Amor em Jogo por Simone Elkeles.

07/01/2016

| Arquivado em: RESENHAS.

ISBN: 9788525057549
Editora: Globo
Ano de Lançamento: 2014
Número de páginas: 360
Classificação: Ótimo
Onde Comprar: Submarino.
Sinopse: Wild Cards – Livro 01.
Depois de ser expulso do colégio interno em que estudava, Derek Fitzpatrick não teve outra escolha senão ir morar com a esposa de vinte e poucos anos de seu pai, que está viajando pela Marinha. Além de ter que aturar a madrasta, ele recebe a notícia de será obrigado a se mudar da Califórnia para sua cidade natal, Illinois. Tudo o que Derek menos quer é participar de mais um drama familiar – já bastam os seus. Ashtyn se esconde atrás de uma fantasia da vida perfeita: boa aluna, a única menina – e capitã! – do time de futebol americano da escola e namorada do quarterback promissor. Tudo parecia um conto de fadas. Ainda assim, ela se sente deslocada, e tem um plano para deixar tudo pra trás e correr em busca da bolsa de estudos em alguma faculdade bem longe de sua vida atual. Para azar – ou sorte!? – de Ashtyn e Derek, o destino ainda guarda mais uma reviravolta na manga.

São poucos autores que conseguem a façanha de me fazer perder uma noite de sono. Afinal por mais envolvida que essa que vos escreve esteja com uma narrativa, ela ainda precisa dormir no mínimo seis boas horas por noite, para no outro dia não ser confundida com algum figurante de The Walking Dead. Porém, Simone Elkeles não apenas conseguiu me tirar o sono com Amor em Jogo, como essa é a segunda vez que a autora me faz virar a noite lendo. Minha única explicação para essa “bruxaria” é que os livros dela só podem ser “enfeitiçados”.

Depois uma pegadinha nada inocente durante um evento importante, Derek Fitzpatrick é convidado a se retirar de uma das melhores escolas da Califórnia. Com o seu pai preso em um importante projeto na marinha e as relações cortadas com sua avó materna, à única opção que lhe resta é se mudar com Brandi, sua madrasta e o pequeno Julian para a Illinois. Se Derek soubesse que o preço que pagaria por sua brincadeira seria ter que partir da sua amada Califórnia e passar a morar com Brandi e sua família, talvez ele pensasse duas vezes antes de aprontar, ou não.

Para muitos Ashtyn Parker tem uma vida invejável. Boa aluna, namorado perfeito e além de ser a única menina da Fremont High a jogar futebol americano, ela acaba de ser eleita a capitã do time. Porém, apesar de tudo isso a vida de Ashtyn está longe de ser perfeita e para ajudar Derek Fitzpatrick cai de paraquedas nela, para deixar tudo ainda mais bagunçado. Não poderia existir duas pessoas mais opostas do que Ashtyn e Derek. Enquanto Ashtyn se esforça ao máximo para conquistar o seu lugar no mundo e provar para as pessoas que ela é capaz, Derek segue a sua vida como se nada fosse suficientemente importante para ele se preocupar com o amanhã.

E mesmo com os avisos de Ashtyn para que ele ficar fora do seu caminho, Derek não parece muito disposto a levar os mesmo em conta. Mas, assim como ela, Derek é uma grande farsa. Pois, por traz dos comentários irônicos e da aparente falta de objetivo na vida ele esconde alguns segredos. Segredos esses que ele prefere manter guardado a sete chaves, assim como o seu coração. Por que se tem algo em que Derek e Ashtyn concordam é que nenhum dos dois quer terminar com o seu coração partido. Só que aparentemente, o destino tem outros planos para eles.

Confesso que há muito tempo deixei de ser aquele tipo de leitora compulsiva que compra mais livros do que consegue ler. Hoje seleciono mais as minhas leituras, até por que a cada ano que passa fico mais “chata” e exigente com o que leio. Mas, Amor em Jogo foi aquele livro que comprei sem ler sinopse e muito menos sem saber nada sobre o que esperar. Afinal a autora é Simone Elkeles e essa informação foi o bastante para me fazer dar “um tiro no escuro”. Simone Elkeles foi a autora que me fez ir dormir as cinco e meia da manhã por que não consiga para de ler Química Perfeita. Ela escreveu um dos melhores livros que li na vida e acima de tudo me fez ver o gênero New Adult com outros olhos, ou seja, o risco valia e valeu apena.

Com uma narrativa fluida, Amor em Jogo é um daqueles livros que conquista logo nas primeiras páginas. E por mais previsível que a premissa da história se apresente, ela conta com pequenos detalhes que tornam o enredo em diversos momentos surpreendente. Seus personagens são tão cativantes que você se apaixona, torce e sofre por eles até o fim. Ashtyn possui uma personalidade forte e não desiste daquilo que quer mesmo quanto tudo parece estar contra ela. Já o Derek é apaixonante (), pois por baixo da fachada de garoto encrenqueiro ele consegue ser gentil, protetor e carinhoso com as pessoas que ele ama.

Foi uma graça ver como aos poucos cada um conseguia ir quebrando as barreiras um do outro, relevando o que havia escondido atrás delas. Adorei os personagens secundários também, pois eles deixaram o enredo ainda mais rico, divertido e tocante. Em especial o fofo do Julian, o Falkor cachorro de estimação da Ashtyn e a enigmática Sra. Worthington.

Simone Elkeles tem o talento de pegar situações cotidianas e elementos simples e transforma-los em histórias viciantes. Ela transporta você para dentro trama fazendo como que cada emoção, cada conflito pareça algo “pessoal” e real. Amor em Jogo foi uma surpresa maravilhosa, principalmente por que eu não sabia ao certo o que encontrar em suas páginas. O único ponto “negativo” do livro é o final um pouco corrido, mas nem tudo precisa ser perfeito não é mesmo?

“- Não é idiota. Acho que ter esperança é melhor do que desistir e pensar que a vida vai ser uma droga para sempre.”

Com um romance extremamente clichê, mas irresistível Amor em Jogo é uma leitura doce, rápida e envolvente. Que não apenas me fez virar a noite lendo, como também me deixou com um sorriso terrivelmente bobo no rosto. Recomendo ()!

Ps: Please, Simone Elkeles, I really need sleep.

Comentários via Facebook

22 comentários:

  1. Típica história de adolescente americano né?! Mas vou te contar, eu adoro um desses de vez em quando hahahah
    Vou anotar sua dica aqui. Valeu!

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
  2. Oi Ane,
    Adoro quando pegamos um livro e acabamos perdendo uma noite de sono por causa dele <3 ( claro se você não for ir trabalhar no mesmo dia porque ai é péssimo kkkk)
    O Unico livro que li da autora foi a duologia Leaving Paradise e concordo com você que ela tem uma escrita maravilhosa, e até hoje lamento que nenhuma editora comprou os direitos dessa duologia pois é muito boa.
    Preciso ler mais livros dela, acho que vou começar com Quimica Perfeita e depois irei para esse.
    Parabens pela resenha.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Gostei da resenha Ane. Só ouço ótimos comentários a respeito dos livros dessa autora e esse título em especial me deixou bastante interessada. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  4. Estou tão cheia de livros para ler que não cabe mais nenhum na lista kkkkkk Mas esse seria o tipo de livro que eu leria, gostei

    simplesmenteassimj.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oie,
    não conhecia o livro e confesso que não curti a capa, passaria longe do livro, mas gostei da sua resenha, vou colocar na listinha de desejados.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  6. oi Ane, esse livro me convenceu, segredos e muita emoção alémd e uma trama jovial sempre me conquista, alguma dúvida que lerei?
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Ooi. Há alguns dias eu tenho namorado essa capa por aí. Vi o livro em uma promoção na Americanas da minha cidade mas por mais que quisesse comprar estou na mesma vibe que você, sendo seletiva com o que comprar e etc. Sua resenha acabou me deixando arrependida. Fiquei mega curiosa e agora tenho certeza que esse é o tipo de livro ~a minha cara. rs
    Adorei. Beijos
    SIL ~ Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
  8. Olá, Ane.
    Eu preciso de oito horas no mínimo para não acordar parecendo a Miranda de O Diabo veste Prada e brigar até com vento hehe. Ainda não conhecia esse livro, mas me interessei em ler. Não só esse, mas em conhecer a escrita da autora, já que ela conseguiu a façanha duas vezes hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Oi Ane!!!
    Adorei sua resenha! Fiquei com vontade de ler... Também faz um tempo que não perco o sono lendo... Gosto de livros assim que nos deixam loucaaaaaaas pra terminar hahaha
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br
    Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=Du0HCKizTf8

    ResponderExcluir
  10. Helloo, Ane! Tudo numa nice?!
    Enfim vejo uma resenha desse livro na blogosfera; eu já tinha lido no início do ano passado, mas não tinha blog então nunca fiz resenha e não via as pessoas comentando muito por aí. Mas só saber que era da Simone foio o suficiente e era a única coisa que eu precisava saber para ler a obra. Acho que não li a sinopse também ahaha. Li todos os livros da sequência de Química Perfeita que também gostei muito. Concordo que o final desse foi um pouco rápido, eu meio que estranhei, mas... Eu também sou mais seletiva agora, estou um pouco mais chata com as leituras e exigente também.
    Ótima resenha. Eu também terminei rapidinho, mas não como você super rápida ahahah.
    Beijin...
    http://piecesofalanagabriela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Já li tanta resenha desse livro que to mega curiosa para ler <3 só li coisas boas dele e tenho certeza que nao vou me desapontar pq é o tipo de livro que adoro. Ja ta na minha lista de leitura de 2016 <3
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi
    que bom que gostou desse livro, você se rendeu realmente a leitura
    esse livro ta omo desejado desdo ano passado, ainda quero ler ele e espero gostar dele como você.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Ane,
    Eu adoro quando uma história mesmo clichê, nos deixa tão ansiosas por mais que viramos a noite lendo.
    Gostei muito da dica, eu não conhecia o livro, mas fiquei morrendo de vontade de ler. Faz totalmente meu estilo e essa sensação 'boba' depois da leitura me empolga ainda mais.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oie! Os livros da Globo Alt tem capas maravilhosas, espero ler em breve esse livro, deve ser muito boa a historia!
    Bjs, se puder comentar nesse link ajudaria muito: http://resenhasteen.blogspot.com.br/2016/01/resenha-tripla.html

    ResponderExcluir
  15. Oi Ane!
    Eu nunca prestei muita atenção nesse livro sabia? E tbm n conheço a autora. Mas sua resenha me animou bastante! Adoro um bom clichê! Pra mim a história era mais pro lado adolescente, mas parece que n. Vou procurar mais sobre a autora ;)
    Cmg tbm é raríssimo perder noite de sono por causa de livro, hahah
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Eu também admiro muito os livros dessa autora, mas nunca me interessei muito por esse em especial. Acho que devia seguir seu exemplo de ler sem nem mesmo ler a sinopse hahaha adorei a resenha, parece ser um daqueles livros que vai muito além do romance

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem post novo no blog sobre séries, vem conferir!

    ResponderExcluir
  17. Esses livros que são rápidos mas encantadores são os melhores. Ainda não conhecia o livro, mas fiquei curiosa!

    http://blogexplicita.blogspot.com.br/

    Tem sorteio no meu blog, venha participar!
    http://goo.gl/i03FzM
    <3

    ResponderExcluir
  18. Oi Ane!
    Não conhecia este livro e parece ser mesmo apaixonante. :)
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com | Participe do sorteio

    ResponderExcluir
  19. Oii Ane, tudo bom?
    Também comecei a ler Amor em Jogos por causa da Simone e a leitura parecia realmente ótima, mas o que me fez perder a vontade de ler foi algumas expressões que foram usadas durante a tradução e revisão para o português. Nossa, aquilo me irritou de mais! E, por isso, não consegui continuar. Espero poder terminar um dia.
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
  20. Oi, Ane!
    A princípio a premissa não me chamou atenção, mas seus comentários foram suficientes para me deixar curiosa. Ainda mais porque gosto de ler livros meio que "no escuro".

    Beijo

    ResponderExcluir
  21. Oi Ane! Embora Química Perfeita seja o livro que mais desejo da autora, eu não acho em lugar nenhum, então comprei este para conhecer sua escrita. Tomara que a "bruxaria" dela funcione aqui também e eu curta muito a leitura.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  22. Oi Ane!
    Quem também faz dessas "bruxarias" é a Richelle Mead. Como elas conseguem?!
    Não conhecia o livro e o nome da autora não me é familiar, mas que delícia a sua experiência. O romance pode até ser bobino e clichê, mas quando a leitura é assim irresistível, vamos reclamar do que? :)
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir

My Dear Library • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2010 - 2017 • Powered by Blogger • Design por Ariane Reis • Desenvolvimento por