Sponsor

Mostrando postagens com marcador Série Contornos do Coração. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Série Contornos do Coração. Mostrar todas as postagens
25/04/2021

Brave por Tammara Webber

| Arquivado em: RESENHAS

Brave é o quarto e último livro da série Contornos do Coração, escrita pela autora Tammara Webber. Foi um livro que demorou um tempinho para ser lançado no Brasil e que, por enquanto, só está disponível em e-book. Quem acompanha o blog há mais tempo, sabe que essa série tem um lugar especial em meu coração, porém dessa vez não consegui me envolver tanto com a narrativa e seus personagens.

Acredito que um dos fatores que influenciaram isso, foi o grande intervalo entre a leitura do livro anterior e Brave. Li Sweet há cinco anos e querendo ou não, por mais que eu tenha um carinho especial pela série é “natural”, depois de tanto tempo sentir-se um pouco distante de um universo que até então era familiar.




ISBN: B08VCFKMDS
Editora: Verus
Ano de Lançamento: 2021
Número de páginas: 307
Classificação: Bom
Compre Aqui

Sinopse: Contornos do Coração – Livro 04
Coragem significa se levantar para defender seus ideais... Ou, pelo menos, ter coragem para questioná-los. Em Brave, Erin McIntyre é cativante, mas proibida, já que no trabalho ela é a personificação do privilégio imerecido, pois é filha do dono da construtora. Por conta de todos esses fatores, Erin não imagina o que a espera quando começa a trabalhar na empresa do pai. Ao que parece, seu novo chefe, Isaac, não dá a mínima para ela. E isso pode deixar a garota com mais vontade de se aproximar dele. Isaac Maat é impossível de ser decifrado. Inteligente, ambicioso, emocionalmente imparcial, mais quente do que o chefe de alguém deveria ser e dono de uma personalidade sombria e silenciosa, ele já mostra de cara que não está nem um pouco a fim de se aproximar de Erin. Além disso, seu comportamento e suas atitudes levam a crer que ele tem um segredo muito bem escondido. Issac disse a si mesmo que conhecer Erin o ajudaria a derrubar o pai dela. Erin disse a si mesma que provocá-lo iria distrair seu coração despedaçado. E, por conta de todas essas diferenças, nenhum dos dois previu que travariam uma batalha íntima em que o vencedor seria o primeiro a renunciar. Em Brave, Tammara Webber apresenta um romance inter-racial protagonizado por personagens cativantes e verossímeis que vão deixar o leitor louco para conhecer o verdadeiro vencedor desse embate.


Após finalizar a faculdade e não saber ao certo que direção seguir, Erin McIntyre acaba aceitando a única opção que enxerga no momento, ir trabalhar na construtora do pai. Ela já imaginava que muitos iam se “ressentir” com a sua presença na empresa, afinal ao contrário dela muitos lutaram para conquistar uma vaga na famosa construtora JMCH, mas Erin não estava preparada para ser recebida pelo desprezo e antipatia mal disfarçada de seu diretor, Isaac Maat.

Quase tudo em Isaac é um mistério, menos o fato de não querer Erin por perto. Isaac trata Erin com frieza e um leve toque de impaciência que não passa despercebido por ela. Mas ao tentar decifrar o que está por de trás das atitudes de Isaac, Erin acaba se deparando com um grande enigma, e conforme o tempo passa sua curiosidade em relação seu chefe, acaba se tornando algo mais.

O maior problema com Brave em minha opinião, foi o fato da história ser narrada apenas pelo ponto de vista Erin. A narrativa tem uma construção lenta e ao centraliza-la apenas na protagonista tornou o desenvolvimento da histórica como um todo, menos “fluída”.  A sensação que tive, é que a autora tinha uma excelente ideia em mente, mas na hora de passa-la para o papel, ela acabou se “perdendo” um pouco.

Melhor amiga de amiga da Jacqueline, protagonista de Easy e Breakable, Erin sempre foi uma personagem carismática e é justamente, desse carisma que senti falta aqui. A Erin de Brave é um tanto apática, bem diferente da líder valente que conhecemos nos outros livros. Em partes essa mudança na personalidade da personagem é “explicada”, afinal a jovem está atormentada pelo peso da culpa e com dúvidas sobre qual caminho profissional seguir. Mas não há como negar, que foi uma mudança de personalidade um tanto "drástica".

Confesso que em nenhum momento senti que realmente existia química entre Isaac e Erin. Talvez isso tenha acontecido pelo modo como a narrativa é estruturada, mas de verdade não consegui me sentir conectada com o Isaac durante a leitura. De todos os romances que já li, não me recordo de um protagonista tão frio e distante. A narrativa não dá detalhes sobre ele, pois tudo nos é apresentado pela perceptiva da Erin.

São longos capítulos e só na reta final, a autora dá mais destaque para o Isaac na história. E tipo, personagens secundários que não acrescentam em nada na narrativa, tem mais espaço que o próprio protagonista. Gostaria muito de ter conhecido melhor o Isaac, seus sentimentos e sonhos. De ter visto algumas situações por seus olhos, pois até mesmo a “grande revelação” da trama acabou não sendo tão impactante. 

“— A coisa mais difícil para se fazer depois de perceber que se desviou do curso é tomar a decisão de voltar atrás. “

Tammara Webber buscou trazer para narrativa temas atuais, só que infelizmente ela acaba pecando pela superficialidade. Afinal, uma obra tem como base um romance inter-racial e que pretende, debater temas como racismo e privilégios da classe mais alta precisa que os dois lados da história sejam ouvidos e mostrados e isso, é algo que não acontece aqui.

O final também é um pouco corrido e a discussão em torno do preconceito em si, acaba meio que sendo “jogada” na narrativa. Acho que a autora podia ter se estendido uns dois ou três capítulos, até porque algumas pontas acabaram ficaram soltas.

Brave em si é um livro bom, mas que não conseguiu me cativar tanto como os livros anteriores da série. A minha maior “frustração” com esse livro é realmente perceber o quanto ele tinha potencial, mas que lamentavelmente os pontos que deviam ter tido uma atenção maior acabaram não tendo o espaço que mereciam.  

ps: Adorei me reencontrar um pouco com a Jacque e saber que, ela e meu Lucas () estão bem e felizes.

Veja Também:
Easy
Breakable
Sweet

25/02/2016

Sweet por Tammara Webber

| Arquivado em: RESENHAS.

ISBN: 9788580414851
Editora: Verus
Ano de Lançamento: 2015
Número de páginas: 322
Classificação: Ótimo
Sinopse: Contornos do Coração - Livro 03.
Boyce Wynn é um cara ferido e selvagem, mas resiliente. Pearl Frank sempre foi uma garota obediente, mas agora está inquieta. Quando volta para sua cidadezinha, em crise com sua escolha profissional, Pearl tem duas certezas: Boyce é exatamente aquilo que ela deveria evitar — e tudo o que ela mais quer. Ele é rebelde e barulhento. Indiferente ao que as pessoas pensam dele. Intenso. Forte. Perigoso. Mas Boyce tem mais uma característica — algo que ele esconde de todos, exceto de Pearl: ele é doce.

Adoro livros com premissas “previsíveis”. Acho que isso torna o desafio de escrever uma boa história ainda maior para um autor. Até por que nada melhor do que surpreender o leitor mesmo quando esse já imagina como será o final. E os livros da Tammara Webber tem essa característica. São histórias totalmente clichês, mas que de algum modo ainda trazem consigo aquele elemento surpresa, um toque diferente que faz com elas sejam especiais.

Boyce Wynn foi o típico adolescente problema. Abandonado pela mãe ainda criança, vivendo com o pai e o irmão em um lar abusivo, e arrumando encrenca por onde passava, Boyce vinha com um aviso bem grande de “perigo”. Em especial para as boas meninas como Pearl Frank que sabem que devem manter distancia de rapazes assim. Afinal ela é aquele tipo de garota que nunca quebra as regras, a filha obediente a melhor aluna. Mas como a velha máxima de que os “opostos se atraem” é quase sempre verdadeira, no fundo ambos sempre souberam que existia uma faísca entre eles.

Quando o colégio acaba, cada um segue por caminhos distintos. Boyce amadurece e assume a oficina mecânica do pai se tornando um jovem e promissor empresário. Pearl vai para a faculdade, conhece o cara perfeito e passa a se questionar de todas as escolhas que fez até ali foram certas.  Ela então decide jogar tudo para o alto e voltar para a sua cidade natal, onde finalmente está disposta a lutar por seus sonhos. Esse é sem sombra de dúvidas um péssimo momento para se deixar envolver por Boyce, pois tanto a sua vida pessoal como profissional estão viradas de ponta cabeça.

Mas como continuar negando o que a vida toda sentiu por ele? Principalmente quando Boyce sempre mostrou para ela o seu melhor lado. Um lado doce e protetor que somente Pearl conhece. Conforme os dias se passam e eles se tornam cada vez mais próximos, a atração que sempre sentiram um pelo outro fica mais forte e irresistível.  E tudo ia bem, até que a vida resolve complicar um pouquinho as coisas.

Boyce e Pearl já são velhos conhecidos dos fãs da série Contornos do Coração. Em Breakable conhecemos os dois através das lembranças de Lucas (). E a forma com desde o livro anterior a sua história vinha sendo estruturada, já tinha me deixado com aquela pontinha de curiosidade em saber com o vinculo entre eles tinha se formado. E para minha felicidade, Tammara Webber não me decepcionou.

Sweet possui uma narrativa que nos envolve aos poucos, no mesmo ritmo em que vamos desvendando seus personagens e conhecendo seu passado. Confesso que a primeira vista, eu não tinha simpatizado muito com o Boyce.  Sabe aquela pessoa que parece ter raiva do mundo, ao menos tempo em que parece não se importar com nada? Era essa visão que eu tinha do Boyce, porém depois de conhecê-lo melhor, cada nuance de sua personalidade, me vi encantada por ele. Boyce é aquele tipo de pessoa que está tão cansada de “apanhar” da vida que prefere esconder o “seu melhor”, para não se machucar ainda mais. E quantas vezes nós mesmos não agíamos assim (...).

Já Pearl aparentemente possui uma personalidade “apagada”, do tipo que aceita tudo e não questiona nada. Na verdade em muitos momentos eu sentia que ela tinha um enorme medo de enfrentar o mundo “real”, e de assumir as rédeas da própria vida aceitando que o peso de suas escolhas, significava ter que sair da redoma na qual ela foi criada. Durante o desenvolvimento de Sweet é visível à evolução que a Pearl tem na história, e admito que no final fiquei bastante orgulhosa dela.

A cada capitulo Tammara Webber nos revelava o passado que Boyce e Pearl tinham juntos, e o quanto ao longo dos anos foi difícil para os dois negarem o que sentiam um pelo outro. Sweet é muito mais do que uma história de paixão intensa, mesclada com dramas pessoais e pitadas de sensualidade.  Ela é uma história de amizade sincera que se transformou ao longo dos anos em amor. Mais uma vez através de sua narrativa fluida, a autora nos traz uma trama marcante de duas pessoas tentando encontrar o próprio caminho, lutando por seus sonhos ao mesmo tempo em que tentam enxergar um futuro juntos.

E é justamente essa a qualidade que mais amo nos livros da Tammara Webber. Suas histórias são reais, seus personagens são comuns com medos, sonhos, frustrações e pequenas conquistas. E tudo isso com uma suavidade incrível, que faz com que os livros da autora tenham um lugar especial na minha estante e no meu coração.  E bem, acho que não preciso dizer que quase “morri” quando meu namorado oficial literário deu o ar da graça por aqui, não é? Muito amor por esse Lucas minha gente ().

“A vida era parte sobrevivência, parte satisfação, e encontramos essas duas coisas um no outro. Fosse milagre, destino ou coincidência, eu simplesmente aceitava. E agarrava isso com as duas mãos.”

Sweet possui uma história doce sem ser enjoativa, daquelas que chega de mansinho e nos envolve por completo. Intensa e ao mesmo tempo delicada, que se revela poucos e ao final nos deixa completamente apaixonados.

Veja Também:

09/03/2015

Breakable por Tammara Webber

| Arquivado em: Resenhas.


ISBN: 9788576863694
Editora: Verus
Ano de Lançamento: 2014
Número de páginas: 364
Classificação: Ótimo
Sinopse: Contornos do Coração - Livro 02.
Landon Lucas Maxfield teve uma infância privilegiada, levando uma vida tranquila com os pais e tendo um futuro promissor à sua frente, até que uma tragédia impensável destruiu sua família e o fez duvidar de tudo que um dia pareceu tão certo. Agora um intenso e enigmático homem, Lucas só quer deixar o passado para trás. Quando ele conheceu Jacqueline, foi fácil desejar ser tudo aquilo de que ela precisava. Mas se há uma coisa que a vida lhe ensinou é que a alma é frágil e que todos os seus sonhos podem ser destruídos em um piscar de olhos.

Mesmo New Adult não sendo um dos meus gêneros favoritos, alguns livros conseguem se destacar e ganhar um espaço especial em meu coração. E Easy é um exemplo perfeito disso. Por esse motivo, mesmo com receio de me decepcionar assim que tive oportunidade li Breakable.  Nesse “lado B” da história que conhecemos em Easy, a autora Tammara Weber, nos presenteia com uma narrativa intensa e envolvente.

Não sei se contém spoilers do primeiro livro. Por isso quem não quer se arriscar pode pular dois parágrafos.

Após uma grande tragédia, Landon e seu pai deixam para trás suas vidas em Washington para morar na humilde casa de seu avô na costa do Golfo. Porém, às vezes as atitudes que tomamos para fugir dos problemas, trazem problemas ainda maiores.  Ao tentar recomeçar Landom faz novos amigos, se apaixona e tem seu coração partido pela primeira vez. Envolve-se em confusões e passa a trilhar caminhos errados, até que alguém, um velho amigo lhe oferece a oportunidade que seria a sua salvação.

Quando um novo começo se apresenta a sua porta, Landom está disposto a deixar tudo o que aconteceu para traz de uma vez por todas. Ele passa a usar seu nome do meio, Lucas e assume uma personalidade enigmática que ao mesmo tempo em que atrai, afasta as pessoas.  Mas, em uma noite no campus Jacqueline entra em sua vida e junto com ela os seus fantasmas.

Em Breakable mergulhamos mais fundo no intrigante e sombrio passado do Lucas. E acompanhar o crescimento do personagem, da forma como a Tammara Webber proporcionou aqui fez com que eu me sentisse ainda mais próxima dele. Pois é justamente todo esse passado conturbado que formou o caráter desse homem tão apaixonante.

Breakable é muito mais do que uma mesma história apresentada por um outro ponto de vista.  Intercalando os capítulos entre o passado e presente, ele nos apresenta uma narrativa mais forte e por diversas vezes até cruel. Conhecer melhor o Lucas e as sombras que ele carrega consigo, não apenas me fez entender algumas das atitudes que ele teve no primeiro livro, como também aumentou a admiração que eu já sentia pelo personagem.

Tipo, ele passou a vida toda praticamente carregando em seu coração o peso de uma culpa, que nunca foi dele. Chegou ao fundo do poço e conheceu o pior lado do caráter algumas pessoas.  E mostrou para todo mundo que não são as tragédias que determinam o nosso futuro, e sim as escolhas que fazemos em nosso presente. Sério, mesmo eu já sabendo o final não pude evitar sentir aquela pontinha de orgulho dele ().

Tammara Webber construiu uma trama com personagens marcantes e uma narrativa que faz com que você realmente se envolva com a história. E por mais que em alguns momentos o romance tenha sido deixado de lado aqui, é visível o quando a Jacqueline teve um papel fundamental da redenção do Lucas. Provando que o verdadeiro amor é capaz de “salvar” uma pessoa, mesmo quando ela já perdeu a fé em si mesmo.

Acredito que justamente por esse motivo que gostei tanto de Easy e agora de Breakable, pois a autora não criou nenhuma história “bobinha” em que as pessoas se apaixonam do nada, fazem drama por nada e no final vão morar no mundo encantado de “My Little Poney”. Não, ela escreveu algo real, em que os personagens não são perfeitos e a vida está longe de ser um conto de fadas.

Não que eu goste de drama. Ok, pode ser que eu goste um pouco de drama, mas em minha opinião quando um autor escreve uma história “verdadeira”, que  conquista e emociona o leitor, ele conseguiu criar algo especial. E assim com Easy, a sua maneira Breakable é especial.

“Ela despertara o amor no coração de um homem cuja alma fora congelada há anos atrás, anestesiada por sofrimento e culpa insuportáveis.”

Uma história de recomeços, perdão e de uma paixão capaz curar as mais profundas cicatrizes. Breakable é um misto de fragilidade e beleza, que o nos leva por uma jornada emocionante pelo passado confuso de um homem. Doloroso, delicado e inesquecível.

Veja também:
Easy.

21/11/2013

Easy por Tammara Webber



ISBN:
Editora: Verus
Ano de Lançamento: 2013
Número de páginas: 308
Classificação:



Sinopse: Quando Jacqueline segue o namorado de longa data para a faculdade que ele escolheu, a última coisa que ela espera é levar um fora no segundo ano. Depois de duas semanas em estado de choque, ela acorda para sua nova realidade: ela está solteira, frequentando uma universidade que nunca quis ignorada por seu antigo círculo de amigos e, pela primeira vez na vida, quase repetindo em uma matéria. Ao sair de uma festa sozinha, Jacqueline é atacada por um colega de seu ex. Salva por um cara lindo e misterioso que parece estar no lugar certo na hora certa, ela só quer esquecer aquela noite — mas Lucas, o cara que a ajudou, agora parece estar em todos os lugares. A atração entre eles é intensa. No entanto, os segredos que Lucas esconde ameaçam separá-los. Mas eles vão ter de descobrir que somente juntos podem lutar contra a dor e a culpa, enfrentar a verdade — e encontrar o poder inesperado do amor.

Muito antes do seu lançamento oficial no Brasil, Easy já tinha aquele status de “queridinho”, sendo um dos livros mais esperados e comentados do ano.  Eu como vocês bem sabem, sempre fico com os meus dois pezinhos trinta e quatro atrás, quando um livro parece ser uma espécie de unanimidade entre todo mundo. Porém, para minha felicidade mais uma vez acabei mordendo a língua e me surpreendendo com uma história muito bem construída.

Jacqueline pode ter cometido um dos maiores erros da sua vida, ao confiar que um namoro que começo no ensino médio duraria para sempre.  Antes mesmo que ela pudesse superar o choque de ter todos os seus sonhos destruídos como o fim do seu relacionamento com Kennedy, Jacqueline ainda teria que enfrentar um tipo de problema, pelo qual ela jamais pensou que passaria. Ao sair da festa de Halloween organizada pela fraternidade do seu ex, ela é ataca por Buck, um dos colegas de Kennedy. Apavorada e aparentemente sem saída Jacqueline, não conseguia acreditar que aquilo estava acontecendo com ela, e principalmente que Buck podia ser capaz de algo tão cruel. Quando o pior parecia inevitável, um anjo chamado Lucas (pausa para suspiros) apareceu em sua vida.

Lucas possui aquele charme misterioso, que faz você ficar caidinha por ele logo nas primeiras páginas.  E claro que com Jacqueline não seria assim tão diferente.  Primeiro foi o sentimento de gratidão misturado com a vergonha, por ele ter ajudado ela naquela noite terrível, mas depois outro tipo de sentimento começou a surgir. Lucas estava sempre por perto como um bom amigo, e com o tempo atração entre os dois foi se tornando cada vez mais forte e, - irresistível.  Porém, o que Jacqueline não imagina é que a vida de Lucas possui segredos sombrios, que podem colocar em risco o frágil relacionamento entre os dois.

Easy começa de uma maneira bem simplista, prometendo ser apenas mais uma leitura no estilo “Sessão da Tarde”. Não que ele apresente alguma coisa muito surpreendente em seu enredo também, porém o fato dele abordar temas atuais e sérios de uma forma bem realista foi fazendo com que a cada capitulo eu me visse cada vez mais envolvida e curiosa pela história escrita pela autora Tammara Webber.

Assim como em Química Perfeita, em que temos toda a parte “gracinha” do romance que nos deixa com o coração acelerado, temos também a parte mais séria em que os personagens são obrigados a lidar com seus medos e fraquezas. Outro ponto legal é que o envolvimento do casal principal não é aquela coisa arrebatadora, que do dia para noite eles percebem que não podem mais viver um sem o outro e todo aquele blá,blá,blá de sempre. A relação entre eles é construída aos poucos e no decorrer da narrativa você vai percebendo que os sentimentos deles vão amadurecendo.

Foi praticamente impossível eu conseguir largar o livro. A narrativa de Easy é envolvente com personagens carismáticos que conseguiram me fazer amá-los e detestá-los com a mesma intensidade. Claro que muitas coisas que acontecem durante o desenvolvimento da história podem soar bem clichês, como algumas atitudes um tanto infantis dos protagonistas nos momentos errados (pelo menos em meu ponto de vista), só que apesar disso, me vejo obrigada a confessar que gostei mais do livro do que eu imaginava gostar, ao começar a leitura. Na verdade eu, simplesmente adorei a história!Não é que o estou começando a gostar desse tal New Adult?

“Amor não é a ausência de lógica, mas a lógica examinada e recalculada aquecida e curvada para caber dentro dos contornos do coração.”

Com uma narrativa leve e ao mesmo tempo intensa, Easy vai fazer você perder algumas horas de sono, mas posso garantir que será por um ótimo motivo. Um dos melhores livros que li esse ano. Vale a pena!

Instagram

© 2010 - 2021 Ariane Gisele Reis | My Dear Library • Divagações, Livros e Música. Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in