lendo cada vez menos infantojuvenis. Em partes porque conforme o tempo foi passando, o meu gosto literário foi mudando. Além disso, não nego que tenho um pouco de receio da narrativa acabar não me envolver tanto e isso, me levar a abandonar o livro. Mas felizmente, esse não é o caso de O Código dos Bucaneiros da autora Caroline Carlson.

O terceiro livro da trilogia, A Quase Honrosa Liga de Piratas traz uma história que agrada todos os públicos, com sua narrativa leve, bem humorada e nos fala sobre o poder da perseverança diante dos desafios que a vida nos impõe para alcançarmos um objetivo. A escrita da autora é fluida e os personagens, incluindo “vilões” possuem uma personalidade cativante, o que tonar a leitura ainda mais divertida.

Resenha

 
ISBN: 9788555340086
  Editora: Seguinte
  Ano de Lançamento: 2016
  Número de páginas: 320
  Classificação: Muito bom

Sinopse: A Quase Honrosa Liga de Piratas – Livro 3
A filiação da jovem Hilary Westfield à Quase Honrosa Liga de Piratas não durou muito tempo. Depois de descobrir que o líder da organização, o capitão Dentenegro, estava envolvido com um grupo de criminosos que quer dominar o reino, Hilary decidiu se tornar uma pirata autônoma. Contudo, a fiel tripulação que a acompanha em suas aventuras em alto-mar acredita que ela seria a pessoa ideal para combater Dentenegro e assumir a liderança da QHLP, o que leva a garota a desafiar o capitão para uma batalha. O problema é que a disputa nem vai começar se Hilary não conseguir reunir duzentos seguidores para lutar ao seu lado. Assim, a jovem pirata parte numa missão de recrutamento que pode ou não envolver piratas temíveis, damas delicadas mais temíveis ainda… e galinhas.


Pode conter spoiler dos livros anteriores, se você não quiser correr o risco pode pular quatro parágrafos.


A jovem Hilary Westfield já passou por diversos aventuras e provou que uma menina pode ser sim, uma ótima pirata. Porém o que ela não imaginava é que teria pela frente um desafio ainda maior, enfrentar o capitão Dentenegro pela liderança da A Quase Honrosa Liga de Piratas (QHLP).  A verdade é que essa ideia descabida nunca tinha passado por sua cabeça, já que após descobrir os planos corruptos do capitão, o Terror das Terras do Sul como é conhecida, está mais que satisfeita em ser uma pirata autônoma.

Só que a fiel tripulação do Pombo, acredita que Hilary é a pessoa certa para derrotar o traiçoeiro Dentenegro e devolver um pouco da honra a QHLP. Mesmo com medo de fracassar e acabar sendo exilada no Abrigo Pestilento para Piratas Mal-humorados, ela aceita a missão e desafia Dentenegro para a batalha que decidirá quem será o novo líder da QHLP. Mas para que a batalha seja possível, Hilary vai precisar reunir duzentos apoiadores, tarefa essa que será dificultada pelos estratagemas do temível capitão.

Enquanto isso, na Escola da Senhorita Pimm para Damas Delicadas, Claire continua sendo treinada pela Srta. Pimm para se tornar a próxima Encantadora do reino de Augusta. Porém a jovem ainda não tem pleno poder sobre a magia e assim como Hilary, tem uma inimiga de peso para enfrentar, a traiçoeira Filomena.

Será que Hilary e Claire serão capazes de derrotar seus inimigos e salvar a magia do reino? Entre aventuras em mares tempestuosos e emboscadas as duas vão aprender o valor da amizade e a importância de nunca desistir de lutar por seus objetivos.

O Código dos Bucaneiros possui uma narrativa despretensiosa e agradável de se acompanhar. Gosto muito do fato da autora Caroline Carlson, optar por trazer uma aventura diferente a cada livro, ao mesmo tempo que preserva a linha do tempo da história. Sim é necessário ler os livros na sequência, justamente porque aqui os acontecimentos dos livros anteriores não constantemente repetidos ao longo da narrativa, mas servem de base para o enredo. Isso no meu ponto de vista acaba tornando o ritmo da leitura rápido e menos maçante, sem que a essência da obra se perca.

Desde o primeiro livro, O Tesouro da Encantadora a trilogia A Quase Honrosa Liga de Piratas se revelou uma história contagiante em que a escrita da autora, consegue nos transportar para um barco pirata e para todas as emoções vividas por eles em alto-mar. Porém o que mais me conquistou aqui, foi perceber a evolução que cada personagem teve.

Mesmo sendo uma história com um toque cômico, afinal as regras da QHLP são tão sem sentido que é impossível não dar boas risadas durante a leitura, é visível o quanto a Hilary e a Claire amadureceram entre o primeiro livro e o último. Em diversos momentos ambas demonstraram suas fragilidades e o medo de não serem capazes de corresponderem as expectativas e a fé que os outros depositaram nelas. Isso as torna ainda mais próximas de nós leitores, pois todos nós em algum momento de nossas vidas já tivemos medo de decepcionar que amamos.

Os personagens secundários como a carismática Srta. Greyson e os atrapalhados piratas Jasper e Charlie continuam roubando a cena, assim como a fofíssima Gárgula. A inserção de novos personagens contribuiu para dar uma nova dinâmica a história, do mesmo modo que velhos conhecidos como almirante Westfield acabou se revelando um pilantra ainda maior do que Dentenegro. Filomena apesar de não ter tido uma participação tão expressiva, não decepciona no papel e tem um final merecido por todas as suas falcatruas.

“Qualquer pirata pode encontrar um tesouro ou empunhar uma espada, mas quase nenhum tem coragem suficiente para encarar as coisas das quais realmente têm medo.”


Os jornais "sérios" e de mexerico, cartas assim como os bilhetes misteriosos presentes nos livros anteriores, continuam marcando presença e funcionam com um excelente recurso narrativo para deixar o enredo ainda mais divertido.

Os diálogos se mantêm bem construídos e embora a atmosfera da história como um todo preze pela leveza, é perceptível a mensagem que a autora busca passar com ao longo da trilogia é que, independentemente dos obstáculos que tenhamos pela frente com uma boa dose de perseverança e bons amigos podemos vencê-los.

O Código dos Bucaneiros fecha a trilogia A Quase Honrosa Liga de Piratas com chave de ouro. Sem dúvidas Caroline Carlson nos presenteou com a série linda e ideal para quem gosta de leituras singelas para relaxar e dar boas risadas.


Veja Também:

O Tesouro da Encantadora por Caroline Carlson
O Terror das Terras do Sul por Caroline Carlson

Comentários via Facebook

20 comentários:

  1. OI Ane! Eu tenho um enorme carinho por essa série e a protagonista e demais personagens. É gostosa de ler, divertida e muito cativante. Eu recomendo para leitores de todas as idades que gostam de aventura. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Ah, que legal saber que a leitura te agradou do início ao fim. ^^ Eu amo quando isso acontece, especialmente em livros infantojuvenis. Acho que não tenho dado muita chance a eles também, mas quem sabe eu dê uma chance a essa trilogia. Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  3. Oi Ane, tudo bem?
    Essa trilogia me parece ser bem cativante e o fato da autora ter finalizado a história com chave de ouro, anima qualquer um a viajar em suas páginas. dica anotada!!

    *bye*
    Marla
    http://loucaporromances.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi
    eu leio poucos livros desse gênero, por isso nem conhecia essa história, mas parece ser uma história divertida, e achei legal por envolver piratas, que bom que gostou de ler.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ariane. Como vai? Embora eu seja adulto, confesso que gosto bastante de ler obras infanto-juvenis, pois durante a leitura eu me esqueço por uns instantes da dureza da vida contemporânea, ainda mais nestes tempos vividos pela humanidade durante a pandemia. Que bom que a leitura lhe agradou, fiquei tentado a lê-lo. Sua resenha ficou excelente. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Amei a resenha. Essa série parece ser ótima e com livros bem bons para desestressar.
    Vou ler quando sentir que tudo esta muito pesado
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oie, tudo bem?
    Ainda não conhecia, valeu pela dica!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  8. Oi Ariane,
    Amo livros assim ^^
    Obrigada pela dica.
    Bjos
    https://www.kelenvasconcelos.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Ane, tudo bem?
    Fico feliz que a trilogia tenha sido uma boa experiência. Parece uma ótima opção de presente pra crianças e jovens que estejam se interessando pelo mundo da leitura. Eu provavelmente não leria, porque também tenho selecionado cada vez mais os infantojuvenis, mas gostei de conhecer por meio da resenha.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  10. Oi, Ane! Tudo bom?
    Falou em piratas: tô dentro! Não conhecia a série, ou não lembro, pelo menos, mas que gracinha de premissa e capa. Vou procurar quando estiver precisando de presente pra uma prima minha, ela é criança e tá adorando ler histórias assim.

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá...
    Adorei a sua resenha!
    Sempre esbarro com esse livro por aí, mas, ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre. Pelos seus comentários parece que foi uma leitura agradabilíssima e com certeza me deu vontade de ler também.
    Dica anotada!
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi minha linda,
    já faz um tempo que também não leio infantojuvenis e sinto falta disso. Confesso que são leituras que me fazem bem mas, como não estava comprando muitos livros optei por fazer algumas releituras.
    Gostei demais da sua resenha e me deu uma saudade de ler esse tipo de livro.
    beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi, Ane! Tb tem um tempo que não leio livros infanto-juvenis. Eu pelei a parte dos spoilers (não gosto de spoilers, obrigada por avisa, hehe), mas gostei bastante do que vi. Se eu tiver a chance, lerei com certeza!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  14. Olá, Ane.
    Eu leio poucos juvenis ultimamente também porque quase todos me enervam pelas atitudes dos protagonistas hehe. Mas quando são de fantasia eu ainda me aventuro porque sempre me surpreendo positivamente. Vou anotar aqui, vai que calha de eu encontrar por ai e leio hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  15. Oi, Ane

    Eu tenho a mesma relação com infantojuvenis. Eu nem tento, pois as histórias não conversam mais comigo. A mesma coisa com YA, por exemplo. Pra eu ler um YA só sendo um dramalhão mesmo. Hahahaah Mas que bom que essa série de leituras foram boas. E temos uma menina pirata, que legal! E essa escola da Senhorita Pimm me lembrou um pouco Enola Holmes. Rs

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  16. Oi, Ane!

    Também faz tempo que não leio uma obra infantojuvenil e tenho esse receio de me arriscar e não curtir a obra, já que é natural nosso gosto ir mudando conforme crescemos. Hoje em dia até os livros teens de personagens no colégio já não me agrada tanto. Mas fico feliz de saber que essa série em especial é boa e pelo jeito prende bastante a atenção!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Oi Ane,

    Antigamente eu lia bastante livros infanto-juvenis, mas ultimamente também são poucos que pego para leitura, porque nem tudo me agrada. Já ouvi falar bem desses livros e parece uma excelente história para a gente viajar na leitura.

    Bjs
    https://diariodoslivrosblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Parece ser uma leitura adorável e muito inspiradoras!
    Beijoss, Nada Produtiva ♥️♥️♥️

    ResponderExcluir
  19. Oi Ane,
    Eu também lia mais infanto-juvenil, hoje não consigo. Eu fico logo entediada.
    E assim, aventura em si não é algo que costumo ler, então não sei se essa série seria uma boa opção para mim. Pelo menos, não no meu momento.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Instagram

© 2010 - 2021 Blog My Dear Library | Ariane Gisele Reis • Livros, Música, Arte, Poesias e Sonhos. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in