Resenha - Destrua-me por Tahereh Mafi.

25/06/2013



• ISBN: 9788581630298
• Editora: Novo Conceito
• Ano de Lançamento: 2013
• Número de páginas: 89
• Classificação: Ótimo
Onde Comprar: *
 “Uma história contada do ponto de vista de Warner, o cruel líder do Setor 45.”

Tudo bem que o título do post é: Resenha - Destrua-me por Tahereh Mafi, mas na verdade eu não sei se esse post em si chegará a ser exatamente uma resenha. Calma gente, eu explico. É que assim, - tenho tanto para falar de Destrua-me e ao mesmo tempo em que posso falar muito pouco dele. Por esse, motivo essa “resenha” pode ficar um pouquinho diferente das quais vocês estão acostumados a ler aqui no blog, afinal não quero ninguém bravo comigo ao final do post por que sem querer acabei dando algum spoiler aqui.

Então sem mais delongas (...). Por que ler Destrua-me foi tão legal? Porque não teve a Juliette dramatizando tudo (brincadeira), mas sendo uma história contada e centrada no terrível líder do Setor 45, o ritmo de leitura foi completamente diferente de Estilhaça-me. E isso fez toda a diferença.

Destrua-me é tipo uma “introdução” para Liberta-me, mas com um ritmo muito mais denso e uma narrativa muito mais complexa, como o próprio Warner. Eu não sou Team Adam e nem Team Warner. Só para deixar isso bem claro aqui. Porém sou obrigada a admitir que, de certa forma o Warner consegue realmente cativar mais durante a leitura do que o Adam e a própria Juliette.

Talvez seja pelo fato de como tudo nele é tão milimetricamente calculado e o modo como ele não demonstra nenhum tipo de emoção ou sentimento seja assustador. É exatamente essa frieza controlada que faz como que eu me sinta “intrigada” com o personagem. E é nesse ponto que eu acho que a autora Tahereh Mafi foi muito esperta. Como assim Ane?

Tipo, em Estilhaça-me ela faz com que você no mínimo sinta certo desprezo pelo Warner. Afinal, por mais que ele seja lindo, charmoso e todo aquele blá, blá, blá de sempre, não tem como você não encarar a realidade que ele não é um ser humano “normal”. Isso é fato. Só que aqui o leitor conhece o outro lado do Warner, o lado que ele não pode demonstrar para as pessoas, por que demonstrar suas fraquezas é perigoso. Por que demonstrar nem que seja um pouco de sua humanidade faz com que tudo ao seu redor comece a desandar.

E desanda mesmo, pois quando somos apresentados a esse lado mais “manso”, por assim dizer do personagem entra em cena o verdadeiro vilão da história.  O “Todo Poderoso”, quem manda e desmanda no Restabelecimento, ninguém mais ninguém menos do que o pai do Warner. E posso garantir a vocês que ele não é um pai muito amoroso. 

O único problema com Destrua-me é que ele é curto demais. A forma com que Warner vai narrando os acontecimentos é tão envolvente, que quando você percebe o livro já acabou deixando aquele gostinho de quero mais. Acho que foi justamente esse o motivo que me levou a começar a ler Liberta-me antes do planejado.

O que estou achando de Liberta-me? Ah!! Isso vocês vão ter que esperar mais um pouquinho para descobrir. Lembrando que Destrua-me foi lançando apenas em e-book e está disponível  para download na fanpage da Editora Novo Conceito.

Para quem tiver a oportunidade de ler, leia por que vale a pena.

Comentários via Facebook

12 comentários:

  1. Oi Ane tudo bem?
    Poxa que legal,amei a resenha ^^
    Já li estilhaça-me e me apaixonei...com toda certeza terminarei a trilogia rsrs.Destrua-me foi um livro bacana mostrando outro lado da história e ainda contada "de outra forma" rsrs se não vou acabar soltando spoiler bem no comentário kkk.
    É super bacana e digo que a todos que leram o primeiro e esta prestes a ler o segundo leia este antes ^^.
    bjus e ótima semana!
    Tamires C.

    ResponderExcluir
  2. Muito interessante essa resenha. Fiquei com vontade de ler o primeiro livro - mas só vontade, porque, falando sério, dinheiro é bom, eu gosto e não tenho. Hahhaha.

    Beijinhos,
    http://fakereader.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu já tinha lido o título em algum lugar, mas não dei atenção! Agora estou louca pra ler =O
    Vou baixar e passar para o celular agora mesmo *-*
    Adoro personagens estilo Warner, e conhecer esse lado q eles escondem é oq eu mais gosto hahaha

    www.resenhasealgomais.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Ane todos falam bem desse livro, e todas se apaixonam pelo Warner kkk, eu comecei a ler Estilhaça-me mas ainda não conclui a leitura, por isso não tenho uma opinião formada sobre a história, mas em breve irei terminar e tirar minhas próprias conclusões. Tão ruim ler um livro bom e ele ser curtinho néh?

    BjOs!!!

    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Ane!
    Ah, eu gostei muito de "Destrua-me". Muito mesmo! Até por que amo a personagem.
    Confesso que também esperava que fosse um pouco maior. A autora foi tão genial ao ter escrito esses capítulos pelo ponto de vista do Warner.
    Eu já li "Liberta-me" e em breve postarei a resenha lá no blogue, mas adianto a você que não gostei muito e esperava muito mais.
    Gostei de saber sua opinião. (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  6. Estou com esse e-book aqui no meu pc..
    ainda não li, mas quero ler logo,logo, todo dia dou uma olhadinha nele hehehe

    Adorei a resenha

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adam, assim como basicamente qualquer mocinho, tem o indelével defeito de ser ferradamente sem sal. Sério! Acho o Warner mais completo, apesar de não ~torcer~ por ele. Ótima resenha! Não sabia que era meio que introdutório a Liberta-me, vou ler o conto antes dele mesmo.

    ResponderExcluir
  8. Oi Ane, que legal sua opinião sobre esse - livro? rsrs
    Eu morro de curiosidade de ler a série, e até solicitei Liberta-me para a editora, mas não tenho Estilhaça-me ainda o.Õ Vou tentar solicitá-lo no skoob, espero que consiga para ler logo ;)

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. mt gente falou q esse conto era curtinho demais.
    ainda nao tinha a oportunidade de ler, e nem li nada (da história ainda) pra ser sincera uashushu

    ResponderExcluir
  10. Olá, Ane!

    Sinceramente? Eu não sei se fico triste ou alegre quando o livro é tão envolvente e acaba rápido porque é curto e também porque é envolvente. Tudo bem, já que a leitura é legal, deveria ser um pouquinho mais longo. Mas acho que o papo é esse, ser curto pra ler o próximo livro. hehehe



    http://clicandolivros.blogspot.com.br/
    Bom final de semana
    :)

    ResponderExcluir
  11. achei muito bacana a editora disponibilizar gratuitamente o conto, hj irei baixar o meu! da pra ir matando a saudade ate ler o 2° livro da trilogia :)sem falar que é bom pra irmos conhecendo mais de cada personagem!

    ResponderExcluir
  12. Também não sou team Adam ou Warner, porém não quero um Warner humano e apaixonadinho virando bonzinho namoradinho de Juliette u.u então prefiro o Adam nesse aspecto ahahhahah Estou com ele no tablet para ler só que estou esperando meu Liberta-me chegar ^^

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por