Sponsor

Mostrando postagens com marcador Editora Underworld. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Editora Underworld. Mostrar todas as postagens
outubro 19, 2013

Química Perfeita por Simone Elkeles



ISBN: 8564025167
Editora: Underworld
Ano de Lançamento: 2011
Número de páginas: 307
Classificação:






Sinopse: Os garotos do instituto Fairfiel, do subúrbio de Chicago, sabem que South Side e North Side não se misturam. Assim, quando a líder de torcida Brittany Ellis e o marginal Alex Fuentes são obrigados a trabalhar juntos como parceiros de laboratório na aula de química, os resultados prometem ser explosivos. Mas nenhum deles estava pronto para a reação química mais surpreendente de todas: O amor. Poderão romper os preconceitos e estereótipos que os separam?

Se eu pudesse resumir esse livro em uma única frase essa seria: “Esse livro só pode ser enfeitiçado”, afinal fazia muito tempo que um livro não despertava tantas emoções em mim como Química Perfeita. Comecei a leitura por volta das oito da noite e acreditem quando dei por mim era cinco e meia da manhã. É isso mesmo que vocês estão pensando! Eu li a noite toda, pelo simples fato de que era praticamente impossível largar esse livro.

Acredito que Química Perfeita foi um dos primeiros livros do gênero New Adult lançado no Brasil, e confesso que a principio tive um pouco de receio de ler ele, por achar que a narrativa possuía alguma semelhança com Belo Desastre. Mas, se arrependimento matasse (...), eis mais um livro que deveria vir com o aviso de, “Leia-me agora!” na capa. Com uma narrativa que aborda vários temas complexos e polêmicos, Química Perfeita é um livro intenso, envolvente, imprevisível e apaixonante.

Brittany Ellis é o estereótipo da perfeição no colégio Fairfiel. Linda, rica, líder de torcida e namorada do capitão do time de futebol, ela é adorada e invejada com a mesma intensidade por todos. Porém o que poucos sabem, é que a vida de princesa que todos imaginam que ela vive não existe. Tudo não passa de uma fachada, para esconder o quando ela se sente triste e sozinha. Com exceção de sua melhor amiga Sierra e de seu namorado Collin, ninguém do Fairfiel pode imaginar quão conturbada é a vida de Brittany. Ser perfeita em seu caso não era uma escolha e sim sua maior obrigação.

Alex Fuentes é o extremo oposto de Brittany em tudo. Vindo de uma família pobre que mora longa das mansões, Alex desde cedo conviveu a violência na porta de sua casa. Ele é conhecido por seu temperamento forte, pelas várias tatuagens que tem pelo corpo e por ser membro da violenta gangue Sangue Latino. Porém, mesmo nunca fazendo nada que de fato intimide as pessoas Alex não é uma pessoa bem vista. Aliás, a sua fama e de seus demais amigos da zona noite é a pior possível. Só que quando o inimigo bate constantemente a sua porta, ameaçando a tudo o que você ama, o único jeito é se unir a ele.

Quando o último ano do colégio começa, Brittany tinha em sua mente que esse seria um ano perfeito e que nada iria atrapalhar isso. Até que graças senhora Peterson, ela se vê obrigada a fazer seu projeto de química com a pessoa mais imperfeita que existe em sua opinião, - o bad boy mexicano Alex Fuentes. Obrigados a cooperar um com outro ao mesmo tempo em que as diferenças sociais e as faíscas de um sentimento muito profundo aparecem a todo instante, Brittany e Alex estão prestes a viver um ano que poderá mudar tudo em suas vidas, de uma forma que eles jamais poderiam imaginar.

A principio a narrativa começa lembrando bem aqueles livros mais “teens”, e você meio que acaba não dando muito coisa para história. Só que, conforme os capítulos vão avançando a autora Simone Elkeles introduz de uma maneira muito direta o preconceito, a violência urbana e o problema das drogas. A narrativa deixa de ser “lúdica” e "bonitinha" e começa a realmente a abordar esses problemas de uma forma séria e até um pouco chocante, o que deixou a história muito parecida como é de fato o “mundo real”. A autora também não de preocupou em velar o linguajar mais pesado com diálogos contendo palavrões e referências bem explicita ao sexo. O que em alguns livros fica vulgar, aqui só serve para fazer com que o leitor entenda e se envolva ainda mais com a atmosfera da história.

Outro detalhe em Química Perfeita é que a maneira com a Simone Elkeles construiu e desenvolveu toda a narrativa torna praticamente impossível você não se afeiçoar pelos personagens. E eu não digo isso só dos personagens centrais a Brittany e o Alex, mas sim de todos os personagens. A irmã mais velha da Brittany, a Shelley é um dos personagens mais especiais do livro, por tudo aquilo que ela representa na história. Da mesma forma o Paco, melhor amigo do Alex, que apesar de todos os problemas e traumas familiares por qual ele passa consegue ser uma pessoa sempre animada e disposta a se sacrificar pelos outros.

Eu podia escrever uma resenha enorme (não que essa não esteja ficando), e mesmo assim eu não conseguiria traduzir em palavras o quanto esse livro é especial. E o quanto ele mexeu comigo. Durante suas trezentas e sete páginas, eu ri, senti medo, passei raiva, suspirei e chorei (...), chorei muito!  O que mais posso dizer? Química Perfeita é com certeza um dos melhores livros que li esse ano. É muito amor gente!

“ – Quero, da vida, as mesmas coisas que você- eu admito. – Apenas, vou por outro caminho. Você se adapta ao seu ambiente e eu ao meu”.

Leitura obrigatória para o fã de New Adult e um livro que vai surpreender aos que não são tão fãs assim, Química Perfeita possui ingredientes altamente viciantes que vão fazer você perder o sono e não conseguir parar de ler até chegar no “então ...” Ah! Acharam que eu ia contar o final, não é mesmo?

A minha dica final é: Leiam esse livro!


Instagram

© 2010 - 2021 Blog My Dear Library | Ariane Gisele Reis • Livros, Música, Arte, Poesias e Sonhos. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in