Mostrando postagens com marcador O Escândalo de Cetim. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador O Escândalo de Cetim. Mostrar todas as postagens
09/02/2017

O Escândalo de Cetim por Loretta Chase

| Arquivado em: RESENHAS.

Este livro foi recebido como
cortesia para resenha.
ISBN: 9788580416398
Editora: Arqueiro
Ano de Lançamento: 2016
Número de páginas: 272
Classificação:
Sinopse: As Modistas – Livro 02.
Irmã do meio entre as três proprietárias de um refinado ateliê de Londres, Sophia Noirot tem um talento inato para desenhar chapéus luxuosos e um dom notável para planos infalíveis. A loura de olhos azuis e jeito inocente é na verdade uma raposa, capaz de vender areia a beduínos. Assim, quando a ingênua lady Clara Fairfax, a cliente mais importante da Maison Noirot, é seduzida por um lorde mal-intencionado diante de toda a alta sociedade londrina, Sophia é a pessoa mais indicada para reverter a situação. Nessa tarefa, ela terá o auxílio do irmão cabeça-dura de lady Clara, o conde de Longmore. Alto, musculoso e sem um pingo de sutileza, Longmore não poderia ser mais diferente de Sophia. Se a jovem modista ilude as damas para conseguir vesti-las, ele as seduz com o intuito de despi-las. Unidos para salvar lady Clara da desonra, esses charmosos trapaceiros podem dar início a uma escandalosa história de amor... se sobreviverem um ao outro. Em Escândalo de Cetim, segundo livro da série As Modistas, Loretta Chase nos presenteia com um dos casais mais deliciosos já descritos. Além de terem uma inegável química, Sophia e Longmore são divertidos como o rodopiar de uma valsa e sensuais como um corpete bem desenhado.

Aposto que muitos de vocês ao lerem o titulo do post pensaram: “Lá vem a Ane como mais um ataque fangirl por causa dessa tal Loretta Chase”. De minha parte prometo compartilhar apenas um relato fiel, de como mais uma vez me vi irremediavelmente apaixonada pela narrativa dessa tal Loretta Chase.

Além de desenhar belos chapéus Sophia Noirot, uma das proprietárias da refinada Maison Noirot é conhecida também por sempre ter um plano infalível nas mangas bufantes de seus belíssimos vestidos. Por esse motivo quando a jovem e ingênua lady Clara Fairfax acaba envolvida em um escândalo de proporções épicas, as irmãs Noirot sabem que Sophia é a única que pode reverter a situação. Afinal lady Clara é a melhor cliente do refinado ateliê que elas possuem e caso a reputação da moça não seja salva, será o fim das modistas também.

Mas Sophia não é a única disposta a mover céus e terra para desfazer esse grande mal entendido e livrar lady Clara de um oportunista. O conde de Longmore irmão mais velho da jovem se juntará a modista nessa missão. Porém antes de salvarem lady Fairfax da ruína eminente, Sophie e Longmore precisam aprender a trabalhar em equipe. Pois, se de um lado Sophie é a mestre na sedução de iludir as pessoas com seu jeito inocente, o conde é especialista em seduzir moças inocentes. O que torna a o resultado dessa união no mínimo imprevisível.

Juntos eles parte em uma corrida contra o tempo para impedir a falência da Maison Noirot e salvar Clara de um casamento infeliz. E quanto mais tempo passam juntos, mais difícil fica resistir à intensa atração que sentem um pelo o outro. Só que Sophia sabe que depois que sua irmã se casou com o duque de Clevedon, a alta sociedade londrina verá com uma afronta, se outra irmã tirar do mercado de casamentos mais um bom partido como o conde de Longmore. Isso sem mencionar o terrível segredo que as Noirot escondem desde que voltaram para Londres.

Em Escândalo de Cetim, segundo livro da série As Modistas, Loretta Chase novamente arrasou o coraçãozinho dessa blogueira que vos escreve . Gente, de verdade me pergunto se chegará um dia que essa mulher vai me decepcionar e o pior, como eu lidarei com isso. Porém enquanto esse dia triste e sombrio não chega, vamos falar de como esse livro é maravilhoso. E principalmente o que o torna tão maravilhoso.

O que mais me encantou nos livros da Loretta Chase que li até o momento é a forma como a autora constrói seus personagens, em especial as protagonistas. Todas elas jogam as convenções para o alto e vão à luta pelo que querem. Sophia é uma trapaceira de mão cheia, e mesmo que em alguns momentos demonstre não sentir muito orgulho das escolhas que precisou fazer na vida, ela segue em frente. Além disso, os diálogos dela com Longmore são recheados de ironia e humor o que torna a personagem ainda mais cativante.

Longmore () é um patife irresistível. Diferente de Clevedon que fazia de tudo para ser um bom moço, Longmore não está muito preocupado com o que a sociedade acha dele. Ele age para depois pensar e com esse comportamento impulsivo acaba sempre sendo o alvo dos mexericos e visto com maus olhos pelos mais conservadores. Porém por baixo dessa fachada de jovem aristocrata mimado e irresponsável se esconde um homem capaz de fazer qualquer coisa por aqueles que ama. Juntos ele e Sophia formam um casal perfeito!

Ao contrário de Sedução da Seda em que temos um tom maduro e uma participação maior dos personagens secundários, a narrativa nesse segundo livro é mais leve e fluida. Os demais personagens continuam a ter peso no enredo em especial o pequeno Fenwick, só que aqui ficou evidente que a autora buscou combinar com maestria a narrativa e a personalidade do casal principal. Isso deu a trama as doses certas de romance, sensualidade e aventura. E é simplesmente delicioso acompanhar o desenvolvimento de uma história que mesmo tendo tudo para ser clichê consegue ser surpreendente.

Não nego que estava morrendo de medo de sofrer uma decepção gigante com o Escândalo de Cetim. Porém Loretta Chase sabe como falar de amor sem tornar a mocinha frágil, indefesa ou irritante. Ela foge dos tradicionais “fricotes” inseridos na narrativa só para dar mais emoção ao enredo. Além disso, através de diálogos inteligentes a autora aborda a igualdade de gênero, fazendo criticas sutis a sociedade da época e por que não dizer a nossa também (...). Acho que deu para entender o porque AMO os livros dessa mulher!

“ – Truques fazem parte do seu departamento, Srta. Noirot. O meu é distribuir socos. Mas fico lisonjeado pela senhorita imaginar que sou esperto o bastante para enganá-la.”

Em Escândalo de Cetim, Loretta Chase nos transportar para as páginas do livro com uma narrativa doce e descontraía. No final me vi querendo capítulos a mais, pois não estava preparada para me despedir de uma história tão apaixonante. Se estou ansiosa pelo terceiro volume da série? Vocês não imaginam como()!

Instagram

© 2010 - 2020 Ariane Reis | My Dear Library • Livros, divagações e outras histórias. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in