Sponsor

Mostrando postagens com marcador Amor Amargo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Amor Amargo. Mostrar todas as postagens
fevereiro 18, 2016

Amor Amargo por Jennifer Brown

| Arquivado em: RESENHAS.

Este livro foi recebido como
cortesia para resenha.
ISBN: 9788582353066
Editora: Gutenberg
Ano de Lançamento: 2015
Número de páginas: 256
Classificação: Ótimo
Sinopse: Último ano do colégio: a formatura da estudiosa Alex se aproxima, assim como a promessa feita com seus dois melhores amigos, Bethany e Zach, de viajarem até o Colorado, local para onde sua mãe estava indo quando morreu em um acidente. O Dia da Viagem se torna cada vez mais próximo, e tudo corre conforme o planejado. Até Cole aparecer. Encantador, divertido, sensível, um astro dos esportes. Alex parece não acreditar que o garoto está ali, querendo se aproximar dela. Quando os dois iniciam um relacionamento, tudo parece caminhar às mil maravilhas, até que ela começa a conhecê-lo de verdade…

Estou a um bom tempo olhando para tela do meu note, sem saber ao certo como começar essa resenha. Ao mesmo tempo em que me vem à mente várias palavras, as mesmas me fogem. Eu já sabia mais ou menos o que esperar afinal Amor Amargo não é o meu primeiro contato com a escrita da Jennifer Brown. Porém, foi inevitável não me sentir envolvida por um turbilhão de emoções enquanto eu lia esse livro. Foi impossível segurar as lágrimas que horas eram de dor e desespero e outras de raiva mesmo.

Alexandra (Alex) Bradford sempre foi à boa moça.  Tranquila e estudiosa ela perdeu a mãe ainda criança em um trágico acidente de carro. Sua mãe estava a caminho do Colorado e por esse motivo a vida toda ela planejou junto com seus melhores amigos Zach e Bethany uma viagem até lá. Uma viagem para as montanhas do Colorado, por que talvez em meio as montanhas, ela encontraria as respostas que seu pai nunca deu. Além disso, a viagem seria como um presente de formatura para os três amigos que desde a infância são inseparáveis.

Quando o ultimo ano começa, os planos para a grande viagem estão a mil. Mas, tudo começa mudar quando o encantador e divertido Cole aparece.  Alex que sempre se achou uma menina invisível sem graça, logo se vê envolvida pelo belo garoto que contra todas as possibilidades do mundo, está  interessado nela. Os dois rapidamente começam um relacionamento e tudo parecia perfeitamente bem, até que Alex começa a conhecer um lado não tão bonito e nada atraente de Cole. Divida entre o amor que sente pelo garoto e medo do que pode acontecer, Alex passa a viver em uma corda bamba em que qualquer passo em falso pode ter consequências graves.

Acredito que pela sinopse já dá para se ter uma ideia do tema que a história aborda. Em Amor Amargo a autora Jennifer Brown  toca novamente em um assunto polêmico. Um assunto que muitas vezes fingimos que não temos conhecimento e que pode acontecer com qualquer pessoa. É muito fácil em determinados momentos julgar as atitudes da Alex, e confesso que eu mesma fiz isso, por que nunca me entrou na cabeça essa história de você deixar de lado “sua vida” por causa de um namoro. Só que conforme a autora vai revelando os medos e as angustias da personagem, as atitudes dela em relação ao Cole sem tornam mais “compreensíveis”. Eu disse compreensíveis não aceitáveis.

Durante a leitura fiquei me colocando no lugar da Alex, imaginando o quanto deve ser difícil você viver como medo. Pois, por mais que a autora tente “romantizar” os sentimentos dela pelo Cole ao menos para mim, ficou evidente que a Alex estava com ele por medo. Medo de não ser amada, medo de não ser boa o bastante, medo de ser abandonada, medo do que todos pensariam dela se soubessem o que acontecia entre os dois.  Quando você entende tudo isso fica fácil compreender as atitudes dela e até mesmo sentir certa empatia pela personagem.

Gostei muito da Bethany e do Zach e do papel que eles desempenharam na história. Acredito que deve ser extremamente difícil você ver um amigo entrando em uma roubada e infelizmente não poder fazer nada a respeito. Por que aqui a única pessoa que pode se ajudar é a própria Alex e mais ninguém.  E era nessas situações que as lágrimas surgiam em meus olhos. Nos momentos em que a Alex podia e devia ter pedido ajuda. Quando Cole tirava a mascará de bom moço e mostrava o seu pior, e tudo o que ela fazia era tentar justificar as atitudes dele culpando a si mesma.

Jennifer Brown me levou a sentir extremos durante a leitura, pois Amor Amargo é uma leitura difícil, justamente por ser tão real e dolorosa. Fazia muito tempo que eu não me “estressava” tanto com um livro e uma personagem. Sim eu criei empatia pela Alex e de certa forma compreendi que tudo era reflexo das inseguranças e da falta de amor próprio dela, só que ao mesmo assim eu simplesmente não conseguia aceitar a forma como ela conduzia as coisas. Sério chega a ser desesperador. No final senti uma mistura de alivio e tristeza. Alivio por que tudo tinha chegado ao fim e tristeza por que eu sei que algumas feridas nunca se cicatrizam totalmente (...).

“Ele tinha jurado – no estacionamento do Bread Bowl, enquanto me abraçava e me beijava – que jamais voltaria a me machucar. E, dessa vez, tinha feito algo muito pior...”.

Jeniffer Brown mais uma vez me surpreendeu com uma escrita honesta carregada de sofrimento e emoção.  Amor Amargo possui uma narrativa triste, porém objetiva que nos faz refletir o quanto relacionamentos abusivos são perigosos e que o tema ainda precisa ser muito debatido e principalmente combatido. Recomendo!

PS: Não leiam esse livro em lugares públicos ou no ônibus. Fica a dica ;)

Instagram

© 2010 - 2021 Blog My Dear Library | Ariane Gisele Reis • Livros, Música, Arte, Poesias e Sonhos. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in